Destaques

ads slot

Cultura >>> Banda Casa de Campo apresentará novidades para 2017



Foto: Take One Estúdio



A banda Casa de Campo surgiu após algumas tentativas de tocar músicas cover de artistas como Kings of Leon, Strokes, Arctic Monkeys, entre outros do indie dos anos 2000, isso em meados de 2014, em Curitiba. Enxergando a saturação do mercado, a banda decide explorar novos caminhos e tocar música autoral dessa mesma vertente. Foram seis meses compondo e produzindo material até entendermos que o formato não os agradava. A intenção era fazer um som simples e significativo.

Na metade de 2016 as composições eram com um violão, baixo e percussão. Logo,  a banda Casa de Campo se depara com o folk, county, blues e bluegrass e as músicas começaram a surgir. Primeiro vieram às canções A Resposta, Devaneio, Carne e Osso e Coração de Leão e aos poucos o projeto tomou forma. Investindo nesse segmento de música, a banda começou a se apresentar no palco do Bardo Tatára, nas segundas autorais.


Formação: Elisson Mildemberg (estudante de psicologia e funcionário público de carreira e baterista), Marcelo Rigo (tatuador, graduado em sistema de informação e baixista) e Henrique Rigo (formado em jornalismo, compositor, violão e voz na banda). 

SOBRE AS MÚSICAS
O primeiro som de trabalho da banda foi A Resposta, música que fala sobre relacionamentos e a complexa noção de que as respostas para esses dramas estão dentro de cada um de nós. Logo mais gravamos Carne e Osso, utilizando um bandolim como principal recurso da música.

"Hoje temos dez músicas autorais. Não pretendemos tocar músicas cover nesse momento, pois acreditamos nas mensagens que nossas músicas têm. Como os arranjos são simples, trabalhamos seriamente na composição das letras que são geralmente sobre relacionamentos ou questões sociais", comenta o compositor Henrique.

Em Carne e Osso, revelam-se as surpresas sobre as pessoas que nos cercam e há a análise sobre o comportamento das pessoas. "O refrão remete a ideia de que somos todos iguais, perante a sociedade, mas somos diferentes, pois adotamos certos comportamentos e ideias que não comuns a todos. É um grito contra a generalização e, principalmente, na forma de tratar de pessoas, grupos e castas", complementa.
https://www.youtube.com/watch?v=CkW9QReEZYg&t=33s

A próxima música de trabalho será Coração de Leão (lançamento para abril/maio), um poema sobre a situação dos trabalhadores brasileiros que levantam cedo, não tem dinheiro para necessidades primárias, mas que precisam enfrentar os desafios diários para se manterem vivos. Coração de Leão é uma adaptação à frase que nosso pai (do Marcelo e meu) falava quando éramos mais jovens. Na vida “precisamos
​enfrentar
 um leão por dia”, fazendo alusão às dificuldades que precisamos enfrentar.


PRÓXIMOS TRABALHOS
Dois vídeos serão gravados em abril.  Uma das músicas se chama Dora e é a história de uma menininha que encanta pela forma como se expressa. Dora é filha de dois músicos Nyara Costa e Allan Schor. Será gravada também uma canção chamada Tua Pele é Que Sabe, que tem como frase principal “A cada 28 horas, retratos na calçada e ninguém chora”, remetendo a notícia sobre o número de assassinatos no Brasil por conta da homofobia.



--
Banda Casa de Campo
Contato: (41) 9 9940-0642 (Henrique)

Especial


Colunistas

Menu