Destaques

ads slot

MELHOR BUTECO DO BRASIL. Concurso Comida di Buteco premia campeão nacional de 2017

O concurso Comida di Buteco vai revelar nesta terça-feira, dia 11 de julho, o campeão nacional de 2017 durante evento de premiação no Solar, do Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro. Estão concorrendo ao título de Melhor Buteco do País 20 finalistas representantes de cidades das cinco regiões do Brasil.

Campeões 2017

CIDADE/UF
BUTECO / PETISCO
DESCRIÇÃO DO PETISCO
Belém/PA
Boteco da Nina
Costelinha Raio de Sol
Costelinha de porco marinada assada no forno, acompanhado de farofa de cuscuz molhada com leite de castanha do Pará
Belo Horizonte/MG
Santuário Retrô
Botequim Temático
Ossobuco du Retrô
Ossobuco italiano ao molho retrô mineiro, acompanhado de torradas e guisado de quinoa peruana
Brasília/DF
Mercado 301
Don 301
Pão ciabatta crocante empanado em crosta de farinha de quinoa, quinoa em flocos vermelha e gergelim branco, recheado com fillet mignon em cubos, champignon ao molho de creme de leite fresco reduzido, shoyo, pimenta verde e ervas
Campinas/SP
O Botequim do Beto         
Filho Adotivo
Moela pré-cozida mergulhada no molho de cevada, empanada e frita, acompanhada por molho à base de mostarda e pimenta levemente picante
Curitiba/PR
Baba Salim
Fate Salim
Carne fatiada temperada, grão de bico, amêndoas fritas, pão árabe torrado e molho de tahine
Fortaleza/CE
Espaço Casa da Sogra             
Sogra Alada
Meio da asa levemente picante empanada com farinha panko, acompanhada por molho barbecue, geleia de pimenta e farofa crocante
Goiânia/GO
Dom Cirus
Kib'bolinho
Kibe de arroz com colorau, recheado com carne moída e bolinho de arroz recheado com guariroba e cream cheese
Ipatinga/MG
Bar Galpão                                    
Em Terra de Porco Quem Tem um Boi É Rei!
Bacon fresco cozido com fubá torrado, barquete com recheio de carne bovina, rodelas de banana da terra recheadas com carne e tirinhas de queijo minas frito. Acompanha creme de romã com cranberry
Juiz de Fora/MG
Bar do Totonho
Sabor Mineiro
Costela de porco, purê de abóbora e farofa de milho
Manaus/AM
Quiosque Beer
Canoa de Piracuí
Canoas de piracuí recheadas com molho de acaçá e vinagrete de tucumã, acompanhado por pimenta de arubé
Montes Claros/MG
Kina do Caipirão
Kenga do Caipirão
Frango com creme de milho verde, acompanhado por arroz primitivo de pilão com açafrão
Poços de Caldas/MG
JK Bar
Ajoelhou Tem Que Comer
Joelho de porco acompanhado com mandioca cozida e farofa de pão
Porto Alegre/RS
Tuim                                                    
Navegar é Preciso
Bacalhau às natas com lula defumada, gratinado com torradinhas e parmesão
Recife/PE
Bar do Cabo
Camarão Maluco
Camarão ao molho de cerveja, servido com molho rosé
Ribeirão Preto/SP
Spettus Bar
Cabo Tia Quero Mais
Cestinhas assadas recheadas com purê de cabotiá, catupiry e carne desfiada com milho, cobertas com mussarela, parmesão, orégano, alho e gergelim
Rio de Janeiro/RJ
Bar do David
Saudosa Maloca
Bolinhos de milho com queijo recheados com carne seca ao molho de azeitonas
Salvador/BA
Xique Xique
Surubim Sertão
Filé de surubim empanado com quinoa, servido com purê de ervilha e molho
São José do Rio Preto/SP
Bar do Cidinho
Kibetardela
Kibe recheado com mortadela
São Paulo/SP
Bar do Jão
Bacalhau da Dona Arminda
Lombo de bacalhau desfiado com quinoa, linhaça, cebola roxa, tomate e azeitona preta, servido em rodelas de pães regados com azeite de ervas e temperos especiais
Uberlândia /MG
Point do Mercado
Parmegiana a Palito do Mercado
Tiras de filé empanadas na farinha de aveia, regadas ao molho de tomates, cobertas com queijo e acompanhadas de salada de batatas e quinoa gratinadas no azeite de oliva

A 18ª edição do concurso Comida di Buteco registrou resultados que mostram a importância do evento como real transformador social no segmento de bares. Os indicadores da edição 2017 são:
    • 20 cidades em todas as cinco regiões do Brasil;
    • 520 “butecos” no total concorreram ao título;
    • 520 mil votos;
    • 390 mil petiscos participantes vendidos;
    • R$ 140 milhões na cadeia de valor em um mês de concurso;
    • 6 mil empregos diretos;
    • 5 milhões de pessoas impactadas diretamente nos butecos participantes;
    • 8 Milhões de page views no site;
    • 520 mil pessoas engajadas nas redes sociais;
    • 80 mil downloads do app Comida di Buteco.

O Comida di Buteco aconteceu entre os dias 14 de abril e 14 de maio, quando 520 “butecos” de norte a sul do país concorreram ao título de melhor “buteco” de sua cidade. O tema para a criação do tira gosto participante foi CEREAIS, ingredientes presentes em todo o Brasil com sua variedade e versatilidade.

Durante esse período, o público e três jurados, por buteco, visitaram os bares concorrentes e deram suas notas, que tiveram peso de 50% cada. No mês de maio foram realizadas festas de premiação – Saideira -, onde foram anunciados os melhores “butecos” de cada cidade, que passaram a concorrer ao título de MELHOR BUTECO DO PAÍS.

Em junho, um novo comitê de jurados escolhido pelo concurso conheceu os vencedores de cada uma das 20 cidades e deram suas notas, apuradas pelo Instituto Vox Populi. Para garantir completa isenção, cada um dos campeões foi visitado por um jurado da própria cidade, e dois outros oriundos de outros estados, tendo assim tanto a visão local quanto a externa, buscando eliminar o “bairrismo”. O perfil dos jurados foi composto por técnicos ligados à gastronomia, jornalistas e apaixonados por botecos.

A eleição do Melhor Buteco do Brasil tem o ineditismo mundial de eleger um ícone cultural do cotidiano de um país a partir da forma mais democrática e engajada possível: o voto. 

O Comida di Buteco

O concurso Comida di Buteco que foi criado em 2000, em Belo Horizonte, Minas Gerais, tem a missão de TRANSFORMAR VIDAS ATRAVÉS DA COZINHA DE RAIZ – “BUTECO” EXTENSÃO DE SUA CASA. Foi pioneiro nesse segmento e em 2015 conquistou finalmente todas as cinco regiões do país.

Os butecos selecionados para participar são classificados pela realização do concurso como “espontâneos”: são aqueles em que o dono está sempre à frente do negócio, não pertencendo a redes ou franquias. Tem a identidade de seu proprietário e sua família. Por isso, os participantes do Comida di Buteco, denominamos “butecos”, com “u”. Praticam a comida caseira, mesmo sendo representantes da categoria alimentação fora do lar. Uma licença poética utilizada como ferramenta pelo Comida di Buteco e que difere os participantes dos bares em geral.

Não, o “buteco” é convidado a participar e não paga nada. Essa atitude dá legitimidade ao concurso, que tem como missão a transformação de vidas, através da visibilidade que ele proporciona aos participantes, levando novo público, acesso a mídia e consequente crescimento no faturamento dos butecos, gerando mudanças não apenas financeiras, mas profissionais e de vida em todo o entorno dos participantes. A receita do concurso é 100% obtida através de patrocínios.

Todas as culturas têm seus ícones que expressam alguns dos valores das suas respectivas sociedades: o bistrô francês, o pub inglês, as cantinas italianas, os izakayas japoneses, os bodegones argentinos, apenas para citar os mais conhecidos. O Boteco é um ícone da cultura brasileira, por ser o cenário de integração das semelhanças e diferenças culinárias, sociais e artísticas tendo valores muito relevantes ao brasileiro no seu DNA: a democracia, a miscigenação, a alegria, a proximidade. 

O Comida di Buteco conta com o patrocínio da Amstel, Mc Cain, Getnet Martercard, Trident, Zero-Cal e Unisuam; o apoio da Smart Fit, Tabasco, Hellmann’s, Chandon, Odhen, Metro, Abrasel, Eletromidia, MercoGraff, SulAmérica, Otima, SindRio – Sindicato de Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro, Prefeitura do Rio de Janeiro – Turismo e Riotur; e o Metrô Rio como transporte oficial.

Serviço
Site: http://www.comidadibuteco.com.br/
Facebook: /comidadibuteco
Instagram:/_comidadibuteco

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu