Programação Virtual Cine Passeio – Até 24/3

 em Cultura

Cine Plaza Virtual

A Poucos Passos de Paris (foto) (França, 2018 – estreia), de Virginie Verrier. Comédia. 80min. Legendado. 16 anos.
Sidonie, uma jovem aeromoça, cria sua filha de 15 anos, Lolo, sozinha, pois o pai é desconhecido. Em um esforço para satisfazer a crescente curiosidade de Lolo sobre suas origens, Sidonie a leva para sua cidade, Somme Bay, em busca de pais em potencial. O objetivo da viagem: roubar um fio de cabelo de cada um dos homens que Sidonie se relacionou para fazer um teste de paternidade.

Nona – Se me Molham, Eu os Queimo (Chile, 2018), de Camila José Donoso. Fantasia drama. 86min. Legendado. 14 anos.
Aos 66 anos de idade, Nona decide finalmente vingar-se de seu ex-amante e comete um atentado que a obriga a fugir para que não seja presa. Depois de finalmente se estabelecer em uma cidade costeira do Chile, um incêndio de grandes proporções obriga seus vizinhos a deixarem suas casas, mas estranhamente sua moradia é a única a não ser afetada.

Um Amor Proibido – Escute o Som do seu Coração (França, 2020), de Arnold de Parscau. Romance, drama. 95min. Legendado. 12 anos.
Eka é um balinês de 25 anos que vive em uma pequena aldeia no norte de Bali. Por amor a Margaux, uma linda estudante de piano que vive na ilha em uma luxuosa vila com sua família francesa, Eka decide aprender a compor música. O jovem fica cativado por este mundo artístico que pretende conquistar, fazendo-o ter esperança de uma vida nova, longe da pobreza e da aspereza do seu meio.

Mambo Man – Guiado pela Música (Reino Unido/Cuba, 2020), de Edesio Alejandro e Mo Fini. Drama. 84min. Legendado. Livre.
Baseado em uma história real. Nascido no comunismo, JC é um produtor musical, fazendeiro e pequeno traficante que vive de sua inteligência e imaginação. Ele não é ganancioso, só quer sustentar amigos e família e escapar da existência precária. Um telefonema inesperado oferece a chance de fazer fortuna e mudar sua vida para sempre, então ele aposta tudo.

O Muro (EUA, 2020), de Genevieve Anderson. Drama. 92min. Legendado. 14 anos.
Filmado durante dez dias em um local ativo de travessia a 30 milhas ao norte da fronteira mexicana, O Muro é a história de uma amizade incomum entre uma imigrante sem documentos perdida de seu grupo viajando para os EUA e um veterano americano que constrói seu próprio muro de lixo no deserto.

A Jornada de Jhalki (Índia, 2019), de Brahmanand S. Singh e Tanvi Jain. Drama. 105min. Legendado. 16 anos.
Por um breve descuido, Jhalki perde seu irmão mais novo de apenas sete anos. Ela precisa encontrá-lo a qualquer custo, e para isso enfrentará a corrupção e as falcatruas enraizadas do sistema. Inspirado em acontecimentos reais, com um pano de fundo de tráfico humano e trabalho infantil, a Jornada de Jhalki se torna um thriller atípico de esperança, coragem, autoconfiança e perseverança em um mundo desumano, visto pelos olhos de uma menina de 9 anos, que não vai parar em qualquer lugar que não seja o triunfo.

Mais informações sobre os filmes no site www.cinepasseio.org.

Cine Vitória Virtual

Softie (Quênia, 2020), de Sam Soko. Documentário. 96min. Legendado. 16 anos.
Softie acompanha a trajetória do ativista queniano Boniface Mwangi, homem irreverente e audacioso reconhecido como o fotojornalista queniano mais provocativo. Mas como pai de três crianças, essas qualidades criam um conflito tremendo entre ele e sua esposa Njeri. Quando ele decide se candidatar a um cargo político, ele é forçado a escolher: país ou família?

História Que Só Existem Quando Lembradas (Brasil, 2011), de Julia Murat. Drama. 96min. 10 anos.
Jotuamba é uma cidade fictícia, ambientada no Vale do Paraíba, onde, nos anos 1930, grandes fazendas de café faliram, e cidades antes ricas se tornaram quase fantasmas. Lá vive Madalena, a velha padeira, presa à memória de seu marido morto e enterrado no único cemitério da cidade, hoje trancado. Rita, uma jovem fotógrafa, chega à procura de trens abandonados, e pouco a pouco, modifica o cotidiano de Madalena e da vila.

Pipoca Moderna (Brasil, 2019), de Helder Lopes. Documentário. 70min. 10 anos.
Sebastião Biano é o líder e único remanescente da formação original da Banda de Pífanos de Caruaru. Aos cem anos de idade, ele continua na ativa. Pipoca Moderna é um road movie que acompanha Sebastião, seus sobrinhos músicos e o pifeiro Junior Kaboclo pelo estado de Pernambuco, onde visitam familiares e participam em shows e gravações.

Vlado – 30 Anos Depois (Brasil, 2005) de João Batista de Andrade. Documentário, biografia. 85min. 16 anos.
Filme extremamente pessoal de João Batista de Andrade em que conta a trajetória do jornalista Vladimir Herzog, de quem o diretor foi amigo e colega de trabalho e que foi assassinado nos porões da ditadura militar.

Los Inundados (Argentina, 1962), de Fernando Birri. Drama. 83min. Sem legendas (áudio em espanhol). Livre.
Conta a história de uma família com poucos recursos, habitantes da província de Santa Fé, que são obrigados a se mudar para um vagão abandonado até que as águas do Rio Salado afundem.

La Peli de Batato (Argentina, 2011), de Goyo Anchou e Peter Pank. Documentário, biografia. 153min. Sem legendas (áudio em espanhol). 14 anos.
Batato Barea foi um “palhaço travesti literário” que se tornou uma figura underground dos anos 1980 que, a partir de um radicalismo poético e cênico, representava por outro lado todas as nuances de um país; de uma forma tão única que era impossível Cinepersonificar.

Mais informações sobre os filmes no site www.cinepasseio.org.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário