Destaques

ads slot

ONG Parceiros do Mar realiza 3 Mutirões de Limpeza das praias nesta temporada

Mutirões organizados pela ONG Parceiros do Mar irá coletar lixo em Matinhos, Pontal do Sul e Paranaguá.
Mutirão Parceiros do Mar_foto Arthur Trauczynski

Pelo sexto ano consecutivo a ONG Parceiros do Mar mobiliza voluntários para ações de limpeza do litoral paranaense. No total a ONG já realizou 35 mutirões que somaram 10 toneladas de resíduos das praias. Para esta temporada estão programados três mutirões em diferentes orlas do litoral, com o primeiro na próxima quarta-feira dia, 10 em Matinhos. Dia 02 de fevereiro acontece limpeza subaquática em Pontal do Sul e no dia seguinte limpeza em Paranaguá. Objetivo é retirar o lixo da restinga e da areia da praia, bem como envolver a comunidade local e os turistas na conscientização ambiental.

A ONG Parceiros do Mar atua na educação ambiental e segurança no mar no litoral paranaense. A maior parte do lixo recolhido são bitucas de cigarro, tampinhas, garrafas pet, redes, cordas e artefatos de pesca artesanal, que são destinadas diretamente a Associações e Cooperativas de reciclagem do litoral os resíduos, fomentando também a economia local.

Todos podem participar!

ORIENTAÇÃO AOS VOLUNTÁRIOS - O deslocamento é por conta dos voluntários interessados em ajudar. Cada um deverá também levar seu protetor solar, boné/chapéu, repelente, galocha, etc. Se chover a ação será cancelada e transferida para o próximo sábado.

CALENDÁRIO DOS MUTIRÕES 2018
10/01 limpeza em Matinhos com a UFPR Litoral. Às 10h saída do Pico de Matinhos.
02/02 limpeza subaquática e de praia em Pontal em parceria com a ONG MarBrasil, e Farmácias Freefarma. Às 09h saída de Ipanema em frente à farmácia FreeFarma (quase em lado ao mercado Super rede).
03/02, limpeza em Paranaguá, saída 09h da Praça Mario Roque, em frente ao Tutóia.
*Em caso de chuva as ações serão remarcadas.

Informações:

www.parceirosdomar.org
Facebook.com/surfseguro
Sobre a ONG: O Instituto Renata Turra Grechinski – ONG Parceiros do Mar foi fundado em razão da fatalidade que levou a vida da jovem Renata em fevereiro de 2012, quando surfava com amigos na praia de Coroados/ Barra do Saí, no litoral do Paraná. Enroscada em artefato ilegal de pesca (porque colocado sem sinalização a menor distância do que a mínima permitida por Portaria do Instituto Ambiental do Paraná), Renata não resistiu ao afogamento. A partir daí, familiares e amigos de Renata fundaram a ONG para lutar por um litoral mais seguro para todos, congregando três pilares de atuação: segurança no mar, conservação e preservação ambiental, e temáticas relativas à pesca.

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu