Destaques

ads slot

Canções de George Michael inspiram comédia romântica inglesa


Henry Golding e Emilia Ckarke são os protagonistas de Uma Segunda Chance para Amar.
Crédito da foto: Universal Pictures

Para entrar no clima de festas de dezembro, a principal estreia nos cinemas da semana é Uma Segunda Chance para Amar, do diretor Paul Feig (A Espiã Que Sabia de Menos), comédia romântica ambientada na cidade de Londres em período natalino. A produção, estrelada por Emilia Clarke, a Daenerys Targaryen da série Game of Thrones, é livremente inspirada na canção “Last Christmas” (título original do filme), de George Michael, gravada nos anos 1980, quando o cantor ainda era do duo Wham!

Clarke vive Katarina – ou Kate, como gosta de ser chamada –, de origem croata, que trabalha em uma loja de produtos natalinos, de propriedade de Santa (Michelle Yeoh, de O Tigre e o Dragão). Cantora promissora quando menina em seu país natal, ela sempre está fazendo testes para musicais, mas sem sucesso. Ao mesmo tempo, está desorientada na vida.

Após superar dificuldades médicas que serão reveladas mais à frente na história, ela tem problemas com a mãe Petra (Emma Thompson, de Razão e Sensibilidade, também corroteirista do filme) e a irmã Marta (Lydia Leonard). Ela também tem relacionamentos passageiros, bebe muito e ainda incomoda os amigos, a quem sempre pede abrigo para morar. Quem aparece para ajudá-la é Tom (Henry Golding, de Podres de Ricos), rapaz misterioso que começa a cativar Kate com um jeito simples de ver o mundo.

O roteiro leve elenca diversas situações cômicas e dramáticas inspiradas por outras ótimas músicas compostas por George Michael – “Freedom 90”, “Heal the Pain”, “Faith”, “Praying for Time”, entre outras –, de quem Kate é uma das maiores fãs. Há um grande mistério no filme, ponto de virada da trama, mas de fácil percepção para o espectador mais atento.  

Apesar de alguns defeitos da protagonista, nem sempre agradável, Clarke tem uma atuação solar, mostrando que pode estar no caminho certo para se tornar a nova namoradinha das comédias românticas – Yeoh e Thompson também têm ótimos momentos na produção. A direção de Feig é apenas correta, mas o diretor consegue entregar um filme bem agradável, acima da média das produções recentes do gênero. Cotação: Bom.

Trailer de Uma Segunda Chance para Amar:



Carcereiros – O Filme

Série de sucesso na grade da Rede Globo, Carcereiros, inspirado no livro homônimo de Drauzio Varela, chega esta semana à tela grande em uma produção focada principalmente na ação. O filme é dirigido por José Eduardo Belmonte (do ótimo Se Nada Mais Der Certo), também responsável por alguns episódios do seriado, e tem elenco formado por alguns dos protagonistas principais da telinha – Rodrigo Lombardi (Adriano), Tony Tornado (Valdir) e Milton Gonçalves (Dr. Louveira).

Encomendado inicialmente para ser um episódio mais tenso e agitado, que abriria a segunda temporada do seriado, o roteiro de Marçal Aquino, Fernando Bonasssi, Dennison Ramalho e Marcelo Starobinas foi sendo ampliado e acabou transformado em filme.

Tudo acontece em uma noite. O foco inicial da história é a chegada ao presídio de um criminoso internacional, o terrorista Abdel Mussa (o ex-BBB Kaysar Dadour, em sua estreia como ator; na sequência, fez a novela Órfãos da Terra), que ficará apenas uma noite. A presença do estrangeiro amplia ainda mais o tenso clima local, com os presos já residentes querendo justiçá-lo, pois matou crianças em seus atentados. Para completar, há uma invasão da prisão por um grupo fortemente armado.

Em meio ao caos instalado, Adriano tenta proteger Abdel e evitar uma guerra entre as facções locais. Lombardi mostra pouca segurança como protagonista, e o destaque do elenco fica sendo coadjuvantes como Rômulo Braga e Dan Stulbach, respectivamente, os prisioneiros e Juarez e Dr. Sérgio.

Belmonte impõe um ritmo intenso à produção, ao som principalmente de “Banditismo por uma Questão de Classe”, música de Chico Science & Nação Zumbi. Há uma surpresa no roteiro, que dá novo rumo à trama, mas, para quem não conhece a série, falta um melhor desenvolvimento dos personagens. Entre erros e acertos, a produção chama atenção apenas pela ação, que tem algumas ótimas sequências. Cotação: Regular.

Trailer de Carcereiros – O Filme:



Outras estreias

Lançado no Festival do Rio de 2015, no qual recebeu os prêmios de melhor diretor (Ives Rosenfeld), ator (Ariclenes Barroso) e atriz coadjuvante (Julia Bernat, de Aquarius), o filme Aspirantes só está chegando à programação dos cinemas nesta semana, quatro anos depois.

O drama é centrado nos amigos Júnior (Barroso) e Bento (Sérgio Malheiros), que sonham ser jogadores profissionais de futebol. Seus caminhos tomam rumos diferentes quando Júnior engravida a namorada Karine (Bernat), e precisa procurar urgentemente um meio de sustento para o casal. Ao mesmo tempo, Bento consegue sucesso nos campos, afastando-se ainda mais do amigo. O elenco ainda destaca Karine Teles (Benzinho). O filme estreia no Espaço Itaú.

Trailer de Aspirantes:



Um dos movimentos mais importantes da história, a Revolução Francesa é mais uma vez apresentada nas telas em A Revolução em Paris, do diretor Pierre Schoeller. A superprodução destaca elenco formado por alguns dos principais atores franceses dos últimos anos, como Louis Garrel (Os Sonhadores), Adèle Haenel (A Garota Desconhecida), Gasparde Ulliel (É Apenas o Fim do Mundo) e Laurent Lafitte (Elle).

A história apresenta os bastidores da revolução, as articulações no palácio e entre o povo comum que culminaram na destituição do reinado de Luís XVI, sob os sempre lembrados princípios da liberdade, igualdade e fraternidade. O filme tem sessões no Cineplex Batel, Espaço Itaú e Cinépolis Pátio Batel.

Trailer de A Revolução em Paris:



Na comédia Um Amante Francês, do diretor Olivier Baroux, Alex (Kad Merad, de A Voz do Coração) vive como gigolô de uma rica mulher há 25 anos. Mas ele é dispensado de surpresa pela amante e precisa arrumar um meio de se sustentar.

Alex vai morar com a irmã e define um plano para se dar bem novamente: arrumar uma outra milionária que o banque. Enquanto procura pretendentes mais velhas que sua antecessora, ele tenta ajudar o pequeno sobrinho a conquistar uma namorada. O filme tem lançamento no Espaço Itaú.

Trailer de Um Amante Francês:



Outra comédia francesa que chega esta semana na programação de Curitiba é Estaremos Sempre Juntos, do diretor e ator Guillaume Canet (Rock'n Roll – Por Trás da Fama). Na história, Max (François Cluzet, de Intocáveis) que apenas passar mais um aniversário em um fim de semana tranquilo na praia. Mas sua esposa convida para uma festa surpresa um grupo de amigos que ele não via há muitos anos.

Todos dizem que Max foi importante em suas vidas, mas ele não demonstra nenhum interesse em rever os antigos companheiros, que só chegam para causar confusões no local. O elenco conta ainda com Marion Cotillard (Oscar de melhor atriz por Piaf, Um Hino ao Amor). O filme estreia no Cineplex Batel.

Trailer de Estaremos Sempre Juntos:



A produção polonesa Duas Coroas destaca a vida de São Maximiliano Kolbe, importante religioso do país do leste europeu. Alternando depoimentos reais com trechos encenados com atores, o documentário destaca a viagem do Kolbe ao Japão na década de 1930, onde realizou trabalho missionário.

Ele retorna à Europa alguns anos depois e se sacrifica durante a 2º Guerra Mundial, oferecendo sua vida em troca de outro prisioneiro que seria morto pelos nazistas em um campo de concentração. Foi canonizado em 1982 pelo Papa João Paulo II, seu compatriota. O filme tem lançamento no UCI Estação.

Trailer de Duas Coroas:


Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu