Programa Guritiba atuará na inclusão artística de crianças e adolescentes

 em Cultura, Eventos

Em um período em que os espaços culturais estão fechados em razão da pandemia da Covid-19, os projetos culturais estão se reinventando e inovando, com o objetivo de levar ações artísticas para perto das pessoas, como forma de auxílio na manutenção psicológica, convergência comunitária e integração social.

Dentro desta realidade, o Programa Guritiba – projeto cultural e social que tem como principal foco a democratização do acesso à arte para crianças e suas famílias –, atuará, durante a temporada 2021, em meio a pandemia, de forma remota e híbrida.

O desafio foi grande ao transformar as atividades presenciais em virtuais, mas, segundo a coordenadora do programa, a produtora Carol Scabora, as ações já se mostram significativas tanto para a classe artística, como principalmente para as crianças e educadores que serão assistidos pelo projeto. “Mais do que nunca a arte se faz necessária neste período em que estamos passando, principalmente, no cotidiano das crianças e dos adolescentes. Ela é fundamental no aprendizado, pois promove uma atitude participativa na construção dos sentidos artísticos: sensibilização, percepção, criação, imaginação. Por conta desta necessidade durante a pandemia, os educadores e as instituições estão aderindo ao Programa Guritiba de forma híbrida, como auxilio importante educacional e social”, explica.

Além de formar plateia, com apresentações de espetáculos teatrais e musicais de forma on-line, o Programa Guritiba também oferecerá oficinas em arte educação para alunos, bem como formação extracurricular para educadores. O objetivo é atuar em três frentes de desenvolvimento cultural, que geram um resultado mais convergente. “Levamos para dentro das escolas e instituições sociais os espetáculos. Mas, também atuamos junto dos educadores, com formação extracurriculares que ajudam os profissionais da aprendizagem no auxílio de linguagem dinâmicas e criativas que a arte proporciona”, completa a produtora.

Programação
Com uma programação extensa de atividades, o projeto nesta edição terá duração de oito meses. O primeiro espetáculo teatral disponibilizado para as escolas e instituições de forma on-line, que será aplicado durante o mês de junho, será o Fuzuê do Pererê, do Grupo Tupi Pererê,  um recorte para todas as idades com jogos cantados e contos da cultura popular brasileira.

Com aprofundamento pedagógico, os integrantes exercem dupla função, como artistas e, também, como educadores. O Programa Guritiba disponibilizará a apresentação para grupos sociais que frequentam unidades de acolhimento e as crianças que voltaram às aulas, dando suporte de projeção e de equipamentos para a instituição participante.

Na oficina de arte educação para os alunos, no mês de junho, atividade on-line e dinâmica com o arte educador Guga Cidral, conhecido por suas pesquisas de arte e infância. Cidral é músico, ator e brincante, com formação em Contação de História pela Casa do Contador de Histórias. Como educador em arte, coordena os trabalhos de educação infantil em diversas escolas de Curitiba, bem como foi indicado ao prêmio Jabuti pela coleção Além das Notas, escrita em parceria com a Ms. Ana Paula Peters. As atividades estarão disponíveis por meio do site programaguritiba.com.br.

Já entre as atividades de formação extracurricular para educadores, o Programa Guritiba promove o workshop Palhaçaria em Movimento para Educadores, que visa estimular a arte do palhaço por meios pedagógicos, auxiliando no trabalho dos professores e alunos durante a pandemia nas aulas remotas, quebrando monotonias e trazendo maior atenção à aula, bem como fortalecendo o desenvolvimento de competências da comunicação entre alunos, professores e pais, de forma criativa e lúdica.

Escolas e instituições
As escolas e instituições educacionais e sociais que queiram as atividades desenvolvidas pelo Programa Guritiba junto de seus educadores, alunos ou assistidos, devem se cadastrar em um formulário simples no site do projeto (https://programaguritiba.com.br/como-participar/).

O Programa Guritiba disponibiliza as apresentações de forma on-line e física, com todo o suporte de equipamentos, projeções dos conteúdos, auxílio de alimentação e mediação, bem como também concedendo os links das atividades, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária de combate e prevenção da Covid-19.

“O Programa Guritiba traz uma possibilidade de atividades necessárias de integração, educação, arte e formação, bem como uma inclusão digital neste momento de pandemia, em que foi preciso mudanças de hábitos e distanciamento social, se tornando uma excelente aliada nesse contexto atípico. Como disse Nietzsche ‘a arte existe para que a realidade não nos destrua’, e, de fato, faz jus as necessidades atuais educacionais e sociais”, finaliza Carol Scabora. O conteúdo exibido do Programa Guritiba terá toda acessibilidade requisitada pelo espaço – quando necessário – e toda sua distribuição é realizada de forma gratuita.

O Programa Guritiba é uma realização do Governo Federal, por meio da Secretaria Especial da Cultura, apresentado pela New Holland Agriculture, Caterpillar e Banco CNH, com patrocínio da Fibracem e Novozymes, em parceria com o BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, Laquila, Berneck e Schattdecor. Acompanhe o programa pelas redes sociais, pelo Facebook @programa.guritiba, pelo Instagram @programa.guritiba ou pelo site www.programaguritiba.com.br.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário