Destaques

ads slot

Delícias em fatias: Baggio Slice é novidade da rede de pizzarias


A Baggio Pizzeria & Focacceria tem uma ótima notícia para os fãs das saborosas pizzas da rede: a chegada do mais novo modelo de casas da rede, a Baggio Slice.
Acabam de ser inauguradas novas lojas neste novo formato, uma delas na Galeria Asa, no centro, e a outra no Mercado Sal, no Portão. Nelas, é possível adquirir pizzas Baggio em fatias, nos sabores mais consagrados da rede, das salgadas até as doces. Outro diferencial da Baggio Slice são as focaccias também em fatias.
Refrigerantes, sucos, cervejas e cervejas artesanais de fabricação própria estão entre as bebidas comercializadas na Baggio Slice. A unidade da Galeria Asa, na Praça Osório, também oferece o chopp próprio da marca e café.
Além disso, as unidades Baggio Slice também têm delivery de pizzas grandes, de oito fatias, com um cardápio um pouco mais conciso do que o das demais casas.
As novas lojas da Baggio Pizzeria & Focacceria no modelo Slice são localizadas na Praça Osório 475 - Galeria Asa, sala 01 e no Mercado Sal no Portão – Rua Itacolimi, 1515, esquina com a rua Felinto Bento Viana.
Sobre a Baggio Pizzeria & Focacceria
A Baggio Pizzeria & Focacceria nasceu em Curitiba em 1999. A primeira casa, localizada no bairro Água Verde, em Curitiba, no Paraná, foi tão bem sucedida que, apenas um ano depois, uma primeira franquia já foi inaugurada, no bairro Juvevê. Desde lá até hoje, já foram abertos além desses dois restaurantes, mais nove unidades.
Em Curitiba elas se concentram nos bairros Champagnat, Jardim da Américas, Ecoville, e Xaxim. Já na região metropolitana da capital, as franquias estão nas cidades de Pinhais e São José dos Pinhais. No estado de Santa Catarina: Joinville, Blumenau e Brusque foram as regiões escolhidas para receberem as casas da Baggio.

Hoje no formato de franquia, a rede planeja segue em seu planejamento de expansão, conquistando cada vez mais o coração e o paladar dos clientes em diferentes regiões dentro e fora de Curitiba.

Empreendedorismo - por Rodrigo Okener


Especial


Colunistas

Menu