Destaques

ads slot

Estudo inédito aponta áreas de inovação global com potencial para novos negócios em energia


Pesquisa será apresentada com exclusividade para executivos brasileiros em seminário internacional realizado em Austin, nos Estados Unidos


Megatendências do setor de energia e novas iniciativas disruptivas serão apresentadas pela primeira vez no seminário internacional realizado na Colina do Silício, na cidade de Austin, polo de tecnologia do Texas (EUA). São inovações de áreas de negócio apontadas no inédito estudo “PowerChain BlockChain – Utility Industry Oportunity” que mapeou potenciais modelos de negócios voltados ao mercado energético. Durante o último ano, pesquisadores da norte-americana Governance Chain identificaram startups de energia a partir da visão de grandes áreas e suas oportunidades transformadoras para o setor. A pesquisa avaliou detalhadamente iniciativas de mais 50 empresas espalhadas pelo mundo.

O pesquisa mensurou principalmente o potencial de novas tecnologias de inovação em áreas como inteligência artificial, internet das coisas (IoT, sigla em inglês), processamento na nuvem, e BlockChain, todos fomentados para inovação do mercado de produção, distribuição e comercialização de energia. O seminário internacional é destinado aos executivos brasileiros do setor de energia que buscam inovação para o mercado nacional. O evento irá reunir especialistas de novas tecnologias, startup e líderes de projetos inovadores do setor para apresentar as megatendências do globo, além de ser uma oportunidade para networking.

O estudo mapeou as principais inciativas da área de energia em todos os continentes e identificou as tendências para gerar negócios disruptivos. A Governance Chain analisou minuciosamente cada um dos projetos para definir as áreas inovadoras para possíveis aplicações destas novas tecnologias. O evento é continuidade de pesquisa que será apresentada pela primeira vez para executivos brasileiros.

O seminário internacional tem como propósito fornecer o conteúdo para gerar negócios inovadores a partir de práticas que tornarão o mercado de energia do Brasil mais competitivo. “O cenário norte-americano, principal laboratório mundial de novas tecnologias, possa por um processo avançado em negócios e principalmente na fundação de novos projetos. Nos Estados Unidos, o processo é bastante competitivo e já é realidade. O objetivo é estimular a transformação do setor elétrico brasileiro nos próximos anos ao adotar as megatendências mundiais”, explica Luiz Thome, CEO da Governance Chain.

 O evento acontece dias 24 a 25 de março e as inscrições estão abertas no site: http://www.futuri9.com/inscricao. Além da apresentação do estudo, o seminário contará com palestra sobre energias renováveis e BlockChain, por James Duchenne, co-fundador da companhia Volt Market, empresa que atua na desintermediação do mercado tradicional de energia; Sten Huan, mestre em Computer Applications e Business Administration, fundador da Kiwi New Energy, empresa baseada na tecnologia de Block Chain que oferece conexões entre investidores globais e projetos de energia solar. Sten apresentará a revolução inteligente do setor de energia; todas no dia 24.

Já no dia 25 de março, os palestrantes serão Evan Caron, co-fundador da Switch.IO, empresa de tecnologia BlockChain que rastreia o impacto das emissões de CO2 e recompensa a partir de ações sustentáveis; Claudio Fayada, vice-presidente da Emerson Automation Solutions, que fala sobre o sistema de controle distribuídos; Mark Morris, profissional com atuação em companhias como IBM, Sun Microsytems, Epicor, LCRA e amplo conhecimento em integração de sistemas, software de design, criptografia, cyber-segurança e Block Chain; e Marcos de Lacerda Pessoa, pós-doutor em engenharia pelo MIT e fundador do centro de apoio à inovação futuri9.com e da aceleradora de projetos de energia Octane, que fala sobre oportunidades de negócios inovadores em energia.

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades

Visualizações do portal no mês passado


Curitiba em Destaque


Menu