Destaques

ads slot

SOMA Galeria abre a exposição Transiente, de Angela Lima

Artista paranaense exibe obras em técnica mista de desenho e pintura, com curadoria de Fernando Cocchiarale


 


 Em 05 de maio (sábado), será aberta na SOMA Galeria a nova exposição de Angela Lima, artista paranaense que foi destaque na última edição da Bienal Internacional de Curitiba. A exposição recebe o nome Transiente, e apresentará obras em técnica mista de desenho e pintura, com curadoria de Fernando Cocchiarale, curador-chefe do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM-RJ. A abertura tem início às 10h, com entrada gratuita.

Nascida na Lapa (PR), Angela Lima vive e trabalha em Curitiba, onde iniciou carreira artística como designer de produtos. Sua obra reflete sobre os processos de construção da subjetividade. Com influência da fotografia e do cinema, a artista captura os instantes e os sedimentos da memória por meio dos quais o sujeito se (des)constitui. Usa elementos de sua história, como tecido e costura.

O processo de criação da artista acontece pela investigação de experiências. Meu ponto de partida é a escolha de imagens, seja em álbuns de família ou em gestos cotidianos, procurando rastrear o vivido” reflete Angela Lima. “Autoreflexão me parece necessário. Não à toa, sinto que as imagens me escolhem, e não o contrário. Neste sentido, percebo como a figura humana, de modo não intencional, está presente em quase todo o material, completa.


O apreço pelo corpo é uma característica sempre presente em sua obra, mesmo quando Angela Lima trabalhava como designer. Reencontrá-lo na arte foi emancipador. É o corpo meu ponto de partida e de chegada, o caminho que me leva à mulher. Regresso à figura, portanto, como quem regressa à origem inacessível, espaço de liberdade e de não esquecimento de si mesmo, argumenta.

Sobre o curador
Fernando Cocchiarale é artista, crítico, curador e professor de artes. Vive e trabalha no Rio de Janeiro, onde é curador-chefe do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM-RJ, onde fez mais de 100 curadorias. No período entre 1972 e 1974, estudou no MAM-RJ e participou de várias mostras, especialmente de vídeo, no Brasil e no exterior. Foi um dos primeiros artistas visuais a utilizar a fotografia no contexto das artes contemporânea. É graduado em Filosofia pela PUC do Rio de Janeiro e doutor em Tecnologias da Comunicação e Estética pela Escola de Comunicação da UFRJ. Trabalhou na Funarte, entre 1990 e 1998, como coordenador de artes visuais. Foi curador do Projeto Rumos Visuais do Itaú Cultural, de 1999 a 2000. Atua também como professor de artes na PUC-RJ desde 1978, e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde 1991.
 
Serviço:Transiente, exposição de Angela Lima
Abertura: 05 de maio, a partir das 10h
Período de exposição: de 07 de maio a 16 de junho de 2018
Horário de visitação: de terça a sexta-feira das 10h às 19h e sábado das 10h às 15h
Local: SOMA Galeria
Endereço: Rua Brigadeiro Franco, 2137, Centro (Curitiba, PR)
Telefone: (41) 99600-3733

Site: 
www.somagaleria.com
Entrada gratuita


Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu