Destaques

ads slot

Micapullo comemora 3 anos com encontro craft




Armarinho criativo do Alto da XV vai receber convidados no jardim para tarde cheia de atividades criativas e diversão

Esqueça a visão que você tem da tricoteira ou crocheteira tradicional. A essa imagem, cada vez mais, um exército de pessoas de todas as idades empunhando agulhas está se juntando em grupos de bordado e tricô, inscrevendo-se em aulas e aproveitando as recompensas do renascimento do feito à mão. A Micapullo, armarinho curitibano que nasceu para compartilhar cores e criatividade, está completando 3 anos e irá celebrar no sábado, dia 8 de dezembro, com uma programação repleta de atividades em seu jardim.

Instalada numa simpática casa no Alto da XV, a Micapulo vai reunir clientes e amigos para compartilhar comidinhas, chopp, flash tatoo, exposição de bordados de alunos, roda de samba e muito mais. A programação tem início com sessão de autógrafos com a convidada especial Molla Mills, crocheteira finlandesa, autora do livro “Crochê Moderno”(editado no Brasil), que veio à Curitiba para oficinas a convite da Micapullo. Um grupo está convidado para participar do yarn bombing, um crochê colorido feito coletivamente para a árvore da rua.

Criado pela jovem empresária Leticia Segalla, a Micapullo é uma loja de armarinhos voltada para o artesanato contemporâneo, aliado ao design e ao compartilhamento de ideias. A curadoria de produtos traz itens importados, ergonômicos, alguns autorais e de origem natural. Além das principais tendências do mercado em artigos para crochê, tricô, bordado e outras atividades manuais, no local é possível participar de aulas regulares e conhecer pessoas que desenvolvem suas habilidades em grupo. “Numa época tão virtualmente conectada, dar uma pausa fazendo uma atividade manual é necessário quase meditativo. Sem contar que é gratificante produzir algo com as próprias mãos. As pessoas ficam felizes e orgulhosas”, observa Leticia.

A Micapullo se encaixa em uma tendência mundial, que conquista mulheres e homens cada vez mais jovens. No Reino Unido uma pesquisa recente aponta um aumento de 12% em mulheres que fazem algum tipo de trabalho manual - crochê, tricê, bordado - como hobby nos últimos dois anos, enquanto 17% dos homens entre os 16 e os 24 anos disseram que gostam de experimentar um destes passatempos.  O surgimento de plataformas como Pinterest, Instagram e YouTube criou vastas comunidades virtuais de artesãos compartilhando tutoriais, ideias e inspirações. “Usamos muito as redes sociais para divulgar e trocar informações com nossos clientes e estabelecer novos contatos não só em Curitiba como fora daqui”, conta a empresária.

Além de ponto de compartilhamento, aprendizagem e produtos de armarinhos, o Micapullo estimula as boas práticas. Os artigos vendidos são entregues em sacolas de papel reaproveitadas, doadas pelos próprios clientes. Um selo especial informa o reuso, independente da marca estampada, toda sacola é reutilizada.


Programação 8 de dezembro

14h abertura
14h10 Sessão de autógrafos com Molla Mills
14h10 Bate-Papo Entre NósDesenrolando o Artesanato  (desmistificando o artesanato, superação e autoconhecimento através dele) Com Kamilla Domingues (Projeto/Marca Com Agulha com Afeto), Andressa Lopes (Marca Amora Amorinha) e Estefania Lima (Projeto Fios e Ritos)
15h crochê colaborativo – Yarn Bombing, crochê nas árvores, conduzido por Isis Kranz (marca Papillon Feito à Mão) e Andressa Lopes (Amora Amorinha)

15h bordado colaborativo – Yarn Bombing, Maxi Bordado, conduzido por Luan Valloto
16h Desfile com peças de tricô #Micamakers (alunos da loja), conduzido pela professora Iris Alessi (marca Flor de Iris)
16h30 Música ao vivo, trio de samba no jardim com Jay Ferreira.
18h Início dos sorteios
19h encerramento

Em paralelo:
Flash tattoo com Monteiro
Exposição de bordados #Micamakers (alunos da loja), com curadoria da professora Kamilla Domingues.
Comes por Hannah em Casa
Chopp Artesanal local.

Sobre os participantes:
Andressa Lopes
Aprendeu crochê com a mãe na infância e resolveu retomar a técnica mais tarde,  quando reconheceu que suas mãos definitivamente eram o seu maior instrumento terapêutico. Criou a Amora Amorinha, onde faz peças utilizando diversas técnicas e hoje ela compartilha seus aprendizados e conhecimentos com quem também busca essa conexão ou apenas quer criar coisas palpáveis.”
Estefania Lima
Estefania Lima é comunicadora social, mestre em ciências médicas e especialista em comunicação para causas. Autora do projeto Fios e Ritos, encontrou nas artes manuais têxteis uma forma de expressão, autoconsciência e terapia.
Iris Alessi
Comunicativa, inquieta, curiosa e persistente, as mesmas características que a levaram a um bacharelado em Jornalismo, também a fizeram uma profissional na área têxtil. Atua como professora de tricô na Micapullo, e designer de projetos de tricô na marca Flor de Iris, seu objetivo é espalhar conhecimento, descobertas e sua paixão pela arte milenar das agulhas.
Isis Kranz
Designer da marca Papillon Feito à Mão. Cria receitas e projetos de decoração em crochê, maxi-crochê e i.cord. Professora no Armarinho Micapullo)
Jay Ferreira
Cantora, curitibana e pesquisadora de sambas. Jay Ferreira integra-se ao cenário musical em diversos projetos musicais que perpassam pelo samba, partido alto e música popular brasileira. Atualmente faz parte dos grupos Quebrada do Samba, que interpreta sambas de Cartola, Noel Rosa, Nelson Cavaquinho, passando por clássicos da década de 20 até os atuais.  Grupo de MPB da UFPR, sob a regência do maestro Vicente Ribeiro. E também seu projeto solo chamado “O Canto das Yabás”, que é dedicado as orixás femininas, com os músicos Jonas Lopes, no violão e Ricardo Salmazo, na percussão.
Kamilla Domingues
Designer da marca Com agulha com afeto. Trabalha com bordados à mão e técnicas mistas de aquarela e tipografia. Utiliza o bordado como meio de expressão, evidenciando o lado político e social por trás da técnica manual. Professora no Armarinho Micapullo)
Luan Valloto
Designer conhecido por atuar com a ressignificação das técnicas manuais antigas em produtos contemporâneos com forte expressão autoral.  Desde suas primeiras criações, percebe-se a extensa pesquisa de materiais naturais unidas ao design para a sensorialidade, impulsionando os sentidos e experiências estéticas.

Serviço
MicaYarnBombing
Micapulo - Rua Marechal Deodoro, 1.864, Alto da XV
Das 14 às 19 horas
Entrada gratuita

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu