Destaques

ads slot

Almoço do fim de semana ganha novos sabores no Bobardí


Novidades do cardápio são apresentadas em tamanho duplo todos os sábados e domingos
 
Frango a Cacciatore
            A alta gastronomia descomplicada do Bobardí acaba de ganhar novos sabores. Respeitando a identidade gastronômica do restaurante e priorizando ingredientes frescos e naturais, o chef Dyogo Prado desenvolveu quatro novos pratos para o almoço do fim de semana. "Apresentamos versões mais contemporâneas de pratos clássicos e tradicionais, buscando proporcionar uma verdadeira experiência gastronômica", explica o chef. As novidades - que servem duas pessoas - já entraram no cardápio.

            São opções para agradar todos os paladares, com carnes, massas e frutos do mar. Com sabor único e marcante, a Paleta de Cordeiro (paleta de cordeiro confit servida com mix de legumes e talharim fresco na manteiga - R$180) é um dos destaques do novo menu. No capítulo das carnes, há também o Bucatini Bobardí (mignon recheado com mozzarella, empanado e servido com molho rústico de tomate e massa gratinada - R$120). Todas as massas são produzidas artesanalmente no próprio restaurante.

            De origem italiana, o Frango a Cacciatore (coxa e sobrecoxa desossada, cozida em tradicional molho à base de vinho branco, cogumelos e tomates, servida com polenta - R$104) é um prato que combina perfeitamente com o almoço do fim de semana. Já quem optar por peixe, poderá pedir a Moqueca de Peixe e Camarão (moqueca com base de azeite de dendê, leite de coco e coentro, peixe e camarões - R$140), versão do Bobardí para o tradicional prato brasileiro.

Bobardí
Av. Munhoz da Rocha, 757 - Cabral 
Reservas: www.bobardi.com.br
Horário de funcionamento: de segunda a quinta das 19h às 23h30 / sexta das 19h à 00h30 / sábado das 12h às 15h30 e das 19h à 00h30 / domingo das 12h às 15h30 e das 19h às 22h30 
Estacionamento: valet conveniado
Formas de pagamento: dinheiro e todos os cartões de crédito e débito


Empreendedorismo - por Rodrigo Okener

Empreendedorismo - por Rodrigo Okener


Especial


Colunistas

Menu