Destaques

ads slot

Principais doenças que afetam a saúde do homem




A campanha Novembro azul reforça os cuidados dos homens com a saúde

A campanha Novembro Azul, inspirada no Outubro Rosa, promove diversas ações pelo país e busca motivar a população masculina a entender as várias etapas da vida. A partir de 2016, a iniciativa passou a abranger a saúde integral do homem, deixando de focar apenas no câncer de próstata. Um dos motivos para essa mudança é o descaso dos homens com a saúde, aponta Suehiro Takashima, urologista do Hospital Angelina Caron.

Segundo estudos do Ministério da Saúde, 31% dos homens brasileiros não possuem o costume de frequentar serviços médicos, apoiando a afirmação de que os homens cuidam menos da saúde do que as mulheres. “Os homens não se atentam a sua saúde, muitos procuram o hospital apenas em casos extremos. Casos em que a medicina ainda não consegue resolver”, diz Takashima.
Dados do IBGE mostram que a expectativa de vida do homem é de 71 anos e a da mulher é de 78 anos. O urologista afirma que é muito melhor e mais fácil evitar uma doença ou um mal-estar do que tratá-la. “Muitas vezes, um simples exame resolve.”

Saiba quais são as quatro principais doenças que afetam os homens:

Câncer de próstata

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de próstata é o sexto tipo mais comum da doença, com estimativa de 70 mil novos casos por ano, sendo a quarta maior causa de morte por câncer Brasil.

A realização de exames a partir dos 50 anos é fundamental no diagnóstico da doença, pois a doença não apresenta sintomas frequentes e os exames devem ser repetidos periodicamente. Porém, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) indica que 51% dos homens nunca consultaram um urologista. Se for diagnosticada no estágio inicial, as chances de cura podem chegar a 90%.

Disfunção erétil

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fala que 30% dos homens acima dos 16 anos no Brasil, sofrem com a dificuldade de ter a ereção ou de manter pelo tempo necessário para ter uma relação sexual satisfatória.

As causas podem ser:

Orgânicas: doenças ligadas à diabetes e obesidade podem ser prevenidas através de medicamentos via oral ou, em casos extremos, próteses penianas.
Psicológicas: normalmente estão ligadas a depressão e ansiedade. O tratamento e a prevenção são feitos com consultas terapêuticas ou medicamentos indicados por psicólogo.

Obesidade

É o acúmulo exagerado de gordura corporal. Ela contribui para o aumento das chances de problemas cardiovasculares, diabetes e do aumento da pressão arterial. O Ministério da Saúde calcula que 17% dos homens no Brasil são obesos. A prevenção e o tratamento incluem uma dieta balanceada e a inclusão de exercícios físicos. Em casos extremos, cirurgias podem ser indicadas por especialistas.

Doença Cardiovascular

É o endurecimento das artérias causado por placas de colesterol que bloqueiam o fluxo de sangue no coração e no cérebro, podendo um acidente vascular cerebral (AVC) ou ataque cardíaco. Dados do Departamento de Informática do SUS (DATASUS) mostram que 340 mil brasileiros morrem pela doença, destes 60% são do sexo masculino.

Clique aqui para saber mais sobre as especialidades do Angelina Caron.

Descrição: As quatro principais doenças que afetam a saúde do homem
Tags: novembro azul; expectativa de vida; ministério da saúde; saúde; curitiba; hospital angelina caron

Sobre o Hospital Angelina Caron

Hospital Angelina Caron está localizado na cidade de Campina Grande do Sul, na Grande Curitiba (PR). De caráter eminentemente social, o local é um centro médico-hospitalar de referência no Sul do País e um dos maiores parceiros do Sistema Único de Saúde (SUS) no Paraná. Recebe, anualmente, mais de 350 mil pacientes de todo o país, dos quais 95% pertencem ao SUS. Atua em todas as vertentes da medicina e é um centro tradicional de fomento ao ensino e à pesquisa.  O setor de transplantes é um dos mais destacados, reconhecido internacionalmente, com cerca de 250 procedimentos por ano nas áreas hepática, renal, reno-pancreática, cardíaca e de tecidos corneanos.


Especial


Colunistas