Destaques

ads slot

Exposição gratuita aborda universo musical por meio de colagens

De 4 de junho a 30 de julho, a Biblioteca Central da Universidade Positivo (UP) recebe a mostra “A Nova Colagem”, do artista e músico Roberto Mattar. Com 14 peças que utilizam características das vanguardas cubista, construtivista, minimalista e geométrica, a exposição tem como tema o universo musical. A mostra é aberta ao público e funciona das 8h às 22h.


Como os títulos das séries de obras sugerem, “Estruturas Harmônicas”, “Paisagem Sonora”, “Melodias” e “Violões”, os trabalhos estabelecem um diálogo entre o visual e a música, desenvolvendo uma poética da paisagem do som. Segundo o artista, a materialidade do som e as formas, os tons e as cores, remetem à experiência da simultaneamente dos sentidos, de uma correspondência do visível e do audível. “Essa simultaneidade dos sentidos é algo presente na minha vida e obra. Proponho um reencontro visual com o som nessas novas séries de trabalhos”, conta Mattar.

Serviço
Exposição A Nova Colagem
Onde: Universidade Positivo - Câmpus Ecoville | Biblioteca Central (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 - Ecoville)
Quando: de 4 de junho a 30 de julho
Quanto: Entrada gratuita

Sobre o artista
Roberto Mattar é músico e artista visual natural de Maringá e residente de Curitiba. Seu interesse pelo desenho, forma e cor está presente desde cedo, pelo convívio e pelo trabalho junto ao pai, o artista plástico, escultor e muralista Zanzal Mattar. Junto dele realizou inúmeros trabalhos entre esculturas e murais espalhados pela cidade de Maringá, entre eles o mural Caravelas, no Clube Centro Português; o painel Ciclo, na Agência do Sicredi; e a escultura Deusa Themis, no átrio do Fórum de Maringá. Graduou-se em Violão Erudito, pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e lecionou violão, no Núcleo de Atividades Artísticas Marista, durante 10 anos. Ministrou oficinas culturais e aulas de violão em diversos projetos sociais e escolas de música de Maringá e região. Em 2004, formou a primeira Orquestra de Violões de crianças do Estado do Paraná. É membro fundador do Instituto Zanzal Mattar, onde realiza trabalhos como artista visual. Realizou inúmeros trabalhos entre painéis, pinturas, esculturas e troféus. É criador dos troféus “Prémio Jovem Empreendedor”, da Associação Comercial de Maringá, e Troféu 30 Anos do Sicredi. Tem obras em exposição permanente na Moldura Minuto. Em 2013, realizou a mostra “Aquarelas Curitiba”, no Memorial do TRE; em 2015, no Museu do Jardim Botânico de Curitiba; e, em 2017, no Restaurante Mezanino das Artes. Intitula seu trabalho como a Nova Colagem, técnica que passou a desenvolver a partir de 2012. Atualmente, mantém projetos no campo da música e das artes visuais.


Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu