Destaques

ads slot

Star Wars: Os Últimos Jedis empolga e supera expectativas - Filmes, por Rudney Flores


Rey encontra Luke Skywalker para tentar convencê-lo a lutar novamente ao lado da Resistência.
Crédito da foto: Jonathan Olley/Divulgação Lucasfilm Ltd.


A programação desta semana é marcada pela estreia de Os Últimos Jedis, segundo filme da nova trilogia Star Wars, dirigido e roteirizado por Rian Johnson (do interessante Looper: Assassinos do Futuro). O cineasta americano supera todas as expectativas e entrega uma obra com vários momentos empolgantes, destacando com muito brilho os protagonistas da saga criada há 40 anos por George Lucas – os gêmeos Luke Skywalker (Mark Hamill) e Leia Organa (Carrie Fisher) – e trabalhando muito bem com os novos personagens incluídos na história a partir de O Despertar da Força (2015) – Rey (Daisy Ridley), Rylo Ken (Adam Driver), Finn (John Boyega) e Poe Dameron (Oscar Isaac).

O reinício da franquia comandado em 2015 por J.J. Abrams – diretor também responsável pelo reboot da histórica série Star Trek nos cinemas – era muito reverente e referente a Uma Nova Esperança, primeiro filme da primeira trilogia Star Wars, lançado em 1977, o que se mostrou importante para resgatar os fãs da saga após a decepcionante segunda trilogia comandada por Lucas no final dos anos 1990 e início dos anos 2000.

Dessa forma, imaginava-se que Os Últimos Jedis poderia trazer diversas referências a O Império Contra-Ataca, segundo filme da primeira trilogia e considerado o melhor da saga intergaláctica. Mas Rian Jonhson apresenta uma história muito original e que não fica presa às produções que a antecederam. Como destacado no final de O Despertar da Força, Rey vai ao encontro de Luke Skywalker para convencê-lo a lutar novamente ao lado da Resistência, e também para ter uma orientação sobre seus poderes Jedis recém-descobertos. Mas o que ela encontra é um herói totalmente desacreditado da força e importância dos Jedis.

Ao mesmo tempo, Leia, Finn e Poe Dameron precisam lutar contra o poder cada vez mais absoluto da Primeira Ordem comandada pelo líder supremo Snoke – que ganha um corpo computadorizado na interpretação por captação de movimentos e fala de Andy Serkis (o Gollum das trilogias O Senhor dos Anéis e O Hobbit e o César da nova franquia Planeta dos Macacos) – e Kylo Ren. Revelar mais do roteiro estragará as grandes e ótimas surpresas e reviravoltas realizadas por Johnston, que já garantiu o comando da quarta trilogia Star Wars, totalmente inédita e com novos personagens, a ser iniciada após o término da trilogia atual, que terá o último capítulo, previsto para o final de 2019, dirigido novamente por J.J. Abrams.

Os Últimos Jedis destaca ainda novos importantes personagens vividos por Laura Dern (vice-almirante Holdo), Benicio Del Toro (DJ) e Kelly Marie Tran (Rose), além de novas criaturas como os Porgs e as Cuidadoras (que habitam a ilha onde Luke se isolou), e uma espécie de lobos de cristal. O mestre Yoda (voz de Frank Oz) também aparece na produção. Após os créditos, há uma sensível homenagem a Carrie Fisher, que morreu no final de 2016. Cotação: Ótimo.

Trailer de Star Wars – Os Últimos Jedis:




Outras estreias

A franquia Star Wars tomou contas das salas de Curitiba e poucos lançamentos foram programados para esta semana na cidade. O Espaço Itaú destaca duas estreias exclusivas. Terra Selvagem, do diretor Taylor Sheridan (roteirista de A Qualquer Custo, indicado a quatro Oscars este ano, incluindo melhor filme e roteiro), tem como estrelas Elizabeth Olsen e Jeremy Renner, conhecidos por seus papéis de heróis nos filmes da Marvel (ela é a Feiticeira Escarlate e ele o Gavião Arqueiro).

Olsen interpreta Jane Banner, novata agente do FBI, e Renner é Cory, caçador de coiotes. A dupla investiga o caso de uma jovem mulher que é encontrada morta nas montanhas geladas de um estado americano.

Trailer de Terra Selvagem:



O documentário Coragem! As Muitas Vidas do Cardeal Paulo Evaristo Arns destaca a trajetória do importante religioso brasileiro, conhecido por defender os direitos humanos e enfrentar a ditadura do país nos anos 1960 e 1970. Dirigido por Ricardo Carvalho, o filme tem narração do ator Paulo Betti e depoimentos de várias personalidades.

Trailer de Coragem!:




A produção O Poder e o Impossível também estreia no Espaço Itaú, além do Cineplus Jardim das Américas e nos cinemas UCI. Dirigido por Scott Waugh (Need for Speed: O Filme), o filme conta a história do esportista Eric (Josh Hartnett, de 30 Dias de Noite), que pratica snowboard.

Durante um fim de semana, ele acaba preso e isolado numa nevasca numa estação de esqui, sem poder entrar em contato com ninguém. Eric enfrentará o frio e diversos desafios para salvar sua vida. O elenco ainda conta com a sumida Mira Sorvino (Oscar de atriz coadjuvante por Poderosa Afrodite, de Woody Allen), que interpreta a mãe (!?) do personagem central (na vida real, ela é pouco mais de dez anos mais velha que Hartnett).

Trailer de O Poder e o Impossível:






Empreendedorismo - por Rodrigo Okener

Empreendedorismo - por Rodrigo Okener


Especial


Colunistas

Menu