Destaques

ads slot

Conheça o mestre relojoeiro que conquistou Casemiro e Faustão

Em apenas 7 anos, marca é reconhecida por peças personalizadas e cheias de história




Ele tem apenas 23 anos e já se tornou o designer de relógios de grandes nomes. Gabriel Schmitz costuma dizer que suas peças exclusivas e feitas a mão, num processo totalmente artesanal e personalizado, são capazes de unir o tempo e a arte. Em apenas alguns anos, seus relógios desfilam nos pulsos de Casemiro, Gabriel Jesus, Rafinha, jogador do Bayern de Munique, Patrick Nascimento (Internacional), Otávio Santos (Bordeaux), Rodrigo Pimpão (Botafogo), Rossetto (Atlético) e Dudu (Fluminense) e muitos outros.

A história do designer começou de forma despretensiosa, mas rapidamente se tornou uma paixão. Gabriel trabalhava numa joalheria em Curitiba, sua cidade natal, em uma função administrativa. Ao perceber seu interesse, o dono estimulou e entregou diversas peças para ajustes, montagens e troca de baterias de relógios. Com o tempo ele foi conhecendo fornecedores, estudando novos materiais e fez suas primeiras peças 100% autorais. Os relógios e pulseiras - a Schmitz tem também óculos - eram vendidos rapidamente para os familiares e grupos de amigos e, muitas vezes, Gabriel tirava seus relógios do pulso para vender. Em 2011, com o site no ar, nascia a Schmitz Watches, e as vendas passaram a acontecer também para outros estados.


O rápido reconhecimento do público veio não só do aspecto artesanal, mas da qualidade e precisão do maquinário - algo muito importante para os apreciadores e colecionadores - o uso de jóias e pedras preciosas, além dos materiais das pulseiras. Cada relógio é planejado de acordo com as preferências e o estilo do cliente, que é envolvido em todas as etapas do projeto para que a peças seja confeccionada exatamente como ele idealizou. Foi o que aconteceu com Gabriel Jesus. Com o objetivo de lembrar o futebol arte do jogador, o designer quis fazer  uma peça usando o azul do Manchester City (time de Jesus), tons de laranja, dourado e vermelho. As laterais da caixa e a pulseira foram trabalhadas a mão, para que a arte estivesse alinhado ao conceito. Dentro do relógio está o número 33, que ele usa no Manchester, com uma lâmina de ouro no marcador de hora. “Outra marca registrada é o sinal do Alô Mãe, que Gabriel Jesus faz sempre na comemoração dos gols.. Então eu escrevi essa frase no relógio e coloquei uma marcação na pulseira”, conta Schmitz.

Fausto Silva

Conhecido por usar relógios exclusivos e geralmente confeccionados por mestres relojoeiros, Fausto Silva tem o colecionismo como hobby. Em sua coleção estão três peças Schmitz Watches e Faustão apelidou Gabriel carinhosamente de “Rei do Relógio”. Para agradar o apresentador, Gabriel dedicou um tempo para observar seu figurino e as peças que ele utilizava. “Descobri que ele gostava de amarelo e sempre usava pulseiras de silicone. Foi assim que eu desenvolvi uma pulseira em couro, mas com estilo mais esportivo, muito parecido com o silicone. Para deixar ainda mais original, não usei costura na pulseira, e moldei com fogo”, conta Schmitz que colocou dentro do relógio os mesmos elementos da pulseira para dar a impressão de continuidade. A caixa tem alumínio e algumas partes de areia. O relógio fez tanto sucesso que o filho de Faustão acabou ficando com ele. Hoje, a pulseira de couro mais esportiva faz muito sucesso e se tornou uma das preferidas dos compradores. O segundo relógio tem a caixa preta e duas máquinas, uma mostrando hora e minuto e a outra para os segundos. Ainda na parte interna estão detalhes em amarelo - uma das cores preferidas do apresentador - e preto.

Já o terceiro relógio é todo dourado, com elementos em ouro. Para dar um significado à peça, Schmitz usou uma pena que estava guardada há muito tempo e que carrega um significado especial. “Após a citação do Faustão, minha marca deu um grande salto, como um vôo alto. Usar esse elemento no relógio foi a forma que encontrei para registrar o quanto sou grato pelo reconhecimento dele e o que isso me trouxe”, se emociona o designer, que ainda gravou a letra F na caixa do relógio.

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu