Destaques

ads slot

Sobremesas e lanchinhos sem glúten e lactose - Cafeteria abre com proposta de atrair público celíaco e intolerante para um doce após o almoço ou um petisco no final da tarde





“O maior desejo das pessoas com restrições alimentares é se reunir com os amigos em algum lugar, pedir uma sobremesa ou comer um lanchinho a tarde, e não se sentir mal”, conta a empresária Flavia Retamal. A jovem, de 24 anos, é a proprietária da Lola Li, cafeteria que inaugura em Curitiba com a proposta de trazer ao público, em um cardápio enxuto, doces e salgados 100% livres do glúten e da proteína do leite.


“Se descobrir intolerante é muito mais do que adaptar a alimentação, pois a comida vai além do alimento pro corpo, ela desperta a memória afetiva de momentos bons que vivemos na infância, ou com amigos e família”, explica.


Foi aí que ela pensou com carinho no menu da Lola Li e buscou trazer para a casa tudo que sentia falta de comer quando se descobriu intolerante: o pão de queijo da casa da avó, o bolo do café da tarde com as amigas, a coxinha das festas infantis e as sobremesas gostosas dos almoços de domingo.



Para adoçar a vida após a refeição, as indicações são as sobremesas na taça: "cheese"cake vegana de frutas vermelhas, banoffe vegana, torta de limão, mousse de chocolate zero açúcar e bombom de morango zero açúcar. Os valores variam de R$13 a R$15. Além disso, quem quiser só adoçar um pouquinho a boca, pode pedir um (ou mais) brigadeiro (R$3 cada).



Para acompanhar um café ou um chá, as sugestões são bolinhos de avó. Entre as sugestões, estão o de chocolate com pêra sem açúcar (R$8); bolo de laranja caseiro sem açúcar ou bolo de limão caseiro vegano (R$5); além do bolo recheado do dia (R$12).



Nos salgados, há a opção de pão de queijo unidade ou porção (sem queijo, claro!); porção de mini-coxinhas de festa e porção de quibe. Os preços variam de R$2 a R$6,50.

Nas bebidas, soda italiana, chás, cafés com leite vegetal e sucos, além de uma opção de cerveja sem glúten, harmonizam bem com quaisquer pratos.


Todo o cardápio foi criado por Flavia, que já fazia  ovos de Páscoa, doces e bolos para encomendas, com a consultoria da nutricionista Mariane Rovedo. Os ingredientes usados na cozinha da Lola Li são escolhidos a dedo e os fornecedores precisam apresentar laudos para garantir a segurança do cliente: os leites vegetais (castanhas e amêndoas) são feitos na casa, e as farinhas usadas nos preparos são a de arroz, amêndoas, linhaça e grão de bico.


A Lola Li funciona de segunda a sexta, das 12h às 18h30 e aos finais de semana, das 13h às 18h, na Prudente de Moraes, 1225 – Centro.


Dados saúde



O Paraná está entre os cinco estados com mais celíacos do país, contando atualmente com 52 mil intolerantes ao glúten - sendo aproximadamente 35 mil somente na grande Curitiba. Já os intolerantes a lactose equivalem a 3,5 milhões de pessoas no Estado, ou seja, 36% da população acima dos 16 anos não pode consumir a proteína do leite, segundo o Datafolha.

A doença celíaca é uma doença autoimune desencadeada pela ingestão do glúten, uma proteína encontrada no trigo, aveia, cevada, centeio e seus derivados, provocando dificuldade do organismo de absorver os nutrientes dos alimentos, vitaminas, sais minerais e, inclusive, a água. Ao todo no Brasil, já somam-se um milhão de celíacos, segundo dados da Federação Nacional de Celíacos no Brasil (Fenacelbra).


A intolerância à lactose é a condição caracterizada pela dificuldade do organismo digerir (quebrar) e absorver o açúcar do leite (lactose) devido à diminuição ou ausência da lactase - a enzima responsável por digerir a lactose. Os sintomas são apenas intestinais, como diarreia, cólica, gases, distensão abdominal (barriga estufada), e podem ocorrer minutos ou horas após a ingestão do leite ou produto derivado

Já a alergia à proteína do leite é o fenômeno imunológico mais comum em crianças, especialmente em bebês, alérgicos ao leite de vaca. Consiste na formação de anticorpos que irão ativar determinadas células, liberando substâncias que provocam uma série de sintomas digestivos, a exemplo da intolerância à lactose. Além destes, porém, há também os sintomas cutâneos e respiratórios comuns às alergias, como vermelhidão, broncoespasmo e até choque anafilático.


Lola Li
Endereço: Rua Prudente de Moraes, 1225 – Centro
Horário de funcionamento: Segunda a sexta, das 12h às 18h30 / sábado e domingo, das 13h às 18h;
Telefone: (41) 3121-2882 / 99858-5734
Forma de pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito
Instagram: @lolalidoceria

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu