Destaques

ads slot

Dra Adriana Vidal Schmidt brinda seus 50 anos junto a clientes e amigas

No auge da carreira e sentindo-se mais plena do que nunca, a médica curitibana vai comemorar a nova idade ao lado de quem a prestigia no seu dia a dia

Neste ano, o Domingo de Páscoa terá um significado ainda mais especial para a médica Adriana Vidal Schmidt. No dia primeiro de abril, ela completa 50 anos de idade e vai aproveitar o sábado, 31 de março, para brindar esta data tão importante para sua vida e carreira com suas amigas, convidadas e pacientes, em mais uma edição do Meeting Care.
Desta vez o evento será ainda mais especial, pois será a edição de aniversário da doutora. Nele, a médica vai trazer dicas, troca de experiências e informações sobre saúde, envelhecimento saudável, planejamento de beleza e muito mais. O evento é exclusivo para pacientes que realizaram procedimentos e estiveram em consulta médica no último ano na Clínica Dra. Adriana Schmidt.

Medicina e proximidade
Quando foi a última vez que você foi convidado para um evento em comemoração ao aniversário do seu médico? Essa proximidade que Dra. Adriana tem junto a seus pacientes é uma marca do importante momento que ela vem vivendo em sua clínica.
Completar 50 anos é simbólico para ela, que reforça a importância dos cuidados e o quanto a medicina evoluiu nos últimos anos, favorecendo quem vivencia essa fase atualmente. “Chega a ser surpreendente o quanto podemos melhorar nossa aparência ao longo dos anos, o que há um tempo era impensável! Mesmo o envelhecimento sendo inexorável, podemos passar por ele com suavidade e beleza, e isso tem obviamente reflexos - como nos sentimos ao olhar no espelho - com o entusiasmo que teremos pela vida”.
Mas, quais seriam estes avanços? Hoje, segundo ela, podemos corrigir assimetrias, pequenos defeitos de nariz ou mesmo arrebitá-lo sem cirurgia, fazer lifting de sobrancelhas e bochechas, suavizar manchas e cicatrizes, melhorar o contorno da face e promover estímulo de colágeno e melhora na textura da pele. “Existe um universo de possibilidades a ser explorado, e com bom senso estético e o uso de produtos e equipamentos de referência os eventuais riscos são bastante minimizados. Hoje existem produtos que dissolvem o preenchimento sem cirurgia, por exemplo. Sem contar que todos estes tratamentos são temporários e com o tempo é possível aprimorar ainda mais os resultados”.

Beleza na melhor fase da vida
Segundo a Dra. Adriana Schmidt, é possível chegar aos 50 anos não apenas cheia de energia e vivacidade, mas mais do que isso: com plenitude e sentindo-se bela, com a autoestima elevada. “A aparência de uma pessoa hoje está muito associada à sua qualidade de vida (que é um dos componentes da saúde), autoconfiança e vitalidade, tendo reflexos inclusive no seu desempenho profissional. Vivemos num mundo altamente competitivo e as demandas são crescentes. Ter boa aparência – não precisa ser necessariamente “belo/a”, mas estar bem cuidado – conta sim, e muito”, opina.
E isso vale tanto para homens quanto para mulheres, já que a relação do homem com a beleza também vem se transformando. “Existe uma procura crescente dos homens pelos tratamentos estéticos. Uma pessoa de melhor aparência, com a pele bem cuidada, impacta positivamente seja nas relações interpessoais seja no trabalho, chegando em alguns casos a ser um facilitador da ascensão profissional”, ela completa, ainda, que uma imagem bem cuidada está subliminarmente associada à eficiência e à competência. “Melhora a autoestima e as relações interpessoais, inspira confiança e denota cuidado e capricho. E isto vai ajudar em todos os aspectos da vida”.

Cuidados planejados e orientados
A famigerada melhor idade para começar não existe. Segundo a médica, mais importante do que se preocupar com o momento mais adequado para iniciar procedimentos estéticos é o critério na hora de escolher os profissionais envolvidos.
“Qualquer intervenção nesse sentido precisa ser orientada por um médico que se dedique ao estudo das propriedades cosméticas dos cremes e seu potencial de alergenicidade. Como Médica Alergista, já vi muitos casos de reações a produtos cosméticos usados sem orientação. Desde dermatites alérgicas a reações das mais variadas. A automedicação expõe o paciente a riscos, especialmente em se tratando de remédios, que terão efeitos terapêuticos, modificando o arranjo celular. Mas um bom filtro solar irá ajudar muito, e pode ser usado em qualquer idade!”, orienta.
Os reflexos sobre a aparência, de acordo com ela, serão proporcionais aos cuidados. “Também o significado que a pessoa dá à sua vida, às relações familiares e de amizade. Pessoas felizes e realizadas tendem a ser mais bonitas. E tenho a impressão que a felicidade atrai, mais do que a beleza!” , conclui.


Dra Adriana Vidal Schmidt
CRM 12975
RQE 7737-alergia

Serviço:

Clínica Dr.ª Adriana Vidal Schmidt
Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 3901, Ed. Office Life, sl 198/199 Ecoville
Curitiba | PR
(41) 3336-2820



Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu