Destaques

ads slot

Zumbilândia – Atire Duas Vezes traz zumbis novamente para a comédia. FILMES, por Rudney Flores

Woody Harrelson, Jesse Eisenberg, Abigail Breslin e Emma Stone retornam na continuação de Zumbilândia (2009).
Crédito da foto: Divulgação Sony Pictures

Consolidados na cultura popular, os zumbis estão novamente presentes na tela grande em Zumbilândia – Atire Duas Vezes, continuação de uma divertida comédia lançada em 2009. O diretor Ruben Fleischer (Venon) reuniu o elenco original para mais uma aventura na América infestada pelos seres andantes que, após alguns anos, passaram por evoluções, com muitos deles tornando-se ainda mais perigosos.

É nesse novo ambiente mais hostil que Columbus (Jesse Eisenberg, de A Rede Social), Tallahassee (Woody Harrelson, de O Mensageiro), Wichita (Emma Stone, Oscar de melhor atriz por La La Land) e Little Rock (Abigail Breslin, de Pequena Miss Sunshine) tentam manter a união familiar iniciada no final do filme anterior.

O grupo vai morar por um tempo na Casa Branca. As coisas parecem tranquilas para os homens do grupo, mas Wichita se sente pressionada por Columbus, que pretende se casar com ela, e Little Rock não aguenta mais o paternalismo de Tallahassee. A agora moça acaba conhecendo e fugindo com um rapaz, que promete levá-la a um local protegido, onde impera a paz e o amor. Os outros três partem para achar Little Rock e, claro, se deparam com diversas confusões no caminho com os zumbis.

É perceptível o clima de diversão na produção, principalmente dos atores que retornam a seus papéis e dos novos incluídos na trama – Zoey Deutch (a sonsa Madison), Avan Jogia (Berkeley, o namorado riponga de Little Rock), Rosario Dawson (Nevada, que cuida de um museu de Elvis Presley), além de Luke Wilson e Thomas Middleditch (respectivamente, Albuquerque e Flagstaff, que replicam a estranha parceria entre Columbus e Tallahassee).

Isso é passado ao público com ótimas piadas e situações de todos os tipos (nonsense, irônicas, escrachadas), espertas referências à cultura pop (Elvis, filmes) e, claro, detonações ainda mais hilárias dos zumbis. Diverte muito, apesar de decair um pouco no arco final, que é apenas bobo. As cenas pós-créditos trazem uma homenagem ao grande ator e comediante Bill Murray (Os Caça-FantasmasEncontros e Desencontros), “morto” no primeiro filme. Cotação: Bom.

Trailer de Zumbilândia – Atire Duas Vezes:


Retorno a Downton Abbey

Criada pelo roteirista Julian Fellowes, Downton Abbey foi sucesso na tevê fechada por seis temporadas. A história falava da relação da poderosa família inglesa Crawley com seus empregados, na década de 1920 – tema que foi ampliado por Fellowes de Assassinato em Gosford Park, produção que lhe valeu o Oscar de melhor roteiro.

O seriado chega agora à tela grande com uma nova história dos Crawley. Dirigido por Michael Engler, Downton Abbey, o filme, é ambientado em 1927, dois anos após o término das tramas retratadas na telinha. Patrões e funcionários se preparam para receber a visita do rei George V e da rainha Mary, e têm dificuldades para lidar com os serviçais do palácio real, que interferem em sua rotina. Todo o elenco original retorna, com destaque para Maggie Smith, que vive a ácida matriarca da família. A produção tem lançamento no Cinépolis Pátio Batel.

Trailer de Donwnton Abbey:


Craque 10

Um dos principais camisas 10 da história do futebol brasileiro, o craque Alexsandro de Souza recebe uma merecida homenagem no documentário Alex Câmera 10, de Caue Serur Pereira e Adriano Rattmann.

Alex começou nas categorias de base do Coritiba e passou por Palmeiras, Cruzeiro, Parma (Itália), Flamengo e Fenerbahçe (Turquia). Só não teve sucesso no rubro-negro carioca e no time italiano, mas teve inúmero títulos nos demais clubes, incluindo Libertadores, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, estaduais e Campeonato Turco e Copa da Turquia. Pela passagem no Fener, onde jogou por oito anos, recebeu estátua da torcida e a idolatria ainda se mantém até os dias de hoje.

Alex retornou ao Brasil em 2013, para encerrar a carreira no Coxa Branca do Alto da Glória, seu time do coração. O filme conta com depoimentos de técnicos, jogadores e torcedores, todos admiradores do talento do craque paranaense da camisa 10.

Trailer de Alex Câmera 10:


Outras estreias

O multiartista Rob Zombie retoma a direção de cinema em Os 3 Infernais, novo filme de terror de sua carreira. O diretor resgata o trio de personagens de dois de seus trabalhos anteriores – A Casa dos 1.000 Corpos (2003) e Rejeitados pelo Diabo (2005).

Na história, Otis (Bill Moseley), Winslow (Richard Brake) e Baby (Sheri Moon Zombie, esposa de Rob) fogem da prisão e vão para o México, onde provocam o pânico com muitas mutilações e mortes violentas.

Trailer de Os 3 Infernais:


Premiado no Festival de Sundance deste ano como melhor drama, A Maratona de Brittany, do diretor estreante Paul Dows Colaizzo, traz a história de uma nova-iorquina que tem uma rotina que não lhe agrada. Acima do peso, Brittany (Jillian Bell) também acha que sua aparência faz com que as pessoas tenham uma imagem errada dela.

Frustrada com o trabalho e também nos relacionamentos amorosos, ela coloca como objetivo de vida correr a Maratona de Nova York e passa a praticar exercícios ao lado de alguns amigos, aumentando sua autoestima. O filme estreia no Espaço Itaú.

Trailer de A Maratona de Brittany:


A comédia dramática Luta de Classes, de Michel Leclerc, destaca as diferenças étnicas, religiosas e sociais na França atual. O centro da história é o casal Paul (Edouard Baer) e Sofia (Leïla Bekhti, ele um roqueiro punk, ela uma advogada bem-sucedida. Os dois têm fortes convicções e, por elas, decidem morar no subúrbio e não querem tirar o filho Corentin (Tom Lévy) da escola pública onde estuda.

O problema para a criança é que todos os seus amigos foram para uma tradicional escola particular – os pais destes não querem os filhos se misturando com meninos e meninas de comunidades muçulmanas, que cada vez mais aumentam sua presença na diversificada sociedade francesa. Paul e Sofia precisam decidir se mantém seus ideais e também devem apoiar mais o filho, que não compreende muito a situação quase política em que acaba sendo envolvido.

Trailer de Luta de Classes:


O Iluminado

Antecipando a estreia de Doutor Sono, no dia 7 de novembro, a rede Cinemark apresenta em sessão especial o clássico O Iluminado (1980), de Stanley Kubrick, baseado na obra homônima de Stephen King.

A trama de terror gira em torno de Jack Torrance (Jack Nicholson), homem contratado para ser vigia de um hotel que fecha durante o inverno nos Estados Unidos. O isolamento do local faz com que enlouqueça aos poucos, aterrorizando sua mulher Wendy (Shelley Duvall) e o filho Danny (Danny Lloyd), que o acompanharam na jornada.

King dá continuação a essa história em Doutor Sono, que apresenta Danny já adulto (vivido no cinema por Ewan McGregor) e ainda traumatizado pelos acontecimentos vivenciados no hotel. O Iluminado tem sessão no Cinemark Mueller na próxima terça-feira (dia 29), às 20h15.
 

Jack Nicholson estrela O Iluminado, de Stanley Kubrick, baseado na obra de Stephen King.
Crédito da foto: Getty Images


Ghostbusters

Outro filme que terá continuação é Os Caça-Fantasmas, cuja terceira parte deverá estrear em 2020. O original, lançado em 1984, é destaque no projeto Clássico Cinemark, com sessões no Cinemark Mueller na próxima terça (dia 23), às 20 horas, e no sábado (dia 2), às 23 horas.

Dirigida por Ivan Reitman, a divertida comédia destaca um grupo de cientistas tentando combater fantasmas que aterrorizam a cidade de Nova York.

Os personagens de Dan Aykroyd, Bill Murray e Harold Ramis se envolvem em muitas confusões em Os Caça-Fantasmas.
Crédito da foto: Divulgação.
_


Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu