Destaques

ads slot

Jim Carrey estrela trama de suspense filmada na Polônia. FILMES, por Rudney Flores

Marton Csokas e Jim Carrey estão em Crimes Obscuros, do diretor grego Alexandro Avranas.
Crédito da foto: Bartosz Mrozowski/Divulgação


Apesar das várias estreias, a programação de cinema de Curitiba não tem filmes de destaques na semana. Uma das produções que chama um pouco a atenção é Crimes Obscuros, do diretor grego Alexandro Avranas (Miss Violence), uma coprodução da Polônia, Inglaterra e dos Estados Unidos estrelada por Jim Carrey.

O famoso comediante, atualmente em baixa na carreira (seu último sucesso foi Os Pinguins do Papai, de 2011), investe novamente em um papel sério vivendo Tadek, um policial polonês que decide retomar a investigação de um assassinato. Assim como em A Mula, novo filme de Clint Eastwood, ainda em cartaz na cidade, a trama é inspirada em artigo sobre fatos reais publicado em uma revista americana (The New Yorker).

O crime tem relação com um clube de sadomasoquismo polonês e ficou sem solução após a primeira investigação comandada pelo atual chefe de Tadek. Seu principal suspeito é o escritor Kozlov (Marton Csokas, de O Protetor), que descreveu com detalhes uma morte semelhante à acontecida em um de seus livros.

O mesmo tipo de enredo já rendeu um eletrizante suspense em Instinto Selvagem (com Michael Douglas e Sharon Stone), mas acaba sendo desperdiçado em roteiro confuso, com reviravoltas estranhas, e uma preocupação de Avranas apenas com o estilo, imprimindo muitos tons escuros e sombrios à produção.

Personagens enigmáticos chamam a atenção do espectador, mas é necessário desenvolvê-los para criar uma conexão, o que não acontece com Tadek, que não tem suas motivações reveladas em nenhum momento do filme – intui-se apenas que tem relacionamento difícil com mulher e filha, e também com a mãe, e que está queimado na delegacia em que trabalha por algum erro cometido em uma investigação passada.

Ótimo ator, Carrey faz o que pode com o que lhe é oferecido, assim como Charlotte Grainsbourg (Anticristo), que interpreta a namorada de Kozlov e acaba tendo papel central na trama. Nem mesmo o final surpresa salva a produção da apatia. O filme está em cartaz apenas no Cinesystem Curitiba. Cotação: Regular.

Trailer de Crimes Obscuros:



O espelho tem duas faces

Outro suspense estreando na semana é Não Olhe, com roteiro e direção do israelense Assaf Bernstein. A história fala da jovem Maria (India Eisley), que está na fase final da adolescência, mas continua retraída e com apenas uma amiga na escola, onde sobre bullying. Em casa, a relação é muito difícil com os pais – o controlador e autoritário Dan (Jason Isaacs, da saga Harry Potter), um cirurgião plástico preocupado extremamente apenas com a beleza, e a submissa Amy (Mira Sorvino, Oscar de atriz coadjuvante por Poderosa Afrodite), que tenta a todo custo apaziguar as constantes brigas entre pai e filha.

Um dia, Maria descobre uma imagem de ecografia que indica que ela teria tido uma irmã gêmea. Ao mesmo tempo, ela percebe que sua imagem no espelho tem vida própria e a instiga a ir contra tudo o que a oprime. Quando não aguenta mais as agruras da vida, a moça deixa Airam (Maria ao contrário, óbvio), sua contraparte do espelho, tomar o controle de seu corpo, e a violência corre solta na tela, além de uma crescente tensão sexual.

Bernstein até apresenta elementos interessante no início da trama. A ligação sensorial entre gêmeos é uma possibilidade, assim como o sobrenatural da imagem no espelho. Mas as possíveis nuances são deixadas de lado e tudo fica muito claro e óbvio pelo lado psicológico, uma personagem acuada que cria uma outra personalidade para se defender – e a atuação oscilante de Eisley, bem apenas na versão Airam, não colabora muito para o melhor desenvolvimento do filme.

A produção também fica próxima do soft porn com cenas sensuais mais fortes, juntamente com um certo prazer voyeurístico com a violência. O diretor tenta consertar as coisas com algumas surpresas no arco final da trama, mas acaba não conseguindo equalizar os problemas do filme. Cotação: Regular.

Trailer de Não Olhe:



Europeus

A programação destaca a estreia de cinco filmes europeus nesta semana. O francês A Nossa Espera, de Guillaume Senez, traz como protagonista o bom ator Roman Duris (Bonecas RussasDe Tanto Bater Meu Coração ParouEm Paris), que vive Olivier, pai e marido amoroso, além de politizado trabalhador de uma fábrica.

Um dia, a esposa Laura (Lucie Debay) some sem deixar pistas. Enquanto tenta descobrir os motivos da súbita separação, ele precisa conciliar o trabalho com a criação do casal de filhos, Elliot e Rose. O filme estreia na Cinemateca.

Trailer de A Nossa Espera:



Conhecido pelo sucesso Intocáveis, François Cluzet é o principal nome do elenco de Normandia Nua, novo filme de Philippe Le Guay (A Viagem de Meu Pai). O ator vive Georges, prefeito de uma pequena cidade agrícola na Normandia francesa, que passa por graves problemas econômicos.

Quando o fotógrafo Blake Newman (Toby Jones, de O Espião Que Sabia Demais), famoso por fotografar pessoas nuas, visita o povoado, Georges vê uma oportunidade de chamar a atenção do local e atrair novos investimentos. Para isso, toda a população deve participar de mais um registro de Newman, mas será difícil convencer todas a ficarem nus para a câmera do fotógrafo. A produção estreia no Espaço Itaú.

Trailer de Normandia Nua:



A atriz Valeria Bruni Tedeschi (O Amor em 5 Tempos) investe novamente na direção na comédia A Casa de Veraneio. Ela mesma protagoniza a produção como Anna, uma cineasta que vai passar as férias com a família e amigos no litoral da França. Lá, ela entra em crise, pois precisa lidar com o término recente de uma relação, a distância cada vez maior dos familiares e a produção de seu novo trabalho. O filme está em cartaz no Espaço Itaú.

Trailer de A Casa de Veraneio:



O documentário O Silêncio dos Outros destaca as relações sociais ainda não resolvidas na Espanha após a aprovação da Lei de Anistia há mais de quatro décadas, no fim da ditadura de Francisco Franco. A anistia colocou em liberdade presos políticos, mas também permitiu que os militares nunca fossem acusados de atos criminosos – como a tortura, a morte dos opositores e o roubo de seus filhos – durante o período ditatorial que durou 38 anos.

Muitos dos governantes espanhóis atuais defendem que feridas não devem ser abertas e que o passado deve ficar para trás sem contestações, o que leva os que desejam algum tipo de justiça à Argentina, onde uma juíza decide abrir um processo contra os torturadores da ditadura espanhola. Produzido por Pedro Almodóvar, o filme dos diretores Almudena Carracedo e Robert Bahar também mostra a questao da anistia no Chile, que aprovou lei semelhante a espanhola após a ditadura de Augusto Pinochet.

Trailer de O Silêncio dos Outros:



Dirigido por Luciano Ligabue, músico de sucesso na Itália, Made in Italy apresenta questões sociais e humanas atuais do país da bota. A figura central é Riko (Stefano Accorsi, de A Culpa É do Fidel), que não se sente feliz no casamento, muito menos no trabalho. Com a ajuda dos amigos, ele tentará uma guinada na vida para salvar a relação com a esposa e também sua vida. O filme estreia apenas no Espaço Itaú.

Trailer de Made in Italy:



Outras estreias

Grande sucesso entre o público adolescente, a apresentadora de tevê Maísa Silva protagoniza mais uma produção de cinema em Cinderela Pop. Adaptação livre e atualizada do clássico conto de fadas, o filme apresenta Maísa como Cíntia Dorella, jovem que foge de casa após descobrir uma traição do pai, que se casa novamente. Ela vai morar com uma divertida tia e persegue o sonho de tornar DJ. Ao mesmo tempo, precisa lidar com as maldades aprontadas pela madrasta e suas filhas, e também com a paixão por um astro da música.

Trailer de Cinderela Pop:



Animais que se vivem jornadas heroicas em história comoventes são presença constante no cinema. O novo filme do gênero é A Caminho de Casa, do diretor Charles Martin Smith (Winter, O Golfinho) e dos roteiristas do sucesso Quatro Vidas de um Cachorro.

A produção apresenta como estrela a cadela Bella (voz no original de Bryce Dallas Howard, da franquia Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros), que se perde de seus donos e precisa viajar por mais de 600 quilômetros para voltar para casa. No caminho de várias dificuldades, ela contará até com a ajuda de animais selvagens.

Trailer de A Caminho de Casa:



O filme de terror da semana é A Maldição da Freira, inspirado em fatos reais acontecidos na Irlanda nos anos 1960. Dois padres do Vaticano são enviados para investigar um lar que abriga meninas órfãs, grávidas solteiras e moças com distúrbios mentais, um local repleto de acontecimentos estranhos e assustadores. A produção é filmada como se fosse um filme perdido feito na época dos acontecimentos. O filme está em cartaz nos cinemas da rede UCI (Estação e Palladium).

Trailer de A Maldição da Freira:

_


Instagram @curitibaemdestaque

Novidades

Visualizações do portal no mês passado


Curitiba em Destaque


Menu