Eu e as Palavras – COLUNA RECEITA DE ESCRITA, por Cláudia Moreira

 em Cláudia Moreira, Colunistas, Cultura

O homem lendo um jornal na sala e a filha, por ali, querendo um pedaço de atenção. Em um ímpeto, ela puxa aquele papel ladrão de olhos e, sem sequer imaginar, ganha um tapa na mão e uma repreensão. Foi a primeira e a última vez que meu pai me bateu. Foi ali que nasceu a jornalista.

O encanto com a palavra, que vivia roubando os olhos do meu pai de mim, também tomou conta da minha alma. As letrinhas, na verdade, eram minhas companheiras na infância – livros e contação de histórias – e na adolescência, viraram um xodó. Depois, escrevia as matérias para jornais, revistas, rádios e tv. As histórias me enchiam de vida. Mas eu entendia as letrinhas apenas como trabalho, apesar de já ter conseguido fazer parte de um livro de poesias, em uma competição nacional.

Até que resolvi, dez anos depois, fazer Letras. Fui apresentada a um mundo desconhecido da literatura. As letrinhas começaram a se transformar. Trabalho e/ou prazer? A ideia de escrever um livro surgia na mente. Eu? Não sou capaz, não tenho assunto, não sei fazer. O medo da exposição, da crítica e do julgamento me fizeram esquecer da vontade de desabafar no papel, de criar, de brincar com a palavra. Apaguei a ideia da cabeça.

Mais uma vez, as palavras me chamaram. Casei com um cara intelectual, amante das letrinhas como eu, com o dom de encantar. Encantei-me. E ele me incentivou a escrever. Escrevi dois livros solo e participei de outros seis. Peguei gosto. Fui chamada para dar aulas sobre a palavra escrita. O mestrado chegou de mansinho, em Escrita Criativa, e a literatura invadiu meu corpo novamente. Rodeada de livros, a palavra me fez refém. As letrinhas me tricotam, me costuram, me alfinetam, me cortam, me curam. A palavra venceu.

 

Ilustração: @igor.baldez

 

Cláudia Moreira é mestranda em Escrita Criativa (Uniandrade/PR), formada em Letras e Jornalismo (Uniceub- DF), com especializações em Revisão e Produção Textual (FAE-PR), Desenvolvimento Sustentável (UNB-DF) e Master em Jornalismo (IICS-SP). Tem vários livros publicados, entre eles, Receita de Escrita. É sócia-proprietária da Editora Ponto Vital (PR) e professora de Escrita do Solar do Rosário em Curitiba.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário