Destaques

ads slot

Produtores rurais promovem evento para discutir a cultura do lúpulo no país



O mercado da cerveja no Brasil sempre esteve em alta. Com o aumento recente das opções artesanais muita gente começou a se interessar não só pelo que bebe, mas também em aprender a fazer a própria cerveja. Com isso, surgiram várias micro cervejarias e “paneleiros” o que resultou no aumento também do consumo de insumos básicos para a produção da cerveja como o malte e lúpulo.
Como praticamente todo do lúpulo utilizado no país é importado, produtores rurais viram uma oportunidade de entrar nesse mercado.
“Hoje o Brasil importa 100 milhões de dólares em lúpulo sendo 50% para produção de cerveja e 50% para o mercado farmacêutico. Acreditamos que podemos participar desse mercado produzindo lúpulo dentro do país”, disse o biólogo Leonel Anderman, do Viveiro Porto Amazonas (VPA), único detentor de variedades de lúpulos no Registro Nacional do Ministério da Agricultura.
Para ajudar a fomentar a discussão em torno do tema, em parceria com a Aprolupulo - Associação dos Produtores de Lúpulo do Brasil, o VPA promove no dia 6 de outubro, o 1º Dia de Campo de Cultivo de Lúpulo no Brasil.
“O evento é uma novidade na agricultura brasileira e vai mostrar as novas tecnologias que estão sendo introduzidas para o cultivo do lúpulo, assim como as tendências para essa nova cultura no Brasil”, explica Anderman.

Local: Viveiro Porto Amazonas em sua sede na Estrada da nova Restinga Km 5 município de Porto Amazonas Paraná há 80 quilômetros de Curitiba.
Inscrição: 5kg de alimentos que serão doados a uma instituição de caridade. (Pode ser feita na hora)

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu