Destaques

ads slot

Universidade Positivo abre exposição gratuita na Biblioteca Central

A exposição “Histórias nunca contadas”, com obras de Adrianne Moro, recepciona a comunidade acadêmica neste início de ano letivo na Universidade Positivo (UP). A mostra, com aproximadamente 50 peças, preenche a Biblioteca Central da universidade com cores, formatos e histórias que podem ser interpretadas das mais diversas maneiras.


No mundo pictórico da artista, cada pintura fornece uma oportunidade para narrar, comunicar e conversar, sem o uso das palavras. Segundo ela, as histórias nunca foram contadas, pois criar histórias é um ato significativo e possibilita múltiplas maneiras de fazê-lo. “Utilizando a experiência visual, as histórias aqui são contadas por meio de imagens e interpretadas por cada expectador livremente”, explica Adrianne.
Gaston Bachelard, filósofo e poeta francês, é a fonte de inspiração desse trabalho, discorrendo sobre o devaneio e o sonho em suas obras e convidando a artista a sonhar e a criar. O trabalho foi concebido inicialmente por meio da colagem digital com a sobreposição de imagens e camadas que resultam num universo surreal, no qual a figura feminina é o sujeito principal de cada história.  Assim, as histórias são colocadas num universo paralelo e utópico que surge das experiências cumulativas da artista, como sonhos e lembranças que são traduzidas em cada obra.
Após o trabalho digital, Adrianne passa para a parte manual, com variações em técnicas mistas, como aquarela sobre papel, pintura, recorte e colagem sobre tela e, finalmente, o uso de bordados em algumas obras. O processo criativo é a parte que mais interessa à artista - porém, fica clara a importância de experimentar o trabalho manual de diversas maneiras, agregando técnicas com a finalidade de obter um resultado final diferenciado.
“Os trabalhos surgem de uma faísca inicial de inspiração onde uma história aparece. Seu desenvolvimento é criado naturalmente sem resistência e segue, intuitivamente, para um mundo surreal”, explana Adrianne. Ela conta que o objetivo é criar mistério e suspense, sem revelar a história completa, trazendo uma visão intrigante na qual o espectador torna-se também criador. "Dessa forma, ele é convidado a participar de uma maneira cognitiva e finalizar uma história nunca antes contada".
A exposição está aberta ao público na Biblioteca Central da Universidade Positivo, no câmpus-sede Ecoville, das 8h às 22h30, até o dia 29 de março. A entrada é gratuita.

SERVIÇO
Exposição Histórias Nunca Contadas
Onde: Universidade Positivo - Câmpus Ecoville | Biblioteca Central (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 - Ecoville)
Quando: até 29 de março
Quanto: Entrada gratuita

Empreendedorismo - por Rodrigo Okener

Empreendedorismo - por Rodrigo Okener


Especial


Colunistas

Menu