Destaques

ads slot

2.a temporada do LABModa terá novos designers, talks, shows e desafio de moda autoral






Plataforma multicriativa mantém intensa programação com acesso gratuito até o dia 14 de julho, no Pátio Batel; reta final escolherá marcas que serão comercializadas por boutique do shopping

O LABModa 2019  prossegue até o dia 14 de julho, no piso S1 do Pátio Batel. A partir desta sexta-feira (5), o público poderá conhecer as novas marcas que ocupam a plataforma criativa com roupas e acessórios autorais, além de compartilhar de uma programação intensa com o LAB TALKS, desfiles, performances, shows e a grande novidade: a Jornada de Moda Autoral, promovida em parceria com o Pátio Batel e a Galerist.
O desafio se dará em duas etapas e terá entre os curadores a jornalista Lilian Pacce, uma das maiores autoridades de moda do país. A primeira etapa é realizada nos dias 05 e 06 de julho. Nesses dias, acontecem a visitação dos curadores para que conheçam os trabalhos das 18 marcas de vestuário do evento. Na sequência, os curadores fazem a pré-seleção das 10 marcas de vestuário que julgam ter maior potencial para se desenvolver, e convidam os estilistas para participar da segunda fase do projeto. Ainda nesses dias, os curadores visitam as marcas de acessórios para eleger uma como destaque da categoria.
Na segunda fase, os 10 estilistas selecionados devem apresentar individualmente e resumidamente a coleção e o conceito da sua marca para a comissão julgadora. Os pitches, como são chamadas estas apresentações breves, acontecem na sequência e no mesmo dia da convocação.  Após os pitches, os curadores escolhem os três vencedores e apontam a marca de acessórios destaque na categoria. As marcas e estilistas ganhadores terão seus nomes revelados no dia 11 de julho, durante o talk sobre a Jornada da Moda Autoral, com a presença dos curadores e de Rafael Chaouiche, estilista que lançou sua primeira coleção durante a 8ª edição do LABModa. O talk será aberto ao público e acontece no palco central da LABModa.
Os vencedores terão três looks expostos e comercializados por duas semanas na loja Gallerist do Pátio Batel, a partir do dia 15 de julho, dando oportunidade para o estilista entender o apelo comercial de sua marca e traçar um modelo de negócio promissor.
A temporada 2019 do LABModa, que iniciou dia 25 de julho,  tem surpreendido o público com a qualidade da curadoria de moda, bate-papos inspiradores, performances criativas e boa música. O evento conta com iluminação de Beto Bruel e cenografia do arquiteto e designer Felipe Guerra, que assinou a primeira edição do LABModa no Pátio Batel em 2015.
A marca LABModa, que completa 8 anos, evoluiu para um formato que passeia entre o consumo consciente, a arte e o entretenimento. Este ano, o evento explora os conceitos de Identidade, Qualidade e Sustentabilidade"Somos uma plataforma para lançamento de ideias, troca de conhecimento e experiências para o públicoO nosso principal objetivo é valorizar as marcas participantes, a fim de estimular a economia local e o consumo consciente. Tudo isto embalado em um clima de festa, como pede um evento de moda”, afirma Rafael Perry, diretor do LabModa.
A moda local
Para a curadora de moda do LAB 2019, a designer Aline Bussi, representante local do Fashion Revolution, o cenário fashion em Curitiba está em constante evolução. “Encontramos desde o ateliê de moda festa, que mantém o trabalho sob medida tradicional, até marcas que estão introduzindo tecnologia em seus produtos e em modelos de negócios. Muitas surgiram por iniciativa de empreendedores que vieram de outras áreas e que sentiram necessidade de se aventurar e desenvolver um produto, um acessório ou coleção de vestuário. Eles encontraram seu nicho de mercado e estão escrevendo trajetórias interessantes”, diz.
Para a escolha dos participantes, criatividade e originalidade foram prioridades na seleção, e também itens fundamentais para assegurar a veracidade de confecção dos produtos. Foram selecionadas marcas que apresentam identidade forte e trabalham com diferentes técnicas e outras que desenvolvem produtos com qualidade, e em outro ritmo, para um mercado mais amplo. “O objetivo do mix final é também refletir o potencial produtivo do cenário local, e proporcionar a troca de experiências e conhecimentos entre as marcas”, complementa Aline.
Música autoral
Nesta edição, o LabModa reservou especial atenção para as atrações musicais. Seguindo a linha do autoral, os produtores culturais Isadora Flores e Rodrigo Chavez optaram por um line up que correspondesse ao conceito do evento e que evidenciasse os artistas pela musicalidade, estilo e autenticidade. “A gente quis surpreender e levar ao LABModa tudo que o ele merece, que é boa música”, define Isadora. Neste verdadeiro “festival de música”, há lançamentos como “Entremundos”, da Nomade Orquestra e o projeto “Buena Onda Social Dub”, que se apresentam na próxima semana.
A segunda temporada mantém a diversidade de propostas e estilos com novas marcas e marcas consolidadas. A ideia é que, além de export, todas tenham um momento para mostrar seus produtos de forma criativa seja em desfiles, performances ou outra manifestação.
7 Pecados Capitais
Em 2018 a escritora Adriana Sydor escreveu “Sete confissões capitais e outros pecados”, livro que trata dos sete pecados capitais definidos por São Tomás de Aquino no século XIII e como eles se misturam no cotidiano das pessoas e da autora. Neste ano, Lu e o produtor do LABModa 2019 Victor Salvaro recriaram cada um dos vícios em imagens, tudo foi dirigido num luxuoso ensaio em que a autora serviu de modelo.  Agora, para ampliar o alcance desse trabalho, que ultrapassa páginas de livro e molduras de fotografia para se instalar na fronteira dos pensamentos mais íntimos de cada um, um novo passo é dado. As fotografias virarão obras com intervenções do artista Eduardo Milek e uma coleção de camisetas , um colab de Victor, que complete 30 anos de carreira, e a marca BASIC CLOTHING. E assim, outros públicos, outras perspectivas, outras possibilidades começam a ser trilhadas para que cada um também possa visitar seu confessionário particular a partir desse mote. A abertura da exposição de imagens será marcada por um talk conduzido pela atriz Maureen Miranda com mais seis personalidades: Ieda Godoy (produtora cultural, proprietária dos bares Dizzy e Café Mafalda),  Isabella França (jornalista e assessora), Ana Rosa Tezza (aAtriz, diretora de teatro e do espaço Ave Lola),  Miau Carraro (humorista), Marcos Bertoldi (arquiteto), Lucília Guimarães (Mãe de santo do terreiro do pai Manero e fotojornalista)
Produção geral, conceito e estilo : Victor Salvaro
Fotos e edição: Lú Salvaro
Cabelos e maquiagens: Wagner Stope
Artista plástico : Eduardo Milek
Acessórios: Acessório Zavvadinack
  

Designers – 2.a Temporada
HAL
Ana Silvia
La Luz
C. Nogara
Yski
Baubô Brand
Transmuta
Reis
Etks
Oxyfit

W. Ritzdorf
Sassi
Sueli Zavadinak
PineAX
Renata Romanó
Luciá Consalter
Estúdio Lenha

Programação de moda e LAB TALKS

5 de julho
17 horas – coquetel Ana Silvia
18h30 LAB TALKS – “Como manter a identidade de uma marca de moda: experiência da Der Metropol”
19 horas – Lançamento coleção Tavia Juckcsh

6 de julho
16 horas – desfile Zavvadinack
17 horas – “Tente Também” – La Luz Brasil
18h30 – Desfile H-AL
20h30 – YSKI

7 de julho
Dia de acessibilidade aos surdos promovido pela ETKS

8 de julho
18h30 – LAB TALKS– “O Poder da Moda como manifesto: a experiência das marcas Puta Peita e Demodê”
19h30 – nogara – desfile “See-now buy-now coleção Roma AW/19”

9 de julho
18h30 - Baubô Brand – Talk “Sustentável, eu?! Ideias nada mirabolantes para tornar seu closet real e sustentável”
20 horas – Sete Pecados Capitais -  Talk show conduzido por Maureen Miranda com mais seis personalidades curitibanas

10 de julho
19 horas – LookBook ao vivo com Ana Silvia – como utilizar peças versáteis para diferentes looks

11 de julho
17 horas – Talk com Amanda Cassou (Galerist) + Lillian Pacce + Rafael Chaouiche
18h30 LAB TALKS – “Os Desafios da qualidade do dia a dia do estilista com HA-L, ConBase e NovoLouvre
20 horas – Cabaré Transmuta

Programação Musical
5 de julho (20 horas): Marrakesh
A Marrakesh foi formada em 2014, em Curitiba. O trabalho de estreia do grupo, formado por Bruno Tubino, Lucas Cavallin, Volobodo, Matheus Castella e Daniel Tupy, chegou dois anos depois, no formato de EP. Com quatro faixas, “Vassiliki” trouxe oportunidades de apresentações em festivais nacionais e do primeiro destaque internacional, na edição de 2017 do renomado Primavera Sound Festival, em Barcelona, na Espanha. “Cold As A Kitchen Floor”, disco de estreia da banda (2018), tem 12 músicas inéditas. “Moonhealing”, single principal do álbum, ganhou um clipe cinematográfico dirigido por Fernando Moreira. Em 2019 a Marrakesh lança o single “Defectively” pelo selo australiano October Records.
10 de julho (20 horas): Nomade Orquestra
Em crescente visibilidade no atual cenário da música instrumental brasileira, a Nomade Orquestra traz consigo uma característica singular e de vanguarda. Pode-se dizer que é um ponto de encontro onde diferentes vertentes e expressões musicais interagem de forma única, desenvolvendo um trabalho autoral de música instrumental. Com influências do funk70, jazz, dub, rock, afrobeat, ethiogrooves e outras expressões musicais, a orquestra, formada de 2012, é o resultado da miscigenação cultural que existe no Brasil, sobretudo o Abc Paulista, de onde se origina. Seu primeiro disco, intitulado “Nomade orquestra”, foi lançado em dezembro de 2014 no Brasil e em abril de 2016 internacionalmente pelo selo inglês FarOut Recordings. A banda tem se apresentado em importantes festivais e circuitos no Brasil e Europa.

12 de julho (20 horas): Glue Trip
A Glue Trip nasceu em João Pessoa, Paraíba, e está na ativa desde 2013. Com dois discos lançados, “Glue Trip” (2015) e “Sea at Night” (2018), a banda coleciona números no Spotify e Youtube: são 80 mil ouvintes mensais na plataforma de streaming e mais de 45 mil inscritos no canal de vídeos, em que o clipe da música Elbow Pain ultrapassa 4 milhões de visualizações. A popularidade no universo digital atraiu parcerias com selos internacionais como o francês NOVOMUNDO e o japonês Production Dessiné. Por suas performances ao vivo, a Glue Trip também conquistou a participação em festivais brasileiros como Prata da Casa do Sesc e Fora da Casinha (SP), Picnik (DF), Coquetel Molotov (PE), MADA e DoSol (RN).
14 de julho (18 horas): Buena Onda Social Dub
Juntamente  com os especialistas em "table top music",  Loop Room (guitarrista / produtor Thiago Ramalho, o pianista Marc Olaf e o trompetista Audryn Souza) e com a participação especial de Vinícius Nisi (Banda Mais Bonita da Cidade) e João Marcelo (Lemoskine), o produtor Rodrigo Lemos revive o melhor do repertório de "Buena Vista Social Club" em um videocast de 4 peças intitulado "Buena Onda Social Dub" - alusão a seu próprio formato: livre, colaborativo e viajante. Ao longo de uma jam experimental entre os dois projetos, músicas como "Candela" e "Chan Chan" ganharam uma inclinação mais lounge, enquanto o bolero clássico "Dos Gardenias" parece preservar sua estrutura e letra originais. As faixas de áudio podem ser conferidas nas plataformas de streaming.

SERVIÇO:
LABModa 2019
De 25 de junho a 14 de julho
tio Batel – piso S1
Direção Geral: Rafael Perry
Curadoria de Moda: Aline Bussi
Curadoria de Música: Isadora Flores e Rodrigo Chavez
Arquitetura e Cenografia: Felipe Guerra
Produção de Moda: Victor Sálvaro
Iluminação: Beto Bruel
Redes Sociais: Luísa Bonin– Platea Comunicação e Arte
Assessoria de Imprensa: Dani Brito
Publicidade e Marketing Digital: Tif Comunicação
Coordenação de Produção: Max Leean
Assistência: Karla Passoni
Patrocínio: Pátio Batel e Electrolux
Colaboração: Aliança Francesa
Cerveja: Stella Artois
@lab.moda

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu