Destaques

ads slot

Novos integrantes da Orquestra Sinfônica do Paraná tocam no concerto em homenagem a Polônia


Os 28 músicos contratados pelo PALCOPARANÁ estreiam no concerto deste domingo, dia 12, às 10h30, que será em homenagem a Polônia, sob regência de Luís Gustavo Petri e com participação do pianista polonês Jan Broja.

O próximo concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná que acontece domingo, dia 12, às 10h30, no Guairão, será em comemoração ao aniversário da independência da Polônia. Sob a regência do maestro brasileiro, Luís Gustavo Petri e com a participação do pianista polonês Jan Krzysztof Broja, será apresentado um programa com obras de dois compositores poloneses. De Frédéric Chopin serão apresentadas “Polonaise n°1 e “Concerto para piano e orquestra n°1 em mi menor, e de Mieczyslaw Karlowicz, as “Canções Eternas”.

Os novos instrumentistas recém-contatados através de processo seletivo simplificado realizado pelo PALCOPARANÁ, já estão em atividade e se preparam para estrear no próximo domingo. São 28 músicos de São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais, Bahia e Paraná. Não foram preenchidas uma vaga para violoncello, uma vaga para flauta e uma vaga para oboé, que serão objeto de futuro  processo seletivo.

O Serviço Social Autônomo Palcoparaná, vinculado por cooperação ao Centro Cultural Teatro Guaíra, foi instituído pela Lei nº 18.381/2014 do dia 17 de dezembro de 2014, para colaborar com a autarquia na produção de concertos e espetáculos de balé.

“Estamos muito orgulhosas e felizes em apresentar a Orquestra Sinfônica do Paraná agora completa e dentro da legalidade”, dizem Monica Rischbieter, diretora-presidente do Centro Cultural Teatro Guaíra e Nicole Raffs Barão, presidente do PALCOPARANÁ.

Convidados – para este concerto dois importantes músicos são os convidados: o maestro Luís Gustavo Petri e o pianista polonês Jan Broja. O maestro Petri, cuja carreira é marcada por sucessos como regente, compositor e diretor musical, atua em grandes orquestras brasileiras e tem seu nome ligado a diversos projetos. Apresentou variadas óperas e com Cleber Papa criou a “Ópera Cantada e Contada”, projeto que inova o formato de “pocket ópera”, sucesso em várias cidades brasileiras, com três títulos encenados: Madama Butterfly, Carmen e La Traviata. Petri implantou projetos de difusão da música erudita para crianças da região da Baixada Santista. Dirigiu os musicais: My Fair Lady, West Side Story, Vítor ou Vitória, Cabaret, Lago 21 e Cidades Invisíveis, entre outros. Entre suas premiações estão os prêmios Shell, APETESP (Associação de Produtores de Espetáculos Teatrais do Estado de São Paulo) e APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte).

O músico Jan Krzysztof Broja é um dos principais pianistas da Polônia. Vencedor de concursos internacionais em Hanau, Alemanha, Brunsvique, Bucareste, Romênia, Vilnius, Lituânia, Pasadena, Califórnia. Considerado pela revista Ruch Muzyczny e pela imprensa como o melhor pianista do século 21.

Serviço:
Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná – Homenagem a Polônia
Dia12 de novembro, às 10h30
Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão
Regência: maestro Luís Gustavo Petri
Solista (piano): Jan Krzysztof Broja
Classificação: maiores de 7 anos
Ingressos: R$ 20,00




Especial


Colunistas