Destaques

ads slot

Bariloche participa da 47a. edição da ABAV 2019

EMPROTUR apresenta dados de crescimento e preços atrativos para o turista brasileiro

 A cidade de Bariloche é um dos destinos mais amados pelo turista brasileiro. Por isso, o número de visitas de turistas vindo do Brasil cresce 42% em relação ao ano passado.  A temporada de inverno em Bariloche foi um dos melhores dos últimos anos e o verão foi apresentado com grande otimismo para a indústria nesta temporada. O inverno foi novamente dos "brasiloches", uma referência aos brasileiros que visitaram a região e desfrutam de atividades, chocolate, cerveja artesanal e muita neve.
Os números de julho indicam que foi o quarto ano consecutivo de crescimento sustentado para a indústria do turismo. A ocupação hoteleira de Bariloche teve uma média de 83% com picos de 95% em mais de 30.000 lugares qualificados. Este ano, a cidade alcançou 1.130.000 de estadias de noite em julho, comparado aos dados em 2018 que somam 971,583. Já no mesmo período tivemos cerca de 213.500 mil turistas, 20% a mais comparado aos 177.772 mil que visitaram a cidade em 2018.
Este ano, em julho, em termos de voos, houve um aumento no movimento dos passageiros de 56% com o número recorde e histórico em um dia chegando a alcançar 41 voos. Já o número de turistas do Brasil em relação ao ano de 2018 teve um aumento de 42%, atingindo cerca de 60.000 passageiros.
O Secretário de Turismo da cidade de Bariloche Gastón Burlon, afirmou que a temporada foi bem-sucedida em vários aspectos. “O número de chegadas, o registro de voo e o número de cidades que os voos foram conectados foi muito positivo. Este ano tivemos mais cidades na Argentina e no Brasil com voos diretos para Bariloche”, afirma Gastón.
Bariloche e a parceria com a Azul Linhas Aéreas Brasileiras
Esse ano aconteceu uma grande parceria entre Bariloche e Azul Linhas Aéreas Brasileiras. Com excelentes preços, atualmente existe um voo direto que sai de Campinas para o destino na Argentina, todos os sábados durante o ano todo.
Os voos da Azul Linhas Aéreas Brasileiras conectará Bariloche diretamente com o Brasil. A empresa opera a partir de Campinas, que está localizada a 80 quilômetros de São Paulo. O trecho chega ao mercado nacional com excelentes preços e a localização do aeroporto de Viracopos é o Hub da Azul, conectando 24 cidades no Brasil.
O voo direto está em plena operação aos sábados com um neo Airbus 320, partindo de Campinas às 10h25 e retornando de Bariloche às 16h20. De 19 de junho a 14 de setembro, o Blue September teve 3 frequências semanais. Os números de ocupação do voo foram um sucesso: em julho foi de 90,9%, em agosto de 94,4% e em setembro de 90,9%.
Bariloche tem temporada de verão mais cobiçada
A expectativa é que a temporada de verão também seja bem-sucedida. A desvalorização da moeda Argentina e as condições econômicas no Brasil posicionam Bariloche como uma das grandes opções para a primavera e o verão.
Bariloche une moda na estação mais cobiçada durante a próxima temporada de primavera/verão que tem temperaturas quentes, chocolate e muita água transparente. Assim dizemos que é a moda da primavera em Bariloche, cheia de nuances e muita descontração. Bariloche recebe em outubro e novembro os eventos esportivos que combinam a natureza e o esporte, além de corridas de trecking, mountain bilke e maratonas como: Down 1000, Bariloche Running Ultra Trail, RUCO 2019, Desafio Rota 23 e a corrida de 21 KM Llao Llao.
No próximo mês as temperaturas começam a ser agradáveis com passeios coloridos das flores e o verde dos bosques. Vale a pena conhecer os passeios imperdíveis como a Ilha Vitória, um roteiro que se navega até a maior ilha do Lago Nahuel Huapi, famosa pela sua história sobre a chegada de alguns pioneiros na cidade e a introdução de espécies exóticas na Patagônia.  Lá existem várias trilhas, casas históricas, praias, restaurante e muita natureza.  Outra dica interessante é o passeio para Porto Blest, uma experiência para ficar na memória e que tem um cenário lindo ao redor do Lago Nahuel Hapi, em Bariloche. A Bahía Blest possui as águas verdes mais lindas que chegam por meio de uma das geleiras do monte Tronador, limite natural entre a Argentina e o Chile. Como diz o turista, a oitava maravilha diante dos olhos, um passeio especial que termina sempre com chave de ouro por sua beleza atípica.
Os preços na cidade são os mais competitivos para o destino
A Bariloche que os turistas não conhecem fora a temporada de inverno é a grande aposta para a EMPROTUR no verão. São passeios e um rota diferenciada para quem busca unir aventura, uma vista com paisagens maravilhosas e a gastronomia que somente é possível ao apreciar cada detalhe de Bariloche, mesmo no verão e alto verão.
Os passageiros no Brasil poderão agendar suas viagens para desfrutar dos produtos e eventos que a cidade prepara para os próximos meses. “Natal em Bariloche, verão e aventura e chocolate na Páscoa são os principais produtos que queremos mostrar ao mercado brasileiro na ABAV, além de outras ações especiais que estamos programando, em parceria com companhias aéreas, operadoras e com todos os comércios", explica o Diretor Executivo da EMPROTUR – Bariloche, Diego Piquín.
Segue uma lista com as principais sugestões de preços em reais para atividades e serviços em Bariloche, no período de setembro a outubro de 2019:
Para quem procura por alojamento 3 estrelas, para acomodar duas pessoas, o pacote para uma semana sai em torno de R$ 900,00.
Já os passeios tradicionais como o Circuito Chico, que é a rota inaugural que serve como introdução aos arredores e às mais belas paisagens de Bariloche, sai com valor sugerido em torno de R$ 53,00 por pessoa.
Outro passeio incrível é a Colina Otto, um monte que tem um caminho principal e diversas trilhas de montanha para a prática de mountain bike e trilhas curtas. Lá é possível chegar ao cume por uma estrada para veículos ou de teleférico, a partir da base do monte, onde no inverno existem pistas para a prática de esqui nórdico e outras para esqui andino. O custo individual sai em torno de R$ 59,00.
Se a ideia é fazer um passeio sobre as montanhas, outra dica é acessar o Cerro Campanário que fica a 1.050 metros de altitude. O lugar tem uma das oitavas vistas panorâmicas mais impressionantes do mundo. O custo por pessoa para chegar ao cerro é de R$ 33,00 em média.
Uma das primeiras estações de esqui instaladas em Bariloche é a Cerro Catedral. Um dos lugares mais acessados pelos turistas. No inverno a neve é o primeiro contato dos turistas brasileiros. Durante o verão, vale a pena apreciar a vista, além de aproveitar o abrigo que está a 19 quilômetros de Bariloche dentro do Parque Nacional Nahuel Huapi, na Argentina. O preço sugerido para conhecer o local é de cerca de R$ 53,00.
Outras sugestões também são oferecidas aos turistas em Bariloche. O Lakewalk, um passeio que leva o dia inteiro pelas principais regiões da cidade, tem um custo aproximado de R$ 141,00. Além disso, para quem ama a gastronomia local, oferecemos a Ceia da Cerveja que tem como opção um prato principal e cerveja artesanal com valor sugerido de R$ 40,00. Outra boa opção é o Pinte a cerveja do ofício, que custa em torno de R$ 11,00. E para finalizar as sugestões da temporada, ninguém pode perder o quilo de chocolate artesanal, produzido localmente e um dos mais apreciados por chocólatras do mundo todo. O famoso Rapa Nui, o chocolate artesanal com assinatura custa em torno de R$ 52,00 a peça. Vale a pena experimentar e vivenciar cada minuto em San Carlos de Bariloche.


Informações sobre esses e outros passeios de Bariloche, acesse o site: https://www.barilocheturismo.gob.ar/br/home

Facebook: /BarilochePatagoniaBR
Instagram: @Barilochear

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu