Destaques

ads slot

Lei de incentivo à cultura pode beneficiar crianças em situação de vulnerabilidade social

É possível direcionar parte do Imposto de Renda para projetos sociais até 30 de dezembro. 

Quando se fala em Lei de Incentivo à Cultura, conhecida anteriormente como Lei Rouanet, muitas pessoas pensam em grandes filmes e espetáculos de teatro. No entanto, não somente as produções de renome são viabilizadas pela Lei. Sabia que é por meio dela, que muitas crianças, adolescentes e jovens que vivem em comunidades em situação de vulnerabilidade social podem ser beneficiados?

Isso porque todo contribuinte que faz sua declaração pelo modelo completo pode destinar parte do imposto devido para projetos apoiados pela Lei de Incentivo à Cultura. O imposto devido é o  nome de um dos campos do programa da Receita Federal e o valor pode ser consultado no recibo da declaração do Imposto de Renda do ano anterior. Até o dia 30 de dezembro, os contribuintes podem destinar até 6% do imposto de renda para diversos projetos como o Bibliotecarte, que irá atender mais de 32 mil pessoas que moram em áreas de vulnerabilidade social nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo. O projeto promoverá rodas de conversa, contação de histórias, sessões de leitura, bate-papo com autores e ilustradores, feiras itinerantes, além de equipar e ampliar o acervo de oito bibliotecas comunitárias de Escolas do Marista Escolas Sociais. “A cultura faz parte de uma educação de qualidade. Promovendo o encontro com a leitura, crianças e adolescentes podem ter acesso a um novo mundo”, comenta o Gerente de Marketing e Captação de Recursos do Marista Escolas Sociais, Rodolfo Schneider.

As Bibliotecas já são abertas para toda a comunidade em cada uma das 20 Escolas Sociais e a doação vai proporcionar a ampliação das atividades culturais para os estudantes. Além de 4 mil novos livros para o acervo.

Como doar
Para contribuir com o imposto solidário, é preciso seguir alguns passos. O primeiro deles é fazer o cálculo do seu potencial de doação, uma dica é consultar a declaração do Imposto de Renda entregue em março e abril de 2019. Em seguida calcule 6% do valor do imposto devido (nome do campo do programa da Receita Federal) que está nos campos da declaração do IR, esse valor é referente ao que todo contribuinte precisa pagar ao governo.

É necessário fazer um depósito identificado no valor do seu potencial de doação na conta do projeto escolhido. Depois é importante enviar um e-mail com o comprovante do depósito para a instituição. Logo após você receberá um recibo que será utilizado na declaração do Imposto de Renda de 2020.

Para saber passo a passo como doar acesse: https://impostosolidario.org.br/ 

Marista Escolas Sociais
O Marista Escolas Sociais atende gratuitamente 7.700 crianças, adolescentes e jovens por meio de 20 Escolas Sociais que ficam em cidades de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Os alunos atendidos nas Escolas Sociais têm acesso a uma educação de qualidade e gratuita que vai desde a educação infantil até o ensino médio, além de projetos educacionais e pedagógicos que acontecem no período contrário às aulas.
Para saber mais, acesse www.maristaescolassociais.org.br.

Instagram @curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu