Destaques

ads slot

O Risco do Controle - QUALIDADE DE VIDA, por Renata Berberi Schulz


O Risco do Controle

Ser uma pessoa organizada é algo muito bom para a gestão da vida pessoal e profissional. Pessoas organizadas assumem responsabilidades com destreza e lidam com um volume alto de funções. Tendem a ter grande sucesso em suas atividades.
O risco está quando o excesso de organização invade o mundo dos outros.
O organizado passa a ser o controlador da vida daqueles com quem se relaciona, especialmente das pessoas íntimas.
O controlador transforma a vida do controlado em um verdadeiro caos, pois todo este controle, faz o caminho inverso e desorganiza o livre arbítrio e a autoestima dos controlados.
As características principais dos controladores são invadir a privacidade, ultrapassar limites, sentir-se onipotente. O medo do novo causa essas distorções. No geral, os controladores sentem-se sobrecarregados e causam sérios transtornos em suas vidas e na vida dos outros, principalmente nos entes mais queridos.
Ordem e controle são ótimas características. Cuidar e zelar pela vida dos outros é positivo. Mas em excesso é uma desordem que está vinculada à rigidez na estrutura da personalidade, gerando insegurança desmedida de perder as pessoas amadas.
Pessoas controladoras precisam buscar ajuda psicológica, pois o sofrimento é mútuo. Além da ajuda profissional, o apoio dos familiares e amigos é fundamental para que consigam reorganizar suas crenças e utilizar sua organização em seu favor.
Escolha controlar o que é melhor para você, transforme suas crenças!


Sou Renata Berberi Schulz, Psicóloga cognitivo comportamental, facilitadora PSYCH K ®


Psicóloga cognitivo comportamental, facilitadora PSYCH K®
https://www.facebook.com/renata.berberi.schulz

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu