Destaques

ads slot

“Forças do Destino” aproxima a música clássica dos curitibanos

Ópera de Giuseppe Verdi e a famosa “Quinta Sinfonia” de Beethoven serão apresentadas no Teatro Guaíra com abertura pedagógica


Não é preciso ser um apreciador declarado da música clássica para ter como familiar a melodia da Quinta Sinfonia de Beethoven. De alguma forma, as suas notas são populares, mesmo com o título elitista que sobre elas paira. O parecido acontece com a Ópera de Giuseppe Verdi, “La Forza Del Destino”. Seus arranjos dão o clima para uma trama digna de novela televisiva.
No dia 22 de setembro, o Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná lançará mão dos elementos populares das duas composições citadas acima para aproximar ainda mais esses expoentes da música erudita do público curitibano. Na data, o IAOSP promoverá o concerto “Forças do Destino”, no Teatro Guaíra, com ingressos a preços acessíveis. No dia 21, promove uma apresentação para alunos da rede pública de ensino com explicações pedagógicas sobre as obras antes da apresentação.
Em meio a confrontos emocionais decorrentes da sua surdez progressiva é que Beethoven produziu a Quinta Sinfonia, uma das mais famosas e intensas composições sinfônicas já existentes. A obra popularizou-se marcando presença em desenhos animados, toques de celular e trilhas de cinema. “Mesmo sendo tão conhecida, queremos revelar ao público o potencial de renovação da obra quando apreciada ao vivo, com a execução de uma orquestra da qualidade da OSP”, explica Marcella Souza, advogada e produtora cultural, membro da diretoria do IAOSP.
            Em relação à “La Forza Del Destino”, a segunda composição a ser apresentada no concerto do dia 22, trata-se de uma adaptação do romance espanhol “Don Alvaro” feita pelo libretista Francesco Maria Piave. O enredo narra a história de três personagens, entrecruzados pelo poder do destino e obssecados por dois universos emocionais antagônicos: a culpa e a vingança
O concerto ainda prevê a apresentação de outra importante obra de Beethoven, o “Concerto para piano nº 4”. Construída em sol maior, a composição será apresentada pelo solista Leonardo Hilsdorf, um dos principais expoentes da nova geração de pinaistas brasileiros, laureado em concursos internacionais na Alemanha, França, Espanha, México e Brasil.
De acordo com Stefan Geiger, maestro titular da Orquestra Sinfônica do Paraná, “as três obras a serem apresentadas durante o concerto falam sobre destino, seja em sua história, como especificamente na ópera de Verdi, seja por marcarem pontos importantes na carreira de seus compositores, como é o caso das composições de Beethoven”.
“Forças do Destino” é mais um projeto do IAOSP que objetiva democratizar o acesso à música clássica por meio da realização de apresentações com ingressos acessíveis em um teatro de grande porte, ensaios abertos para alunos da rede pública e particular de ensino com explicações pedagógicas. A abertura pedagógica será concedida por Guilherme Romanelli, especialista em Educação Musical.
A ação é realizada em parceria com o Centro Cultural Teatro Guaíra, o Palco Paraná, o Governo do Estado e o Ministério da Cidadania. O patrocínio é do Grupo Positivo, que inclui o concerto em sua série “Clássicos Positivo”.  A iniciativa ainda conta com o apoio da Andersen Ballão Advocacia, da Trópico TV e da Smartcom – Inteligência em Comunicação. Os ingressos podem ser adquiridos a R$ 20,00 e R$ 10,00 na bilheteria do Teatro Guaíra ou pelo Ticket Fácil (www.ticketfacil.com.br).

SERVIÇO
Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná e Grupo Positivo apresentam:
Concerto “Forças do Destino – Beethoven e Verdi”
Data: Domingo, 22 de setembro
Hora: 10h30
Classificação: 7 anos
Duração: aproximadamente 45 minutos
Ingressos: R$ 20 (inteira) | R$ 10 (meia)
Venda: Na bilheteria do teatro ou pelo Ticket Fácil (www.ticketfacil.com.br)
Local: Teatro Guaíra – Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Guairão)
Endereço: Rua XV de Novembro, 971 - Centro


Sobre o Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná - O Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná (IAOSP) foi criado em novembro de 2016, por iniciativa do maestro Stefan Geiger e de entusiastas apoiadores da arte e da cultura paranaense. Entre eles estão o seu presidente, o advogado Wilson José Andersen Ballão, e seus diretores, o produtor cultural Samuel Lago e a gerente do Goethe-Institut Curitiba, Claudia Römmelt.A Série Clássicos Universais com o concerto A Sagração da Primavera marca a continuidade da atuação desta associação civil sem fins lucrativos que trabalha em prol da Orquestra Sinfônica do Paraná e da música clássica paranaense, com o objetivo de viabilizar projetos e atividades em parceria com instituições, públicas e privadas, comprometidas com a valorização e fomento da música erudita.
Sobre a Orquestra Sinfônica do Paraná - Fundada em 28 de maio de 1985, a Orquestra Sinfônica do Paraná é um dos quatro corpos estáveis do Centro Cultural Teatro Guaíra. Atualmente o maestro-titular é Stefan Geiger, eleito em 2016 pelos músicos e reeleito em 2018. A OSP é mantida pelo Governo do Estado do Paraná, uma orquestra que pertence a todos os paranaenses.

Sobre o Grupo Positivo Positivo nasceu em 1972, a partir da ideia um grupo de professores visionários que criaram um curso pré-vestibular inovador. Hoje, a marca Positivo consolidou sua liderança em todas as áreas em que atua (Ensino, Soluções Educacionais, Cultura, Tecnologia e Gráfica), graças à qualidade de seus serviços e produtos. Na área de Ensino, o Grupo atua desde a Educação Infantil até o Ensino Superior - Graduação (Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia), Especialização, Mestrado e Doutorado, contando com aproximadamente 52 mil alunos em escolas próprias. Mais de 1 milhão de alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas e particulares, no Brasil e no Japão. Escolas de mais de 40 países utilizam soluções desenvolvidas pela divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Tecnologia. A Posigraf, uma das maiores gráficas da América Latina, imprime e distribui mais de 50 milhões de livros por ano. Na área cultural, conta com cinco espaços destinados a eventos e exposições (Expo Barigui, Teatro Positivo - Pequeno Auditório, Teatro Positivo - Grande Auditório, Expo Unimed Curitiba e Estação Eventos). O Grupo Positivo conta ainda com o Instituto Positivo, que tem foco em Investimento Social por meio de ações voltadas para a melhoria da educação pública e, atualmente, beneficia mais de 30 mil alunos da rede pública de ensino.

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu