Destaques

ads slot

Ursinho Pooh e sua turma são destaques em Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível. FILMES, por Rudney Flores


Christopher Robin (Ewan McGregor) reencontra o Ursinho Pooh, com quem brincava quando criança.
Crédito: Divulgação/Disney


A turma do Ursinho Pooh (Puff para que tem mais de 30 anos no Brasil) retorna às telas em um filme live-action com Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível, uma das principais estreias da semana nos cinemas do Brasil. Criado em 1926 pelo escritor A. A. Milne, com base em um urso de pelúcia de seu filho, Christopher Robin Milne, Winnie-the-Pooh (nome original do personagem em inglês) foi adquirido pela Disney nos anos 1960, gerando histórias em quadrinhos e desenhos animados que marcaram a infância de várias gerações.

O filme do diretor Marc Foster – que contou na produção Em Busca da Terra do Nunca a história de James Barrie, criador de Peter Pan, outro personagem adquirido pela Disney – é centrado em Christopher Robin (Ewan McGregor, de Trainspotting 1 e 2), que quando garoto adorava brincar no jardim da casa dos pais com Pooh (voz no original de Jim Cummings, experiente dublador de animações), Tigrão, Leitão, Ió, entre outros animais criados por sua imaginação. Ele se separa da turminha quando vai para o internato. Depois, luta na 2ª Guerra Mundial quando jovem e, já adulto, trabalha numa empresa que fabrica malas em Londres.

Sempre preocupado com os afazeres do emprego, Robin negligencia a esposa Evelyn (Hayley Atwell, de Capitão América – O Primeiro Vingador) e a filha Madeline (Bronte Carmichael). Tudo muda quando reencontra Pooh perdido na ruas da capital britânica, pedindo ajuda para reencontrar os amigos.

Segue-se uma fábula moral com situações até clichês, principalmente sobre os sentimentos e valores da infância que muitas vezes abandonamos quando nos tornamos adultos. Mas Foster embala esses temas em um filme cativante, que emociona principalmente ao investir na hoje quase anacrônica inocência dos personagens criados por A. A. Milne. Cotação: Bom.

Trailer de Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível:



O protetor Denzel

Marcado por diversos papeis engajados, o astro Denzel Washington também tem no currículo também vários filmes de ação, nos quais interpreta personagens muitos vezes violentos. É o caso de O Protetor 2, uma das estreias da semana nos cinemas brasileiros, no qual retoma o papel do justiceiro Robert McCall. É uma nova parceria com o diretor Antonie Fuqua, que o comandou n'O Protetor original e também em Dia de Treinamento, produção que valeu a Denzel o Oscar de melhor ator em 2002.

No primeiro filme da série, McCall, homem misterioso, se envolvia violentamente com a máfia russa para salvar uma jovem prostituta. Na sequência da história, ele continua a ajudar desconhecidos que sofrem violência, mas vê Susan (Melissa Leo, Oscar de melhor atriz coadjuvante por O Vencedor), sua melhor amiga, ser assassinada. Ele vai atrás dos responsáveis pela morte e novamente se vê envolvido com uma grande organização criminosa.

Trailer de O Protetor 2:



Cinema nacional

Patrícia Pillar (Zuzu Angel) é o principal nome do elenco de Unicórnio, novo filme de Eduardo Nunes (Sudoeste), baseado livremente em contos da escritora Hilda Hilst. A produção faz parte do projeto Sessão Vitrine Petrobrás e está estreando no circuito da Fundação Cultural de Curitiba, na Cinemateca e no Cine Guarani.

Na história, Pillar vive a mãe da personagem central Maria (a novata Bárbara Luz). Ambas aguardam na fazenda a volta do pai (Zécarlos Machado, de A Casa de Alice). Durante o período de espera, um viajante (Lee Taylor, de Paraíso Perdido) visita a família e se envolve com a mãe, o que muda sua relação com Maria.

Trailer de Unicórnio:



Um dos maiores cientistas políticos brasileiros, Hélio Jaguaribe é tema do documentário Tudo É Irrelevante, em cartaz apenas no Espaço Itaú. O filme é dirigido sua filha, Izabel Jaguaribe (do ótimo documentário Paulinho da Viola – Meu Tempo É Hoje), em parceria com Ernesto Baldan, e traz depoimentos de Hélio sobre capitalismo, o desenvolvimento do Brasil e a integração da América Latina. A atriz Fernanda Montenegro faz leituras de textos de Jaguaribe.
Trailer Tudo É Irrelevante, Hélio Jaguaribe:



Franceses

Duas produções francesas estreiam esta semana no Cineplex Batel e no Espaço Itaú. O ator e diretor Daniel Auteuil (Caché) apresenta a comédia A Outra Mulher, estrelada por ele próprio e Gérard Depardieu (As Aventuras de Pi).

Na produção, Daniel (Auteil) é casado com Isabelle (Sandrine Kiberlain, de Uma Juíza sem Juízo) e tem como melhor amigo Patrick (Depardieu), que vive trocando de namorada. Eles marcam um jantar e Patrick leva sua nova companheira, a jovem Emma (Adriana Ugarte, de Julieta), com quem Daniel fica fantasiando diversas situações românticas.

Trailer de A Outra Mulher:



A produção de época Troca de Rainhas, do diretor Marc Dugain, apresenta bastidores do poder na França, no início do século 18. Regente do governo francês, Felipe de Orléans (Oliveir Gourmet, de O Filho) decide realizar uma aproximação com a vizinha Espanha do rei Felipe V (Lambert Wilson, de Homens e Deuses), depois de anos de conflitos.

Para isso, arma uma troca de casamentos entre o futuro rei Luís XV, de apenas 11 anos, com a princesa espanhola Anna Maria Victoria, de apenas 4 anos. Ao mesmo tempo, Orléans também acerta a união de sua filha, Louise-Elizabeth, com o príncipe das Astúrias e futuro rei da Espanha.

Trailer de Troca de Rainhas:



Outras estreias

A ficção Mentes Sombrias, da diretora Jennifer Yuh Nelson (Kung-Fu Panda 2 e 3), retrata um mundo distópico, onde a maioria das crianças e adolescentes dos Estados Unidos foi morta por uma doença misteriosa. Os jovens que sobreviveram desenvolveram grandes poderes sobrenaturais e são mantidos em campos de concentração, sob custódia do governo.

A garota Ruby (Amandla Stenberg, de Tudo e Todas as Coisas) consegue escapar do confinamento e se alia ao grupo liderado por Olly (Nick Robinson, de Com Amor, Simon) para tentar viver livremente e libertar outros jovens poderosos como eles.

Trailer de Mentes Sombrias:



Estreando apenas na rede UCI (Estação e Palladium), o terror Medo Viral, dos diretores Abel e Burlee Vang, apresenta uma entidade que ataca suas vítimas através de um aplicativo de celular. Ao baixar o programa, jovens se veem perseguidos pelo ser sobrenatural, que investe nos medos específico de cada um.

Trailer de Medo Viral:


 ___

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu