Destaques

ads slot

Adversidade como geradora de negócio: celíaca lança primeiro clube de assinaturas de produtos sem glúten e sem lactose de Curitiba


Enfermeira encontrou na própria doença uma oportunidade para empreender. O novo negócio entra em atividade a partir da próxima semana

Carol Pisapio viveu uma infância conturbada por conta dos transtornos alimentantes. Aos 19 anos foi diagnosticada com intolerância ao glúten e à lactose. Aos 30 anos, encontrou na adversidade da doença celíaca o caminho para o empreendedorismo. Há mais de 10 anos vivendo com restrição alimentar, prepara-se para apresentar ao mercado curitibano o primeiro clube de assinaturas de produtos sem glúten, sem lactose e opções veganas da cidade, Trata-se do Gluten Freen Land que inicia as atividades na próxima semana com um portfólio de mais de 300 produtos, além de curadoria nutricional.

A carioca radicada em Curitiba espera atender o mercado local de celíacos e o nacional, com cerca de dois milhões de doentes e cerca de 14 milhões de brasileiros que possuem sensibilidade ao glúten, segundo a Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil (Fenacelbra). “Além dos interessados na alimentação saudável, os celíacos e intolerantes à lactose terão à disposição duas modalidade em serviços no novo clube”, adianta Carol, que também é enfermeira, porém trocou a função para assumir o novo desafio.

Embora o Clube Gluten Free Land inicie as atividades neste mês, o espirito empreendedor da Carol já tinha feito com que ela entrasse no ramo desde o final do ano passado. A partir de um grupo em uma rede social, Carol compartilhava a rotina e os desafios da dieta restritiva na busca por produtos sem glúten e sem lactose. “Sempre foi um desafio encontrar diversidade de alimentos no mercado nacional, no qual a grande maioria se concentra no eixo São Paulo-Rio de Janeiro”, pontua Carol.

A inspiração para abrir o próprio negociou surgiu depois de meses ajudando celíacos pelo Brasil. No grupo, a enfermeira recebia pedidos de pessoas de todos os cantos do país sobre dicas e sugestões de onde encontrar determinado produto. Ao passo que era demanda, Carol buscava no mercado curitibano e enviava, por conta própria, estes produtos para os então clientes. “Todos os dias acompanha mães querendo encontrar biscoitos sem glúten e misturas para bolos com sabor para preparar um lanche diferente para os filhos”, recorda. “Vi minha infância passar pela cabeça e, por conta disso, corria atrás para encontrar os alimentos e ajudar estas mães. Cobrava o preço do produto, o custo da gasolina e o frente”, lembra Carol, que enviava diariamente os produtos para todo o Brasil, no intervalo do almoço e à noite.

Neste momento, a enfermeira percebeu que havia uma oportunidade de negócios em mãos. “O problema do cliente foi a solução para o meu negócio”, destaca a celíaca, que ao apresentar a proposta de empresa para o Sebrae da capital recebeu consultoria e assim se prepara para lançar o primeiro Clube de Assinaturas de Curitiba, que inicia as atividades com um portfólio de mais de 300 produtos e contará com curadoria nutricional para elaboração das duas opções de serviços que serão oferecidos nesta primeira.

As box da Glúten Free Land
Após a escolha dos alimentos por ordem nutricional, Carol faz questão de embalar os produtos e montar as caixas com intuito de evitar contaminação cruzada – que ocorre quando alguém não celíaco contamina os produtos, pois há doentes que são intolerantes mesmo às pequenas partículas de glúten no ar, por exemplo. As duas modalidades do serviço contará com produtos priorizados por ordens nutricionais e pela variedade de sabores, como forma de garantir a diversidade de alimentos, em todos os pedidos. “Trabalharemos com curadoria nutricional justamente para atender as necessidades alimentares de um celíaco, ao mesmo tempo em que ofereceremos produtos diversos e muito mais sabores”, garante a empreendedora.

Nesta primeira fase, o Clube de Assinaturas Gluten Free Land oferece a opção Snack Land, na qual os consumidores receberão mensalmente 12 produtos para preparar a lancheira saudável do dia a dia, com opções de cookies, snacks, salgadinhos, bolinhos, que podem ser levadas na bolsa ou para comer no trabalho. 

A segunda opção será a 'PicNic" Land, que reúne produtos para o momento de lazer em família ou um encontro no parque. Nessa caixa, serão opções de misturas de pão, misturas para bolo, massas, cervejas, cookies, snacks, muffins entre outros produtos. “Será uma experiência incrível para os nossos consumidores provarem novos produtos todos os meses, diversificando o cardápio, contribuindo para uma alimentação saudável, livre de alergia e, acima de tudo, com muito sabor”, finaliza Carol.

Especial


Colunistas