Destaques

ads slot

Franquia Transformers ganha reboot com Bumblebee. FILMES, por Rudney Flores

Charlie (Haille Steinfeld) cria um grande elo emocional com o robô Bumblebee.
Crédito da foto: Divulgação/Paramount Pictures


Esgotada em ideias após cinco longas-metragens, a franquia Transformers recebe uma espécie de reboot com Bumblebee, programado para estrear nas salas de cinema do Brasil no dia de Natal. Dirigido por Travis Knight – estreando em uma grande produção de Hollywood após a ótima animação Kubo e as Cordas Mágicas –, o filme traz o personagem mais querido do universo dos robôs espaciais em uma aventura ambientada nos fins dos anos 1980.

A trama revela que Bumblebee veio para a Terra em 1987, após fugir do eterno conflito entre os Autobots (robôs do bem) e Decepticons (do mal) no planeta Cybertron. Enviado pelo líder Optimus Prime, o robô amarelo enfrenta alguns problemas ao chegar ao planeta azul, perde a memória e acaba se refugiando em um ferro velho, disfarçado como um fusca. Ele é achado por Charlie – Haille Steinfeld, jovem atriz revelada na refilmagem Bravura Indômita, que lhe valeu uma precoce indicação a melhor atriz coadjuvante –, moça prestes a completar 18 anos e que decide reformá-lo.

A parte interessante e bem realizada do filme é o elo sentimental criado entre Charlie e Bumblebee. O robô amarelo é apresentado com grande expressividade, principalmente pelo olhar que lembra o do robozinho Wall-E – assim como o personagem da bela animação homônima da Pixar, Bee também se apaixona por um filme que vê em vídeo, no caso, o clássico adolescente O Clube dos Cinco, de John Hughes, que tem como música principal “Don't You (Forget About Me)”, do Simple Minds. Este é um dos vários sucessos dos anos 1980 da boa trilha sonora do novo filme, que destaca ainda The Smiths (“Bigmouth Strikes Again”, “Girlfriend In A Coma”), Tears For Fears (“Everybody Wants To Rule The World”), A-Ha (“Take on Me”), Duran Duran (“Save a Prayer”), entre outros artistas da época.

Há ainda muito humor em Bumblebee, com o extraterrestre em vários momentos mais parecendo um bicho de estimação da parceira humana. O restante da história, como sempre, não tem nada de realista e faz pouco sentido, apresentando as inevitáveis batalhas entre Autobots e Decepticons, pois, além de puro entretenimento nas telas, Transformers foi criado especialmente para vender brinquedos. Cotação: Bom.

Trailer de Bumblebee:


Mary Poppins

A Disney resgata um dos seus maiores clássicos no musical O Retorno de Mary Poppins, filme dirigido por Rob Marshall, responsável por Chicago, vencedor de seis Oscars. Emily Blunt – que está em um grande ano, tendo protagonizado também o ótimo suspense Um Lugar Silencioso – assume o personagem central, papel que marcou a carreira da atriz Julie Andrews.

Na nova aventura, Mary Poppins – criada pela escritora Pamela Lyndon Traver – retorna para ajudar os agora adultos irmãos Michael (Ben Whishaw, de Perfume – A História de um Assassino) e Jane Banks (Emily Mortimer, da série televisiva The Newsroom), que passam por problemas financeiros e precisam enfrentar o vilão banqueiro Wilkins (Colin Firth, Oscar de melhor ator por O Discurso do Rei).

O filme conta com participações especiais da onipresente Meryl Streep e de Dike Van Dyke, que viveu Bert, grande amigo de Mary Poppins no filme original.

Trailer de O Retorno de Mary Poppins:


Outras estreias

Programada para o dia 25, a comédia Minha Vida em Marte reúne novamente os atores Paulo Gustavo e Mônica Martelli, sucesso de público nas telas em filmes como Minha Mãe É uma Peça e Os Homens São de Marte... E É para Lá Que Eu Vou.

Na produção comandada por Susana Garcia (estreante na direção de cinema), Martelli é Fernanda, que está em crise no casamento com Tom (Marcos Palmeira, de E Aí... Comeu?). Ela conta com a ajuda do sócio Aníbal (Gustavo) para tentar superar o momento difícil na vida e decidir se continua unida ao marido ou não.

Trailer de Minha Vida em Marte:


Também com estreia no dia de Natal, o filme italiano Emma e as Cores da Vida, de Silvio Soldini (Pão e Tulipas), traz a história do conquistador Teo (Adriano Giannini, que teve o início de carreira marcado pelo péssimo Destino Insólito, filme de Guy Ritchie com a então esposa Madonna), que mantém relacionamento com várias mulheres.

Tudo muda quando o publicitário conhece a terapeuta cega Emma (Valeria Golino, de Rain Man), que o envolve em uma relação mais próxima do que esperava. A produção chega apenas ao Espaço Itaú.

Trailer de Emma e as Cores da Vida:


_

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades

Visualizações do portal no mês passado


Curitiba em Destaque


Menu