Destaques

ads slot

O que fazer quando parece que não há saída. QUALIDADE DE VIDA, por Renata Berberi Schulz

O que fazer quando parece que não há saída



Emoções chegam sem avisar e precisam ser acolhidas, são a nossa comunicação com nós mesmos.
Quando aparecem precisam ser sentidas, ouvidas, como se fosse uma conversa, só que neste caso, a mais importante das conversas, a com você mesmo.
A relevância que você dá para estas emoções muda a forma que você vai encontrar suas saídas.
Se recolha, deixe a emoção te deixar vulnerável ao ponto de chorar, brigar, argumentar, busque o carinho daqueles que você ama e confia.
Desta forma, as emoções podem fluir e, com certeza, você saberá o caminho e ficará em paz com os seus enfrentamentos.
Evite falar sozinho, vivencie suas emoções e siga o caminho da saída.

Sou Renata Berberi Schulz, Psicóloga cognitivo comportamental, facilitadora PSYCH K ®

Adicionar lePsicóloga cognitivo comportamental, facilitadora PSYCH K®
https://www.facebook.com/renata.berberi.schulzgenda


Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu