Destaques

ads slot

Um caminhão de pães especiais

Única em Curitiba, A Padaria Chegou entrega pães artesanais dentro de condomínios e empresas, em horários pré - agendados. São mais de 20 tipos, entre doces e salgados


Que tal receber pães artesanais, sem conservantes e fresquinhos, dentro do seu condomínio ou empresa? É exatamente isso que A Padaria Chegou oferece aos curitibanos, em um serviço inédito na cidade: um caminhão cheio de pães que vai até seu condomínio em horário pré-agendado. Praticidade e produtos de encher os olhos, que dão água na boca e reafirmam a satisfação de comer bem.   
Pães & baguetes, bolos & cookies, além de queijos, curados e meia cura, de produtores paranaenses e mineiros, e dos embutidos da Salumeria Monte Belo, de Quatro Barras na Região Metropolitana de Curitiba, fazem a alegria dos paladares mais exigentes e estimulam o hábito saudável de saber de onde vem o que é consumido.
Além do caminhão na porta da casa do cliente, A Padaria Chegou atende também em endereço fixo, no bairro Campo Comprido, em um espaço simpático e aconchegante onde o cliente pode acompanhar os padeiros fazendo os pães. São em torno de 20 tipos de pães produzidos com fermentação natural. Opções que vão deste os tradicionais baguetes e multicereais, passando por pães étnicos como o Challah (pão judaico trançado) até pães especiais - a cada dia um diferente, como o de chocolate, o folar e a focaccia de funghi.  
O dono da ideia, Marcelo França, já era músico quando, em 1998, decidiu fazer um curso de cozinheiro. A ideia era ter uma profissão - ou duas, no caso – com a qual ele pudesse trabalhar em qualquer lugar. E foi assim que o músico morou em vários lugares do Brasil antes de retornar a Curitiba e apostar todas as suas fichas na fábrica de pães artesanais que leva uma variedade diferente de guloseimas, literalmente, até a porta da casa do freguês.  
Tudo começou com o caminhão, em maio de 2017, com Marcelo produzindo, sozinho ainda, na cozinha de sua casa. A boa nova correu veloz e a procura animou França que decidiu investir para montar também sua acolhedora padaria, inaugurada em outubro passado.
A rotina é pesada – e mudou a vida do músico, que agora ouve o silêncio da madrugada e não mais o som dos instrumentos. A despeito do dia que começa ainda de noite, basta uma conversa rápida com Marcelo para perceber a satisfação e que os planos são de expansão. “Pão artesanal dá bastante trabalho, arrumar uma loja para um bom atendimento também é uma trabalheira, mas é bem claro que o mercado comporta mais caminhões é o que planejamos”, adianta ele, que não raras vezes vê o sol raiar cuidando dos preparos e fermentações que são a garantia da qualidade dos produtos.
A trupe de França nesta empreitada conta com outros dois músicos que também trocaram os instrumentos pelas farinhas e grãos e duas refugiadas haitianas, que além de aprender uma nova profissão estão ganhando aulas de português. “Mão de obra de panificação é escassa e já que teria que ensinar alguém optei por ensinar essas pessoas que estão fragilizadas pela distância de seu país e familiares e que precisam de trabalho e apoio”, conta.
Serviço:
A Padaria Chegou (R. José Izidoro Biazetto, 848, Campo Comprido)
Informações: (41) 98705-9085

Siga A Padaria Chegou:
Instagram - @apadariachegou

Instagram @curitibaemdestaque


Curitiba em Destaque

Colunistas

Menu