Destaques

ads slot

J.K Rowling apresenta novo capítulo da franquia Animais Fantásticos. FILMES, por Rudney Flores


Johnny Depp vive o vilão Grindelwald, mais um personagem estiloso e estranho em sua carreira.
Crédito da foto: Divulgação/Warner

Após o sucesso literário e no cinema da série Harry Potter, a autora J.K Rowling não conseguiu ficar muito tempo longe do universo de magia que criou. Em 2016, cinco anos após o fim da saga Potter, a agora roteirista apresentou o interessante Animais Fantásticos e Onde Habitam, que situava seus bruxos na década de 1920 e prenunciava uma nova franquia de cinco filmes.

Animais Fantásticos – Os Crimes de Grindelwald, principal estreia da semana nos cinemas brasileiros, é a segunda produção da série e dá sequência às aventuras do personagem Newt Scamander (Eddir Redmayne, Oscar de melhor ator por A Teoria de Tudo), bruxo que tem o poder de controlar os tais animais fantásticos.

Mas Scamander acaba sendo apenas um coadjuvante na nova trama, novamente dirigida por David Yates – que comandou os últimos quatro filmes Harry Potter e deverá ser o responsável por todos Animais Fantásticos. Tudo começa com a fuga do vilão Grindelwald (Johnny Depp, vivendo mais um personagem estiloso e estranho) da prisão em Nova York para Paris. Sua intenção é reunir o maior número possível de bruxos para tomar o poder do mundo, dominando os humanos normais.

O ainda jovem Albus Dumbledore (Jude Law) envia Scamander para enfrentar Grindelwald, pois revela não poder encarar o poderoso oponente – uma questão que vai desvendar a sexualidade do famoso personagem da série Harry Potter. Ao lado dos amigos do primeiro filme, o bruxo exitante parte para tentar prender o líder da conspiração.

Os Crimes de Grindelwald destaca as sempre ótimas e muito bem realizadas sequências de magia e encanto do universo imaginado por Rowling, mas tudo acaba ficando cansativo e enfadonho em um roteiro que anda em círculos. Como uma partida lenta de xadrez, a trama traz poucos movimentos para a história geral e apenas apresenta algumas novas caras – como o jovem bruxo Credence Barebone (Ezra Miller, de As Vantagens de Ser Invisível) –, posicionando-as para as três produções seguintes, que deverão ser lançadas a cada dois anos, até 2024. Não há evolução dos personagens e o filme torna-se agradável apenas para fãs da obra da escritora/roteirista.

Com o segundo capítulo, a franquia Animais Fantásticos parece trilhar o caminho de outra série de fantasia, O Hobbit, cuja curta trama em livro foi estendida em três intermináveis produções. A intenção é a mesma e comum em Hollywood: porque fazer uma história enxuta e concisa se há como esticar tudo ao máximo e lucrar com diversos filmes? Há sempre muito espectadores dispostos a bancar a experiência. Cotação: Regular.

Trailer de Animais Fantásticos – Os Crimes de Grindelwald:


Rock na Rússia

Ainda muito ouvido, mas perdendo cada vez mais relevância no mundo musical dos tempos atuais, o rock é tema principal da produção russa Verão, do diretor Kirill Serebrennikov, selecionada para a mostra oficial do Festival de Cannes deste ano.

Ambientado no início dos 1980, o filme apresenta uma espécie de cinebiografia de dois dos pioneiros do rock na Rússia, que ainda fazia parte da União Soviética na época: o então jovem Viktor Tsoi (Teo Yoo), que formaria a famosa banda Kino, e seu mentor Mike Naumenko (o músico Roman Bilyk), artista mais experiente e formador do grupo Zoopark. Os roqueiros russos tentavam sobreviver e criar a sua arte em meio às restrições do fechado regime soviético, que controlava sempre a produção local e via no gênero musical uma forma de invasão da sempre temida influência ocidental, principalmente norte-americana.

Com uma destacada fotografia em preto e branco, Verão não tem roteiro muito estruturado e apenas elenca apresentações, gravações e conversas conceituais entre os dois artistas protagonistas. Há um arremedo de triângulo amoroso com a presença de Natasha (Irina Starshenbaum), esposa de Mike que demonstra um certo interesse em Viktor, mas as relações pouco evoluem.

O foco é mesmo a música, que rende boas sequências de shows e interessantes e estilosas intervenções não-realistas, cheias de grafismos e com pessoas comuns cantando clássicos do rock como “Psycho Killer”, do Talking Heads, e “The Passenger”, de Iggy Pop. Coincidentemente, tanto Viktor como Mike morreriam cedo – o líder da Kino, em 1990, em um acidente de carro, aos 28 anos, e o cantor da Zoopark, em 1991, aos 36 anos, de hemorragia cerebral, após um acidente doméstico. Cotação: Bom.

Trailer de Verão:


Nacionais

A cena musical de rock da capital paranaense é tema do documentário Uma Fina Camada de Gelo, de Vinicius Teixeira, que estreia na Cinemateca de Curitiba. Através de entrevistas com músicos e jornalistas, o diretor relembra as primeiras bandas formadas nos anos 1970 e apresenta o trabalho desenvolvido pelos músicos da cidade nas décadas seguintes.

Trailer de Uma Fina Camada de Gelo:


No início da década de 1990, por conta da desvalorização da moeda brasileira, os argentinos invadiam as praias de Florianópolis todos os anos, durante o verão. Um recorte sobre essa época é apresentado na comédia Sueño Florianópolis, uma coprodução Brasil-Argentina comandada pela diretora portenha Ana Katz, destaque do projeto Sessão Vitrine Petrobrás.

Na história, o casal argentino Pedro (Gustavo Garzón, de O Cidadão Ilustre) e Lucrécia (Mercedes Morán, de O Pântano) chega à capital catarinense para mais um veraneio, e conhecem os brasileiros Marco (Marco Ricca, de O Invasor) e Larissa (Andrea Beltrão, de Chatô – O Rei do Brasil), com quem acabam se envolvendo. O filme estreia no Cine Guarani.

Trailer de Sueño Florianópolis:


Outras estreias

O filme francês Um Segredo em Paris conta a história de Mavie (Lolita Chammah), que se muda para Paris para se tornar escritora. Apesar de estar morando onde sempre sonhou, ela se sente sozinha e estranha na grande cidade. Tudo muda quando consegue emprego na livraria do aparentemente pacato senhor George (Jean Sorel, de A Bela da Tarde). Com o tempo, a moça percebe que o homem esconde diversos segredos e uma nova relação se inicia entre eles. O filme tem sessões no Espaço Itaú e no Cineplex Batel.

Trailer de Um Segredo em Paris:


O novo filme de temática cristã a estrear no Brasil é Entrevista com Deus, que destaca no elenco o ator David Strathairn, já indicado ao Oscar de melhor ator pelo ótimo Boa Noite e Boa Sorte. Ele interpreta um homem que diz ser Deus ao jornalista Paul (Brenton Thwaites, de Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar), prometendo a ele uma entrevista na qual irá responder qualquer pergunta que faça.

A matéria seria exatamente o que ambicioso repórter precisa para finalmente conseguir ter sucesso na carreira, mas o encontro com o misterioso homem vai mexer com todas as suas certezas e fé.

Trailer de Entrevista com Deus:

_


Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu