Destaques

ads slot

Retrospectiva destaca obra de Luiz Arthur Montes Ribeiro

Com nova exposição, artista expoente da arte contemporânea celebra 29 anos de carreira.
Crédito da foto: Fotográfico Estúdio Sossella.

É a partir do texto que surge o sinuoso, belo e envolvente mundo pictórico de Luiz Arthur Montes Ribeiro. Considerado um dos mais completos artistas paranaenses da contemporaneidade, transitando pela literatura, desenho, pintura, escultura e também pela gastronomia, o premiado artista faz uma leitura poética de toda sua trajetória nas artes na exposição 29 Anos de Artes Visuais: Luiz Arthur Montes Ribeiro

A ser inaugurada em evento para convidados em 5 de novembro, mesmo dia do aniversário de 60 anos do artista, a exposição fica em cartaz de 6 de novembro de 2019 a 28 de fevereiro de 2020 no espaço Luiz Arthur Montes Ribeiro Galeria de Arte (LAMR), adjunto ao Instituto Montes Ribeiro.

“O processo criativo é algo fabuloso. Na nossa mente, o espectro é algo que não tem fim, o desafio é transportar as cores que enxergamos para as telas”, revela Montes Ribeiro. “Para mim, a literatura e as artes visuais têm uma relação intrínseca. Meu processo criativo parte da escrita, primeiro vem o poema, depois o desenho, então a pintura em acrílica, o nanquim e a escultura”, conta o artista, que já tem 9 livros publicados.

A exposição 29 Anos de Artes Visuais reúne a produção de Montes Ribeiro desde 1990, quando iniciou sua produção profissional, até o momento. São 60 obras de 6 séries produzidas pelo artista neste período, todas disponíveis para comercialização: Borboletas, Araucárias, Jardins Imaginários da Minha Solidão, Arvoredos, Peixes e Flores. Entre elas, duas telas novas da série Borboletas e uma da série Araucárias.

“Entre estas 60 obras, há várias inéditas, que optei por mostrar nesta exposição porque falam muito de meu trabalho e de minha vida, visto que também celebro meus 60 anos com esta exposição. É toda uma história de vida dedicada à arte. Comecei com a escrita, por volta dos 10 anos. Escrevia muitas cartas. Depois, aos 13, já comecei a desenhar e então a pintar. Estudei com grandes mestres nas mais variadas artes em que imergi. Para mim, este trânsito entre as diversas modalidades artísticas é muito importante”, salienta.

Arte intensa e particular
O traço intenso e vivaz de Montes Ribeiro transporta o espectador a um universo em que a sinuosidade, a interpretação orgânica e suave das formas, dá o tom, com movimento e energia, reforçada pelos tons vibrantes em composições únicas e envolventes trabalhadas pelo artista.

Tais características realçam a originalidade do trabalho de Montes Ribeiro, em uma estética única, que rendeu ao artista premiações em importantes salões nacionais, no Estado de São Paulo, grande referência global para as artes visuais produzidas no Brasil.

As ondas do mar, o sensorial, a sensualidade, o homem, a mulher, são inspirações recorrentes, nas mais diversas séries criadas pelo artista.

“O mar é sua terra sem males. Vê-o de dentro – nas algas e na coreografia das águas, que nunca lhe parecem turvas. De fora – enxerga uma linha de horizonte tingida de laranjas, bêbada de paixão. De dentro, o verso íntimo das ondas. Esse vaivém sem censura lhe permite tudo – usar do sangue, do sêmen, do brinquedinho da loja de R$ 1,99. Cola a humanidade sobre as superfícies e nela faz composições, das literárias às musicais. Chama-as de aquarelas, que tantos batizam de pinturas. E Arthur, para encurtar a prosa, decreta que são textos, sobretudo. ‘Tudo começa na palavra’, repete, qual um criador de mundos”, escreveu o jornalista José Carlos Fernandes sobre Montes Ribeiro e sua obra.

Um mundo de texturas, imagens, emoções, sensações e memória se revela a cada traço, a cada pincelada do criativo artista, que transporta ao seu trabalho um olhar múltiplo, atual, cosmopolita e, ao mesmo tempo, local, que reúne sua vasta vivência pessoal e profissional, como curador oficial do Centro Cultural Brasil-Espanha e curador-chefe da Telepar Brasil-Telecom, entre outras atividades.

Arte e memória
Natural de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, Luiz Arthur Montes Ribeiro inaugurou a galeria em 2015, junto com o Instituto Montes Ribeiro, que, a partir de peças e relíquias de família, apresenta um importante intervalo da história e dos costumes do Paraná.

“A relação com a memória é algo que deve ser sempre cultivado no Estado. Temos uma região muito rica culturalmente. A formação de nosso povo vem de várias ascendências. Isso deve ser valorizado”, defende o artista. Hoje, o Instituto é uma referência para quem deseja conhecer mais sobre a história do Paraná.

“Luiz Arthur Montes Ribeiro Galeria de Arte é um espaço cultural aberto a todas as manifestações culturais e à promoção, principalmente, dos artistas do Paraná”, enfatiza.

Serviço:
Exposição 29 Anos de Artes Visuais: Luis Arthur Montes Ribeiro
Artista: Luiz Arthur Montes Ribeiro
Abertura: 5/11, 18h às 21h
Visitação: 6/11/19 a 28/02/2020, quintas e sextas-feiras, 14h às 20h*
Local: Luiz Arthur Montes Ribeiro Galeria de Arte
Endereço: Av. Vicente Machado, 160, 4º andar, Cj. 43, Centro. Edifício Neudes Calixto
Contatos: (41) 99920-7349 galeriadearte@luizarthur.com.br
Site: luizarthurarteegastronomia.blogspot.com
Facebook: @galeriadearteluizarthurmontesribeiro
Instagram: @luizarthurmontesribeiro
Twitter: @MontesLuiz
* Visitas sempre sob agendamento com a galeria.

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu