Destaques

ads slot

Zuleika Bisacchi Galeria de Arte inaugura nova exposição de Celso Coppio


“Arabeschi” traça uma retrospectiva do artista, que tem mais de 40 anos de carreira, e obras que vão do acadêmico ao contemporâneo





 A Zuleika Bisacchi Galeria de Arte inaugura a exposição “Arabeschi”, individual de Celso Coppio, artista plástico de Curitiba em atividade há mais de 40 anos. Será uma retrospectiva que contempla a trajetória do pintor, com obras que vão do acadêmico ao contemporâneo, incluindo naturezas mortas, quadros abstratos, paisagens, obras de uma série intitulada “Fragmentos” (em que o artista faz uma incisão do clássico e do contemporâneo em harmonia na mesma tela), entre outras.

A inauguração será em 24 de agosto (quinta-feira) a partir das 19h, em uma vernissage aberta ao público e com entrada gratuita.  A exposição vai até 25 de setembro.

Cores, luzes e sombras de uma arte com versatilidade
“Arabeschi” tem curadoria da galerista Zuleika Bisacchi, responsável pelo espaço que abriga a exposição. Os trabalhos apresentados evidenciam as principais características das obras de Coppio: a precisão em criar formas, a sabedoria no uso de cores e a habilidade em transitar entre a luz e a sombra. “De trajetória sólida, Celso Coppio difunde emoção através de seus pincéis; suas cores e luzes vislumbram seu interior sensível, ao mesmo tempo em que é dinâmico e perfeccionista fazendo com que sua obra seja atemporal”, comenta Zuleika.

“Celso Coppio, nesta individual, nos presenteia com uma retrospectiva do seu caminho nas artes plásticas. Suas obras, desde o acadêmico, nos levam a vagar nas paisagens por onde ele viveu e viajou, principalmente na Itália, sua paixão”, completa Zuleika. 


O nome com que foi batizada esta exposição faz duas referências diretas: à língua italiana e à pintura. “Quando você movimenta o pincel para pintar, você inconscientemente cria arabescos”, explica o autor. Celso Coppio pode ser considerado um cidadão do mundo, pois já viajou por dezenas de países das Américas, Europa, África e Ásia, tendo realizado exposições internacionais, além de possuir obras em acervos estrangeiros. Em “Arabeschi” o público verá imagens que remetem à Índia, Itália, e outros países. “Viajar pra mim é uma fonte de inspiração. São ideias que a gente troca, pessoas novas que você conhece, artistas novos para compartilhar ideias”, afirma Celso Coppio.

O lado contemporâneoAlém da arte acadêmica, Celso Coppio mostra suas obras em arte contemporânea, como telas abstratas alguns trabalhos da série “Fragmentos”, que trazem arte clássica e contemporânea em harmonia na mesma tela. “Eu sempre caminhei dentro da linha da arte abstrata mesmo que os curitibanos não soubessem; era um estudo meu desde quando eu morava em São Paulo, mas só comecei a mostrar para o público recentemente”, revela Coppio.

O convite para realizar esta exposição surgiu no decorrer de 2016, quando o artista conheceu Zuleika Bisacchi, que havia chegado de São Paulo para abrir sua galeria em Curitiba. “Esta é uma galeria que abre as portas para artistas locais, o que é muito importante. Além disso, a Zuleika tem um grande conhecimento de artes, e é artista também. Ela sabe analisar e fez a curadoria desta exposição. É uma profissional muito séria e que sabe dar o devido valor a cada tipo de arte, do acadêmico ao contemporâneo”, finaliza Celso Coppio.


Serviço:
Abertura da exposição “Arabeschi”, de Celso Coppio
Data e horário: 24 de agosto (quinta-feira) às 19h
Período: a exposição vai até 25 de setembro
Horários de visitação diária: segunda a sábado das 10h às 22h, domingo das 14h às 20h.
Local: Zuleika Bisacchi Galeria de Arte
Endereço: Av. Batel, 1868 (Pátio Batel, piso L3 / loja 329) – Curitiba (PR)
Entrada gratuita
Telefone para Informações: (41) 3020-3667


Especial


Colunistas

Menu