Destaques

ads slot

Diretoria da AHK Paraná debate perspectivas da economia para os próximos anos e Indústria 4.0


O bate-papo anual da entidade contou com a participação de jornalistas e diretores de empresas alemãs
O que esperar da economia paranaense em 2018? A Indústria 4.0 como alavanca para a retomada do crescimento – esse foi o tema do 2° Café com Jornalistas, que reuniu executivos de empresas alemãs e a imprensa paranaense, no último dia 26, em Curitiba.


O encontro foi conduzido por Andreas Hoffrichter, diretor da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK Paraná), que afirmou que vivemos uma fase de disrupção na economia. “Vemos drones que fazem entregas, carros que andam sozinhos, máquinas que gerenciam a produção e a qualidade – tudo isso faz parte de uma nova etapa em que a riqueza passa a ser gerada por inovações tecnológicas radicais, suportadas por aplicações digitais como big data, cloud computing e internet das coisas. A Indústria 4.0 é fundamental para garantir a competitividade e a sustentabilidade das empresas no futuro”, afirma Hoffrichter.
Diante disso, a entidade anunciou aos jornalistas a criação de um grupo de intercâmbio com foco na Indústria 4.0.Isso deve ocorrer a partir de 2018.
Durante o evento, os desafios políticos, as oportunidades de negócios, as alternativas para exportação e os investimentos em capacitação humana também estiveram em pauta. Hoffrichter citou, ainda, algumas projeções em relação ao crescimento real do PIB de 0,5% para este ano e de 2,5% para 2018. Sobre o crescimento real e aumento de investimentos, o diretor prevê um salto a partir de 2020/2021.
Entre os executivos presentes, que compõe o Conselho da AHK Paraná, estavam: Emerson Nogueira, diretor da OKE do Brasil; Emilio Abelenda, diretor da Kleiberit; Marcelo Fatuch, diretor do Consórcio Servopa; Wilson José Andersen Ballão, advogado fundador da Andersen Ballão Advocacia; Andreas Göhringer, diretor da AG Consulting; Hans Schorer, sócio-administrador da Termaqua e consultor do Centro Internacional de Tecnologia de Software; e Lourdes Manzanares, diretora geral Comercial e Marketing da Interprint. O COO da OKE Automotive (Alemanha)Fabian Voges, também participou do bate-papo.

Crédito (Karen Krinchev)
Executivos de empresas alemãs, que compõem a Diretoria da AHK Paraná, durante 2° Café com Jornalistas


Sobre a AHK Paraná - Estimular a economia de mercado por meio da promoção do intercâmbio de investimentos, comércio e serviços entre a Alemanha e o Brasil, além de promover a cooperação regional e global entre os blocos econômicos. Esta é a missão da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK Paraná), entidade atualmente dirigida pelo Conselheiro de Administração certificado pelo IBGC e Cônsul Honorário da Alemanha em Curitiba Andreas F. H. Hoffrichter.
Fundada em 1972, a AHK Paraná integra uma rede composta por mais de 130 Câmaras binacionais alemãs em 90 países ao redor do mundo que trabalham em prol do fomento profissional de seus associados e no estímulo ao networking entre diferentes organizações. Com foco no desenvolvimento do Paraná, a AHK Paraná está entre as cinco melhores e mais completas câmaras bilaterais do Brasil e agrupa empresas de capital ou know how alemão e companhias brasileiras instaladas no estado com interesses na Alemanha.


Especial


Colunistas