Barbarella Bakery comemora primeiro aniversário em Curitiba

 em Gastronomia

Aberta há um ano e sempre de casa cheia, a Barbarella Bakery de Curitiba comemora o primeiro aniversário na cidade com sucesso de público ao resgatar a verdadeira essência do pão de fermentação natural e pratos da alta culinária.

Desde que chegou a Curitiba, no final de 2021, no bairro do Batel, a Barbarella se estabeleceu como uma referência na arte da panificação, trazendo toda a experiência de mais de 20 anos no preparo de pães sucessivamente premiados em Porto Alegre. De lá para cá, a bakery mostrou que o hábito de consumir um pãozinho fresco todos os dias, de uma pausa na corrida rotina das pessoas, está mais vivo do que nunca – e a chef e proprietária Ana Zita Klein entendeu esta missão desde o começo.

Ela conta que este primeiro ano de atuação na cidade confirmou a teoria de que os curitibanos são críticos com aquilo que consomem, exigentes pela melhor qualidade dos pães e dos preparos servidos na Barbarella. “Quando comecei a pensar na Barbarella em Curitiba, já tinha uma noção de que precisaria fazer tudo o que fosse possível para conquistar os paladares exigentes dos curitibanos. Foram meses de pesquisa e muito trabalho até abrirmos as portas, e depois mais 12 meses analisando meticulosamente o que os clientes pediam, o que apontavam que estava bom e o que poderia ser melhorado. Hoje, olhando para tudo o que construí com a minha equipe, vejo que acertamos e que podemos ir cada vez mais além”, explica Ana.

O trabalho desenvolvido há anos foi colocado à prova ao chegar em Curitiba, e o pãozinho francês tipicamente brasileiro preparado pelo método de fermentação natural Au Levain conquistou os clientes. E dele derivou uma linha inteira de pães que hoje também estão entre os mais pedidos pelos curitibanos, como a baguetinha crocante, o croissant, os pães integrais com grãos, os mais diferenciados de aipim, milho, entre outros.

“A nossa receita é a mais tradicional possível, apenas com farinha, água, sal, fermento biológico e longos descansos. Esse é o segredo do melhor pão que os curitibanos têm o prazer de experimentar sempre fresco a qualquer hora do dia”, completa a proprietária.

Também um restaurante
A Barbarella também mostrou que a mesma qualidade dos pães pode ser aplicada em pratos da alta culinária. Mais recentemente, Ana Klein e a chef consultora Hendye Stiwers criaram um menu completo de pratos que fazem uma viagem gastronômica pelo mundo.

Os preparos vão desde clássicos da culinária contemporânea a criações autorais que têm o pão como estrela, desde o seu uso propriamente dito no prato ou como acompanhamento. É o que Ana chama de “tout le pain, ou seja, tudo com o pão, que a Barbarella sempre colocou como estrela principal entre saladas, sopas, sanduíches e molhos, e que agora entram os pratos da casa”.

Ao todo, são oito pratos servidos no almoço e no jantar para todos os gostos, como o Medalhão de Mignon Au Demi-glace, um filé selado ao ponto, acompanhado do molho preparado por seis dias e servido com risoto de queijo bire ou purê de abóbora cabotiá e salpicado pelo do Amolicado Crocante, uma farofa do miolo do pão au Levain temperado.

Outro é o Sweet Home Alabama, em que Ana e Hendye fazem uma viagem ao Sul dos Estados Unidos, com um frango ultra crocante temperado com farinha Panko e acompanhado de creme de milho tradicional com uma textura bem aveludada e batatas wedge (ou batatas rústicas) salpicadas com flor de sal e alecrim.

A Barbarella Bakery Curitiba torna o inverno da cidade mais aconchegante com sopas e caldos especiais. São três opções servidas diariamente a qualquer hora, como clássica French Onion Soup, feita de cebolas com caldo de frango demi glace, torradas de queijo Gruyère gratinados e lascas do queijo flutuando sobre ela.

Ou, ainda, a Shrimp Chowder, uma sopa de camarões e batatas com cebolas douradas, e o creme de milho bem cremoso com cubos inteiros de manteiga, twist de creme de leite e um toque de cebolinha francesa. “Percebemos uma receptividade muito agradável dos curitibanos durante os dias frios de inverno, as nossas sopas e caldos realmente caíram no gosto dos clientes na época”, comemora Ana Klein.

Happy hour
A chef e proprietária também viu como os curitibanos gostam de descontrair depois do expediente, e o happy hour da Barbarella Bakery agradou com seus preparos de drinks clássicos como o Dry Martini, a Gin Tônica, o Aperol Spritz e a Mimosa.

Mas também os autorais, que levam o blend de café especial exclusivo da Barbarella Bakery, como os Espressos Gin Tônica e Martini. “Isso mostra que a Barbarella não é simplesmente aquele lugar que você vai para comprar pães ou fazer uma refeição. É um programa para o dia todo, desde o café da manhã até o momento de descontração depois do trabalho com os amigos”, conta Ana, lembrando da ampla adega com vinhos tinto, branco, rosé e espumante.

Para acompanhar as bebidas do happy hour, a casa oferece uma ampla variedade de pães e molhos para compartilhar com os amigos. Uma das opções é a porção de Baguete com Panelinhas de Carlota, em que as fatias são servidas com molhos quentes scarpetta (carne de panela à italiana), fonduta de gorgonzola e cogumelos ao creme.

A Barbarella Bakery fica na Rua Comendador Araújo, 795, no bairro Batel. Abre de segunda a sexta, das 7 às 22 horas, e sábado, domingo e feriados, das 8 às 22 horas, com serviço presencial (estacionamento gratuito disponível) e delivery através do iFood ou no https://deliveryapp.neemo.com.br/delivery/12169/menu. Mais informações: (41) 3076-0167 e no Instagram @barbarellabakerycwb.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Instagram
Follow by Email
WhatsApp
YouTube
YouTube
Pinterest
Pinterest
fb-share-icon