Destaques

ads slot

POPULAÇÃO PODERÁ CONTAR COM APLICATIVO PARA RECUPERAR CARROS ROUBADOS


Startup curitibana lançará aplicativo em breve

         A startup curitibana Recuperei! lançará em breve aplicativo que se propõe a auxiliar na recuperação de veículos furtados e roubados. O objetivo da ferramenta é servir de instrumento para que os cidadãos que tiverem seus veículos furtados ou roubados em Curitiba e região possam se cadastrar no aplicativo com o intuito de recuperá-lo. “Inicialmente colocaremos a nossa landing page com as informações sobre o programa. Através do aplicativo as pessoas que tiveram o veículo furtado poderão cadastrar rapidamente as informações sobre o furto, como o modelo do veículo, marca, cor, ano, local onde ocorreu o furto, hora, condutor do veículo (Homem/Mulher) e as características do veículo, como avarias, adesivos, etc”, comenta Vinicius.
            A ideia do aplicativo Recuperei! é integrar os usuários e criar um rede que auxilie na recuperação do veículos. A ferramenta terá um espaço reservado para que o usuário que localizar o veículo furtado possa compartilhar a localização e a foto do veículo. “Pessoas que tenham suspeita sobre o veículo poderão consultar pelo aplicativo se o veículo tem ou não aviso de roubo e, caso haja aviso de roubo, abrirá um tela, na qual o usuário irá fotografar o veículo e compartilhar a localização”, explica. “Essa informação será enviada para a polícia, que irá designar uma viatura para verificar a informação. Caso o veículo identificado seja localizado, ele será recuperado; em caso de negativa, a informação será alimentada no sistema. A ferramenta também conta com a opção de será disponibilizar um guincho, caso seja necessário.”
            "Se a informação fornecida for útil para a recuperação do veículo, o usuário que colaborou receberá uma recompensa em dinheiro”, conta Vinicius, que salienta: “Ao cadastrar o veículo roubado no sistema, será cobrado uma taxa. Se em 30 dias o veículo não for encontrado, nós devolveremos o valor investido, descontando uma pequena parte que se destina a cobrir os custos de operação. É preciso lembrar, também, que o Recuperei! não se responsabiliza pelo estado do veículo, apenas por informações sobre o processo de recuperação do bem”, conclui.

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu