Destaques

ads slot

Inscrições para American Academy da PUCPR estão abertas


Programa da Pontíficia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e da Kent State University, que oferece graduação em modelo de ensino amplamente difundido nos EUA, terá nova turma com início no próximo dia 22 de julho
O ensino nas universidades norte-americanas é considerado um dos melhores do mundo graças a adoção do modelo de liberal arts education. É o que proporciona o American Academy, programa de graduação internacional da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e da Kent State University, em Ohio (EUA), com duração de quatro ou cinco anos.
O American Academy está com o processo seletivo para ingresso em julho de 2019 e março de 2020 aberto. As aulas para a terceira turma têm início no próximo dia 22 de julho.
Estrutura
Os dois primeiros anos do American Academy são cursados no Brasil, na PUCPR, com aulas ministradas em inglês por professores presenciais da Kent State University, seguindo o currículo norte-americano. Só então o estudante escolhe qual a graduação gostaria de cursar e se será na própria PUCPR ou na Kent State University, em Ohio.
O processo seletivo é no modelo norte-americano, realizado e analisado tanto pela PUCPR como pela Kent State University. Diferente da graduação tradicional, não é necessário vestibular ou Enem: o processo contempla a análise do histórico escolar do ensino médio – as notas brasileiras são convertidas na nota americana (GPA) por meio da média ponderada entre nota e carga horária. O candidato precisa ter um escore mínimo de 2,5 da nota americana, que tem como nota máxima 4. Além disso, deve escrever uma carta de motivação em inglês e em português, apresentar um dos exames de proficiência em inglês aceitos e então é realizada uma entrevista.
“Dentro do modelo liberal arts, os alunos desenvolvem competências que permitem maior liberdade de fazer suas próprias escolhas, ter capacidade de resolução de problemas, pensamento crítico e uma visão ampla de mundo”, explica o professor Paulo Mussi, diretor do American Academy. Além disso, o aluno passa por uma transição adequada antes de chegar a outro país.
“Ele chega mais maduro, melhor informado e não vai sozinho, mas com os colegas que conviveu durante dois anos no Brasil. Estamos facilitando esse processo de transição, também adaptado ao modelo de ensino e à língua”, completa.
Desde o primeiro dia de aula, o aluno é matriculado na PUCPR e na Kent State University simultaneamente e tem a possibilidade de receber, ao final do curso, a dupla diplomação. Adicionalmente, ao concluir os dois primeiros anos da graduação, os alunos recebem o certificado de Associate of Science Degree, da Kent State University. A instituição de Ohio tem mais de 40 mil alunos, nos diversos níveis de formação, e mais de 300 opções de cursos de graduação, 70 de mestrado e doutorado e 200 de atualização profissional.
Uma outra vantagem está relacionada aos valores, destaca Mussi. “Um aluno estrangeiro que opte em realizar uma graduação diretamente na Kent State University teria um valor anual de aproximadamente US$ 20 mil.
O estudante do American Academy terá uma scholarship (bolsa) anual de US$ 5 mil, inclusa nos valores da mensalidade referente aos dois primeiros anos do programa e também no período na Kent State University”. Além disso, diz ele, o pagamento será mensal, o que não ocorre nas universidades norte-americanas, nos quais o pagamento é feito antecipadamente, anual ou semestral.

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu