Destaques

ads slot

Salão Curitibano de Artes Visuais distribui R$26 mil aos vencedores

Da esquerda para direita: Artista Lu Francco, Obras: Umbrella Selfie, On & Off, I'm On My Way; Artista Ricardo Marques; Obra: Blur, Old Knees, Sentidos.

Além do reconhecimento de ser um dos artistas vencedores do tradicional Salão Curitibano de Artes Visuais, que neste ano será realizado de 9 de outubro a 11 de novembro – e já está com inscrições abertas – outro atrativo é a premiação destinada às obras de maior destaque. A comissão de análise concederá três prêmios: Prêmio Domício Pedroso, no valor de R$ 10 mil; Prêmio Guido Viaro, de R$ 6 mil; e Prêmio Adalice Araújo, de R$ 4 mil. Também serão indicadas três menções honrosas destinadas exclusivamente a associados do Clube Curitibano, nos valores de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil. Ao todo, são R$26 mil em premiação aos vencedores.
 Artista Lu Bandeira, Obra: Fátima.

O período de inscrição de trabalhos está aberto e segue até 6 de julho, sendo que cada artista participante deverá, obrigatoriamente, apresentar três obras originais e de autoria própria nas categorias desenho, pintura, gravura, colagem, técnica mista, escultura, fotografia, instalação e multimídia. O regulamento com todas as normas e orientações pode ser acessado no Portal do Clube (www.clubecuritibano.com.br). A fase seguinte, de seleção das obras que participarão do Salão, está prevista para os dias 24, 25 e 26 de julho.
Criado em 1989, o Salão Curitibano de Artes Visuais tornou-se bienal a partir de sua 20ª edição, em 2008. A 25ª edição da mostra tem curadoria de Tânia Zaruch e é viabilizada através da Lei Rouanet (Lei de Incentivo à Cultura), com patrocínio das empresas Cataratas do Iguaçu e Caminhos do Paraná.

Crédito fotos de 2016: Gustavo Garrett

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu