Destaques

ads slot

A exposição O Limite do Concreto fica até abril no Museu Guido Viaro





A fotógrafa Mariana Canet e a artista Carmen Lucia Kremer abrem no próximo dia 1.º. de março (quinta-feira), às 19h30, no Museu Guido Viaro, a exposição “O Limite do Concreto”. A mostra traz 25 obras de grandes dimensões em que o registro fotográfico de Mariana interage com o trabalho em papier-mâché de Carmen Lucia. Em algumas, a textura serve de base para a imagem, noutras, se sobrepõe. O resultado são camadas de texturas, cores e formas harmônicas.
Ao se deparar com o trabalho de reciclagem de Carmen Lucia, o olhar atento aos detalhes da fotógrafa enxergou a possibilidade de novos experimentos. Carmen, que prefere se autodenominar artesã, há muitos anos caminha profissionalmente ao lado da fotografia com produção e pós-produção fotográfica.

Foto: Dico Kremer

A parceria rendeu frutos interessantes, bi e tridimensionais. “Fomos além da fotografia”, explica Mariana. Para ela, os seus registros são a matéria se transformando em fotografia. Já o trabalho de Carmen é a matéria se transformando em arte. A mostra “O Limite do Concreto” estará aberta ao público de 2 de março até 1º de abril, sempre das 14 às 18 horas, de terça-feira a sábado. O Museu Guido Viaro fica na Rua 15 de Novembro, 1348, no Centro. A entrada é franca.


Exposição “O Limite do Concreto”

Abertura: 1º/03/2018, às 19h30
Funcionamento: de terça a sábado, das 14 às 18 horas
Período: de 1º/03/2018 a 1º/04/2018
Local: Museu Guido Viaro
Endereço: Rua 15 de Novembro, 1348, Centro.
Entrada: franca

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu