Destaques

ads slot

Segunda edição do Festival de Teatro Infantil “Era uma vez...eram duas, eram três” começa em novembro


Clássicos do teatro infantil serão apresentados no Teatro Bom Jesus
 
Alice no País das Maravilhas. Crédito de Renata Peterlini
           Era uma vez o primeiro festival de contos de fadas do Brasil. Com a proposta de apresentar releituras de clássicos da literatura infantil, o Festival de Teatro Infantil “Era uma vez...eram duas, eram três” chega a sua segunda edição. De novembro de 2017 a março de 2018, Curitiba recebe cinco montagens inéditas de leituras já consagradas: "Alice no País das Maravilhas", "Os Três Mosqueteiros", "Peter Pan", "Pinóquio" e "Os Três Porquinhos". "A ideia é democratizar o acesso à cultura e incentivar a formação de jovens plateias por meio de releituras com linguagens contemporâneas, lúdicas e que priorizam a pesquisa, a estética e a dramaturgia", explica Carolina Montenegro, sócia da Montenegro Produções Culturais - idealizadora do projeto. Os espetáculos acontecem uma vez por mês, aos sábados e domingos, sempre às 16h, no Teatro Bom Jesus. Toda a renda arrecadada na bilheteria será revertida ao Hospital Pequeno Príncipe, instituição beneficiada pelo projeto.
            Contemplando diversas linguagens - como música, dança, poesia e teatro de sombras - as quatro primeiras montagens são assinadas pela Cia do Abração, que buscou introduzir um pouco da nossa cultura em obras consideradas universais. "O contar histórias sempre foi a base da transferência cultural entre as gerações. Isto nos dá possibilidade de um futuro com memória. Por isso, procuramos recontar essas histórias buscando identidade naquilo que é universal. E tudo através dos contos de fadas e seus encantamentos", revela Letícia Guimarães, diretora da companhia.
            Para tornar a ida ao teatro uma experiência ainda mais especial para os pequenos, o foyer do Teatro Bom Jesus vai receber uma intervenção assinada pela artista plástica Sandra Hiromoto. Seis telas representando diferentes personagens de cada adaptação compõem uma pequena mostra. O objetivo é aproximar ainda mais as crianças e as artes. "Minhas obras sempre tiveram uma aproximação com o universo infantil, muito em função de seus elementos e suas cores alegres e contrastantes. Durante o Festival, vamos colocar as pinturas na linha visual das crianças, para que elas se sintam em um museu, em uma exposição criada especialmente para elas", afirma a artista.
            Idealizado pela Montenegro Produções Culturais - responsável também pelo III Festival de Teatro Infantil Brinque - Folclore do Brasil - o Festival de Teatro Infantil “Era uma vez...eram duas, eram três” foi desenvolvido com incentivo fiscal, por meio da Lei Rouanet, com apoio do Ministério da Cultura e o patrocínio de DHL Logistics Brazil, Mili, Veirano e Advogados Associados, Neovia Infraestrutura Rodoviária, Grupo InBetta, Flexoprint, Frameport, Westaflex Tubos Flexíveis, JotaeMe Fitafer, Dacar Química do Brasil, Abase Comércio e Representações, Orsegups, Recco Confecções, Germer Porcelanas, Engepeças Equipamentos e Fagundez Distribuição. O projeto ainda realizou, como contrapartida voluntária, oficinas de bonecos de pano e contações de histórias para crianças hospitalizadas no Hospital Pequeno Príncipe. As ONGs ACRIDAS-Associação Cristã de Assistência Social, Asilo São Vicente, Associação São Roque, Lar Moisés e Transforme Sorrisos receberão ingressos de cortesia para os espetáculos.
          Após reunir um público de mais de 5 mil espectadores em sua primeira edição - realizada em 2014 e que contemplou os clássicos "A roupa nova do rei", "O flautista de Hamelin", "Rapunzel", "A Bela e a Fera", "O gato de botas" e "O Mágico de Oz" - a segunda edição do Festival de Teatro Infantil “Era uma vez...eram duas, eram três” estreia com uma releitura de "Alice no País das Maravilhas", nos dias 11 e 12 de novembro, às 16h, no Teatro Bom Jesus.

Festival “Era uma vez...eram duas, eram três”
Data: de novembro de 2017 a março de 2018
Local: Teatro Bom Jesus - Rua 24 de maio, 135 - Centro
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada)
Classificação: Livre - Indicada para todas as idades


Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu