Destaques






ads slot

O estranho Synonymes remete à Nouvelle Vague


Tom Mercier, Quentin Dolmaire e Louise Chevillotte interpretam os personagens centrais do vencedor do Festival de Berlim 2019.
Crédito da foto: Guy Ferrandis

Grande vencedor do Festival de Berlim 2019, uma das mais três prestigiadas mostras de cinema do mundo (juntamente com os festivais de Cannes e Veneza), o filme franco-israelense Synonymes é uma das principais estreias da semana na programação de Curitiba, com sessão única no Cine Passeio.

Dirigida por Nadav Lapid, a produção ambientada em Paris fala de um jovem israelense que migra para Paris e pretende renegar seu país de origem e cultura. Yoav (o estreante Quentin Dolmaire) desembarga na Cidade Luz e logo tem todos os seus pertences roubados, incluindo sua roupa, sendo acolhido pelos também jovens Emile (Tom Mercier) e Caroline (Louise Chevillotte), que lhe doam novas peças de vestuário e um pouco de dinheiro para sobreviver. Enquanto perambula pelas ruas da cidade em busca de um emprego, Yoav também se encontra com amigos de Israel. E inicia também uma espécie de triângulo amoroso com Emile e Caroline.

O Urso de Ouro de Synonymes em Berlim, assim como aconteceu nos dois anos anteriores – com as vitórias do húngaro Corpo e Alma (2017) e do romeno Não me Toque (2018) –, confirma que o Festival de Berlim, que tradicionalmente laureava filmes de temática mais política e social, passou a apostar em produções mais diferentes, estranhas ou inusitadas para o espectador comum.

E não é nada formal na apresentação e execução do filme de Lapid, que também assina o roteiro. Remetendo à Nouvelle Vague francesa dos anos 1950 e 1960, a produção encadeia diversos esquetes aparentemente desconexos, de duração aleatória, quase todos centrados no personagem central. Isso pede que o espectador compre a ideia do cineasta para melhor acompanhá-lo, aceitando o estranhamento desde o seu início.

Há momentos que pontuam críticas sociais mais perceptíveis – Yoav revolta-se contra o militarismo de Israel, a relação com seus pais, mas também encontra falhas na sociedade em que escolheu viver. Acompanhar como lida com esses fatores seria um ponto central não definido da trama irregular, que tem ótimos momentos se contrapondo a outros indefiníveis. Cotação: Bom.

Trailer de Synonymes:



Outras estreias

Conhecido mundialmente pelo personagem Pantera Negra, da Marvel, Chadwick Boseman dá sequência à carreira no cinema com o policial Crime sem Saída, filme produzido pelos irmãos Anthony e Joe Russo, dos megassucessos Vingadores – Guerra Infinita e Vingadores – Ultimato.

Na produção, o detetive Andre Davis (Boseman) tem algumas horas para prender os assassinos de oito policiais de Nova York. Todas as saídas por pontes, trens, aviões e metrô da Big Apple são vigiadas, enquanto Davis lidera a caça aos criminosos. Mas, quanto mais investiga o crime, ele percebe que tudo pode fazer parte de uma grande conspiração na cidade.

Trailer de Crime Sem Saída:



A produção russa Barrabás, do diretor estreante Evgeniy Emelin, traz uma nova versão para a história bíblica de Jesus Cristo, dessa vez através dos olhos do criminoso que foi solto em seu lugar. No filme, todo o processo de julgamento, crucificação, morte e ressureição de Jesus é contado pelo ponto de vista de Barrabás

Trailer de Barrabás:



Como tem acontecido nos últimos anos, o público brasileiro tem recebido com boa antecedência as produções selecionadas por diversos países para disputar o Oscar de melhor filme internacional (novo nome da categoria filme estrangeiro). É o caso de Uma Mulher Alta, indicado pela Rússia para tentar uma vaga na lista final de indicados 2020.

Assim como o brasileiro Uma Vida Invisível, de Karin Aïnouz, a produção também foi laureada em Cannes, recebendo o prêmio de melhor direção para Kantemir Balagov na mostra paralela Um Certo Olhar. Ele também é um dos responsáveis pelo roteiro, inspirado no livro A Guerra Não Tem Rosto de Mulher, de Svetlana Aleksiévitch. A história fala da amizade de Iya (Viktoria Miroshnichenko), a mulher alta do título, e Masha (Vasilisa Perelygina), jovens mulheres que tentam sobreviver na União Soviética pós Segunda Guerra Mundial. O filme tem sessões no Espaço Itaú e Cinépolis Pátio Batel.

Trailer de Uma Mulher Alta:



John Cena (Bumblebee) é o principal nome do elenco da comédia Brincando Com Fogo, do diretor Andy Fickman (Ela É o Cara). O ator interpreta Jake, líder de uma turma de bombeiros paraquedistas. Eles resgatam três crianças de um incêndio na floresta, mas como não encontram seus pais, são obrigados a cuidar delas por um tempo, envolvendo-se em diversas confusões.

Trailer de Brincando com o Fogo:



Outra comédia que estreia nesta semana é Finalmente Livres, do diretor Pierre Salvadori. Na produção francesa, a inspetora Yvonne (Adèle Haenel, de A Garota Desconhecida) descobre que o marido recém-falecido não era o herói que ela pensava. Ele incriminou injustamente Antoine (Pio Marmaï), inocente que passou oito anos preso.

Yvonne tentar ajudar o rapaz para compensar os erros do antigo companheiro, mas as coisas não saem da maneira desejada por ela. Audrey Tautou, a eterna Amélie Poulin, também está no elenco do filme, que entra em cartaz no Cinépolis Pátio Batel e no Espaço Itaú.

Trailer de Finalmente Livres:


Instagram@curitibaemdestaque

Novidades


Curitiba em Destaque


Menu