Destaques

ads slot

Corpos Poéticos: Encontro Internacional de Investigações Cênicas


A atriz Ana Woolf é uma das palestrantes do evento, que faz parte da programação de aniversário de 12 anos da Súbita Companhia de Teatro.

Ao celebrar 12 anos de existência, a Súbita Companhia de Teatro realiza um de seus desejos: produzir um encontro internacional. A primeira edição de “Corpos Poéticos - Encontro Internacional de Investigações Cênicas” vai oferecer oficinas, masterclasses, falas públicas, apresentações de trabalhos e mesas de conversa, com a participação de artistas do Brasil, dos EUA e da Argentina. Aproveitando a comemoração será lançada uma publicação na qual a trajetória da companhia é narrada com textos e materiais produzidos pelos artistas que integram e colaboram com a companhia.

O encontro será 14 a 25 de outubro de 2019, em dois endereços, o Teatro José Maria e a Alfaiataria, novo espaço teatral da cidade que será aberto pela atriz Janaína Matter, uma das fundadora da Súbita. Para conhecer a programação completa, que conta com muitas atividades gratuitas, basta acessar o site da companhia (www.subitacompanhia.com.br). As falas públicas que acontecerão a noite terão tradução simultânea em libras e serão transmitidas ao vivo pelos canais da companhia.

 Kameron Steele (EUA), Ana Woolf (Argentina), Jé Oliveira (Brasil), Lucienne Guedes (Brasil), Iván Haidar (Argentina) e Carlos Simioni (Brasil) irão ministrar oficinas, que estão com as inscrições encerradas. As pesquisadoras Marisa Naspolini e Stela Fischer, por sua vez, irão compartilhar seus conhecimentos em falas públicas, abertas gratuitamente ao público. Todos são artistas que em suas especificidades apresentam caminhos possíveis para borrar fronteiras, limites e demarcações do próprio teatro e suas afirmações. E todos os convidados participarão também das atividades gratuitas, sempre no período da noite, no Teatro José Maria Santos. O norte-americano Kameron Steele fará ainda uma masterclass gratuita e aberta ao público, às 14h, do dia 25, na Alfaiataria. A intenção é abrir a possibilidade para quem não conseguiu vaga na oficina também ouvi-lo falando sobre o Método Suziki para Atrizes e Atores. A Alfaiataria também vi abrigar a festa de aniversário e o lançamento da publicação sobre a Súbita, no dia 19, às 17h, com entrada franca.

"Corpos poéticos é nosso modo de entender as diferentes possibilidades de pesquisas que articulam cenicamente o corpo em suas várias potências. Por isso, reunimos ações e atividades de muitas naturezas, texturas e tipos”, pontua Francisco Mallmann, que assina a curadoria junto com Maíra Lour, Janaina Matter e Vitor Schühli. Janaína observa que ao ofertar oficinas, promover encontros com falas, mesas e demonstrações de trabalho, a programação cria um ambiente de compartilhamento que instiga reflexões e o surgimento de novas ideias. “As demonstrações de trabalho, por exemplo, têm características de serem quase aulas abertas”, aponta a atriz curadora. “É uma maneira que o artista encontra de compartilhar cenicamente sobre suas técnicas, metodologias, referências de trabalho e formas de entender isso dentro de uma investigação criativa”, completa. "Promover o encontro e o compartilhamento de conhecimento de artistas nacionais e internacionais é algo muito importante para quem faz arte, pesquisadores, professores e arte educadores da cidade. É um evento que busca integrar diferentes perspectivas de trabalho com o corpo e também promover o debate sobre a arte e sua importância." complementa a diretora Maíra Lour.

Gratuito 

“De que forma o que pensamos enquanto artistas se revela no corpo” é o tema que norteará a conversa entre Anna Woolf e Carlos Simioni. Marisa Naspolini vai compartilhar sua experiência no campo da educação conversando sobre o público a partir da temática “Transitando Entre Gênero, Teatro e Educação: Uma Experiência de Alteridade a Partir do Contexto Escolar”. Kameron Steele e a Lucienne Guedes partem do tema “Como as técnicas e práticas físicas potencializam a poética da cena?” para estabelecer uma conversa.  Ator, diretor e dramaturgo Jé Oliveira falará sobre sua experiência com a tradução cênica da obra dos Racionais MC`s e da leitura social-racial do “Gota D’Água (1975)”, de Chico Buarque e Paulo Pontes, na fala denominada “Barro, palco, farinha, açúcar e gota d’água”.

A atriz, diretora e doutora em Artes Cênicas Stela Fischer, por sua vez, parte do tema “Poéticas da transgressão: corpos de mulheres artistas/ativistas” para tratar sobre o corpo erótico, ativista e feminista de mulheres artistas latino-americanas. Ana Woolf, Ivan Haidar e Lucienne Guedes farão também demonstrações de seus trabalhos. Ana Woolf, Ivan Haidar e Lucienne Guedes farão também demonstrações de seus trabalhos. E, para completar a programação, a Leitura dramática de “Insensatez”, de Maíra Lour, dramaturgia concebida em residência artística Brasil/Argentina pelo programa Iberescena.

Serviço:
Corpos Poéticos: I Encontro Internacional de Investigações Cênicas
Quando: 14 a 25 de outubro de 2019
Onde: Conversas, mesas e falas públicas no Teatro José Maria Santos (R. 13 de Maio, 655), no período da noite.
Lançamento da publicação Súbita 12 anos, no dia 19, às 17h; e masterclass Método Suzuki, às 14h, do dia 25, na Alfaiataria (R. Riachuelo, 266).
Programação completa e detalhada: www.subitacompanhia.com.br

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu